Seja bem vindo ao blog "SAÍDA DE EMERGÊNCIA". Este é um blog todo produzido para ajudar a você que decidiu trabalhar em casa. Espero que encontre aqui a ideia que está buscando. Conte comigo. Um abraço da Mell.
Meu nome é Melita, mas muitos me conhecem como Mell Santos. Quero muito que você conheça um pouco da minha história de vida, como me tornei uma mulher empreendedora e porque decidi criar um blog para ajudar as pessoas a vencer na vida . Sou mineira, hoje tenho 54 anos, sou dona de casa, divorciada, microempresária e tenho dois filhos que são a minha alegria de viver. Sempre gostei de escrever, mas em 2009 resolvi criar este blog com o objetivo de encontrar e ajudar outras mulheres com histórias parecidas com a minha. Tendo como base a minha experiência de vida, mostro em várias postagens que precisei sozinha, aprender a ganhar dinheiro em casa. A idade e a experiência (mesmo tendo) não colaboraram para que eu conseguisse um emprego fixo, e pensão alimentícia (quando havia) mal dava para os alimentos. Enfim, eu não sou ex-mulher de nenhum jogador de futebol famoso, mas a verdade é que fiquei sozinha com dois filhos pequenos e sem dinheiro. Não foi uma história fácil de ser vivida e só quem passou por isso é que sabe como é doloroso. Assim, me tornei por muito tempo uma "pãe" (pai e mãe), e além de cuidar deles, teria que trabalhar. Sem solução e sem a ajuda de ninguém, por quinze anos me desdobrei para criar, educar e ajudar no sustento dos dois homens da minha vida. O que você faria se tivesse que viver uma situação dessas, viver "tempos de vacas magras"? O que você faria se precisasse trabalhar e não pudesse sair de casa? Enfrentei o abandono de quem eu julgava serem meus amigos, tive momentos de desespero por causa de dívidas e despreparo financeiro, sofri momentos angustiantes e uma depressão muito forte, mas consegui, mesmo com muito sofrimento dar a volta por cima, trabalhando sempre...dentro de casa. Teve que haver uma saída para mim, e eu lhe digo que para você que enfrenta uma situação parecida, também há. Por isso, dei ao blog o título de "SAÍDA DE EMERGÊNCIA" porque tive que descobrir que meu sustento tinha que sair de dentro da minha casa pois além de trabalhar, eu precisava cuidar dos meus meninos, não tinha com quem deixá-los e nem condições para pagar alguém que cuidasse deles para mim. Assim, descobri várias "saídas" para fugir do desespero. Não, não fiquei rica! E nem quero. Sei muito bem que dinheiro ajuda, mas ele pode trazer também muita infelicidade. O dinheiro compra a cama, mas não paga o sono. Desde então, faço de tudo um pouco e nunca fiquei parada. Como o emprego fixo era bem difícil de se conseguir, criei os meus "bicos" até me tornar dona do meu próprio negócio. Por muito tempo o que eu ganhava podia até ser pouco, mas era um dinheiro justo e dava para nós três. Aprendi também a administrar. Ganhei meu dinheiro honestamente e o melhor, dentro da minha casa, tudo formalizado e assim pude cuidar e criar melhor os meus (agora) rapazes! Depois destes anos todos cuidando deles sozinha e sempre trabalhando, agora estamos na fase do quadro se inverter e meus filhos passando a ser responsáveis pela maior parte das nossas despesas, mas assim mesmo continuo ajudando com meu negócio próprio. Hoje, sou uma instrutora de gelados comestíveis e de culinária, consultora de pequenos negócios domésticos e dou cursos pela internet, Meus cursos são reconhecidamente aprovados e já levei muitas pessoas a vencer como eu. Já não ganho apenas uma "renda extra", eu sou uma microempresária de sucesso. E é isso que eu quero para você também. Portanto, as dicas deste blog não tem a finalidade de mostrar que uma pessoa pode ganhar "rios" de dinheiro da noite para o dia, mas, elas podem funcionar como "Saída de Emergência" num momento difícil. No desespero, muitas vezes não conseguimos ver que bem diante de nossos olhos, ou melhor, dentro da nossa casa está a solução, e por isso, vou tentar mostrar que existem grandes oportunidades para trabalhar a partir de nossa própria casa, muitas vezes com pouco ou quase nenhum capital, podendo até mesmo, um dia, estas atividades se tornarem o sustento da sua família. Espero que todo o conteúdo do blog seja de grande utilidade para vocês.

(Acompanhe no final da página - Mudanças no meu Perfil. De acordo com as datas de postagem do blog, vocês verão como fui trabalhando e nos sustentando.
 
