Seja bem vindo ao blog "SAÍDA DE EMERGÊNCIA". Este é um blog todo produzido para ajudar a você que decidiu trabalhar em casa. Espero que encontre aqui a ideia que está buscando. Conte comigo. Um abraço da Mell.

CONHEÇA MINHA HISTÓRIA E PORQUE CRIEI ESTE BLOG PARA AJUDAR AS PESSOAS

Meu nome é Melita, mas muitos me conhecem como Mell Santos. Quero muito que você conheça um pouco da minha história de vida, como me tornei uma mulher empreendedora e porque decidi criar um blog para ajudar as pessoas a vencer na vida . Sou mineira, hoje tenho 54 anos, sou dona de casa, divorciada, microempresária e tenho dois filhos que são a minha alegria de viver. Sempre gostei de escrever, mas em 2009 resolvi criar este blog com o objetivo de encontrar e ajudar outras mulheres com histórias parecidas com a minha. Tendo como base a minha experiência de vida, mostro em várias postagens que precisei sozinha, aprender a ganhar dinheiro em casa. A idade e a experiência (mesmo tendo) não colaboraram para que eu conseguisse um emprego fixo, e pensão alimentícia (quando havia) mal dava para os alimentos. Enfim, eu não sou ex-mulher de nenhum jogador de futebol famoso, mas a verdade é que fiquei sozinha com dois filhos pequenos e sem dinheiro. Não foi uma história fácil de ser vivida e só quem passou por isso é que sabe como é doloroso. Assim, me tornei por muito tempo uma "pãe" (pai e mãe), e além de cuidar deles, teria que trabalhar. Sem solução e sem a ajuda de ninguém, por quinze anos me desdobrei para criar, educar e ajudar no sustento dos dois homens da minha vida. O que você faria se tivesse que viver uma situação dessas, viver "tempos de vacas magras"? O que você faria se precisasse trabalhar e não pudesse sair de casa? Enfrentei o abandono de quem eu julgava serem meus amigos, tive momentos de desespero por causa de dívidas e despreparo financeiro, sofri momentos angustiantes e uma depressão muito forte, mas consegui, mesmo com muito sofrimento dar a volta por cima, trabalhando sempre...dentro de casa. Teve que haver uma saída para mim, e eu lhe digo que para você que enfrenta uma situação parecida, também há. Por isso, dei ao blog o título de "SAÍDA DE EMERGÊNCIA" porque tive que descobrir que meu sustento tinha que sair de dentro da minha casa pois além de trabalhar, eu precisava cuidar dos meus meninos, não tinha com quem deixá-los e nem condições para pagar alguém que cuidasse deles para mim. Assim, descobri várias "saídas" para fugir do desespero. Não, não fiquei rica! E nem quero. Sei muito bem que dinheiro ajuda, mas ele pode trazer também muita infelicidade. O dinheiro compra a cama, mas não paga o sono. Desde então, faço de tudo um pouco e nunca fiquei parada. Como o emprego fixo era bem difícil de se conseguir, criei os meus "bicos" até me tornar dona do meu próprio negócio. Por muito tempo o que eu ganhava podia até ser pouco, mas era um dinheiro justo e dava para nós três. Aprendi também a administrar. Ganhei meu dinheiro honestamente e o melhor, dentro da minha casa, tudo formalizado e assim pude cuidar e criar melhor os meus (agora) rapazes! Depois destes anos todos cuidando deles sozinha e sempre trabalhando, agora estamos na fase do quadro se inverter e meus filhos passando a ser responsáveis pela maior parte das nossas despesas, mas assim mesmo continuo ajudando com meu negócio próprio. Hoje, sou uma instrutora de gelados comestíveis e de culinária, consultora de pequenos negócios domésticos e dou cursos pela internet, Meus cursos são reconhecidamente aprovados e já levei muitas pessoas a vencer como eu. Já não ganho apenas uma "renda extra", eu sou uma microempresária de sucesso. E é isso que eu quero para você também. Portanto, as dicas deste blog não tem a finalidade de mostrar que uma pessoa pode ganhar "rios" de dinheiro da noite para o dia, mas, elas podem funcionar como "Saída de Emergência" num momento difícil. No desespero, muitas vezes não conseguimos ver que bem diante de nossos olhos, ou melhor, dentro da nossa casa está a solução, e por isso, vou tentar mostrar que existem grandes oportunidades para trabalhar assim, muitas vezes com pouco ou quase nenhum capital, podendo até mesmo, um dia, estas atividades se tornarem o sustento da sua família. Espero que todo o conteúdo do blog seja de grande utilidade para vocês.

(Acompanhe no final da página - Mudanças no meu Perfil. De acordo com as datas de postagem do blog, vocês verão como fui trabalhando e nos sustentando.
 
É proibida a reprodução total ou em partes de imagens e artigos deste blog em outros blogs, sites ou páginas do Facebook e outras redes sociais sem os créditos devidos ou sem autorização da autora do blog. (Cópias sem créditos caracterizam Plágio. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais)

Ganhe Dinheiro em Casa Fazendo Sabonetes Artesanais



Olá, queridos! Minha dica de hoje é perfumada, ah, que delícia! Eu já fiz sabonetes por muito tempo, mas agora trabalho mais com sachês perfumados, e este é um ramo que dá para tirar uma graninha boa e não precisa muito capital para investir. Que tal pensar nesta ideia? Olha só estas dicas que preparei para vocês.

Os sabonetes artesanais não contêm detergentes sintéticos nem os conservantes encontrados nos sabonetes comerciais. O uso desses produtos químicos, tem como objetivo prolongar seu prazo de conservação nas prateleiras das lojas. Dos sabonetes comerciais é retirada a glicerina natural, proveniente do próprio processo de fabricação de sabões, roubando do consumidor