É proibida a reprodução total ou em partes de imagens e artigos deste blog em outros blogs, sites ou páginas do Facebook e outras redes sociais sem os créditos devidos ou sem autorização da autora do blog. (Cópias sem créditos caracterizam Plágio. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais)

Doces e Salgados


Você tem mão boa para cozinha? A família não resiste aos seus doces e salgados? Puxa vida, então você tem tudo para se dar bem vendendo suas delícias! Mas é importante lembrar de uma coisa: não adianta saber fazer, é preciso usar ingredientes de boa procedência e a apresentação dos quitutes também deve ser primorosa, é lógico, porque o cliente come com os olhos. Tem a história de uma senhora que fazia uns doces para vender, e um dia ela perguntou para uma cliente se eles eram gostosos. Ela respondeu, assim, "à meia boca" que eram, sim, mas na realidade, não eram tanto. Depois, ele confidenciou a outra pessoa que comprava porque a embalagem era bonitinha. Entendeu? O cliente ao ver aquele doce ou salgado bem bonito, vai até sentir fome, mesmo se não estiver com vontade de comer nada. É importante também que você, que vai trabalhar em casa, tenha sua área de cozinha bem conservada e limpinha. Olha, mesmo que sua cozinha não seja um luxo só, ela não precisa ser suja, não é verdade? É de lá que vai sair o seu ganha-pão, então, vamos trabalhar direito. O mercado existe, e basta seguir a receita e não economizar na divulgação.
Venda seus quitutes até mesmo na garagem de sua casa, ou vá para portas de escolas, centros de saúde, perto de órgãos públicos. Ofereça também em lojas onde não há lanchonetes por perto, pois chega um horário em que estes funcionários estarão morrendo de fome e você estará ali com suas guloseimas, e se de fato, seus lanches forem saborosos não vai faltar freguesia.

Dica - Ofereça amostras dos seus doces e salgados aos seus potenciais fregueses. Monte também um esquema para produzí-los para festas e até para lanchonetes.

11 comentários:

Luzanira disse...

Mas q maravilha de blog! Amei as receitinhas parabens querida>

sara de almeida disse...

adorei parabens, bjos

Anônimo disse...

Estava aqui chorando, pedindo a Deus uma saida para que eu ganhe dinheiro em casa porque tenho uma filha e sempre estou mudando de cidade devido ao emprego do meu esposo...estou ainda perdida no que vou fazer, porem ao vê teu blog, consigo enxergar uma luz!
Parabens! Que Deus continue te abençoando e que vc possa abençoar muitas pessoas atraves dos teus dotes, do teu testemunho... Prazer em te conhecer virtualmente!

Sara Rodrigues disse...

oi Mell sempre estou lendo seu blog adorei estou com vontade de faser geladinhos para vender e outras coisas doces tbm criei coragem através do deu blog aqui onde moro nao é aquelas coisas pra venfer nao mais vou tentar vc poderia me dar algumas dicas obrigada Sra Rodrigues abraço vc é um exemplo de vida

Mell Santos disse...

Oi, Sara obrigada pelas visitas. Bom, essa é a hora certa de começar sua venda de geladinhos mesmo. E eu tenho certeza de que se vc fizer um produto de qualidade vai vender muuuuuuito. A minha dica é vc usar produtos para sorvete. Compre dos potinhos pequenos, os sabores, faça com leite (compre o mais barato) e faça também os de fruta com sabor de sorvete também, mas use água filtrada. O diferencial do seu produto vai ser esse. Vai ser um picolé no saquinho, no Rio de Janeiro ele é chamado de Sacolé. Aproveite o calor para isso, eu vou ficar aqui torcendo por vc. Volte sempre e fique sempre à vontade p/perguntar também. Bjos.

andrea disse...

oi mel adoro cozinhar e fiz varios cursos agora vou fazer mais cursos aki na minha cidade tem senai e e la que faço vendia paes ate que bem e salgados tb uma vez peguei uma encomenda gde quero retomar o negocios que eu faço bjsssss

Mell Santos disse...

Andrea, isso mesmo, querida. Faça um bom planejamento, vc tem tudo para dar certo e vc não perder dinheiro. Deus te abençoe. Espero sua visitinha mais vezes. Bjos.

karina martins disse...

Ola Mell,eu vendo doces caseiros, mas as encomendas estao baixas,voce pode me dar uma dica de como melhorar as minhas vendas? Amei o blog !!bjo

Mell Santos disse...

OI Karina, obrigada pela visita. Olha, eu sempre digo para não ficar apenas num tipo de produto. Não sei que tipo de doce vc vende, mas tenha variedade. As pessoas se cansam e a gente precisa sempre trazer novidades. Quando começar com algo novo, não se importe, mas dê alguns para degustação (faça menores). Invista nos bolos gelados no pote que agora estão super na moda e vendem bem, em qualquer estação. E o bom é que vc pode mudar os sabores a cada dia. Ofereça em alguns comércios por perto, em consignação também. Vc deixa e eles te pagam daí a alguns dias, só não pode deixar muitos pq é alimento perecível né? Mesmo na geladeira, se não for bem conservado estraga. Bem, fique de olho no blog, estou sempre postando dicas. Sucesso prá vc. Bjos.

Maria isabel lopo de Araújo disse...

Adorei ter conhecido seu blog faço salgadinhos pra festa e faço. Pãozinho e tudo. Um pouco brijos

Mell Santos disse...

Oi Maria Isabel e eu fiquei feliz demais por vc ter gostado e ainda ter comentado. Te espero muito mais vezes por aqui ,ok? Um bjo, Deus te abençoe.

LIBERDADE DE EXPRESSÃO - Também é importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Nos referidos textos constitucionais, lê-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX).
A maioria das imagens deste blog foram encontradas na internet, portanto, sao públicas. Mas, se, porventura, alguém reconhecer como sua propriedade, favor entrar em contato comigo para que sejam dados os devidos créditos ou que seja retirado o conteúdo. Obrigada.

.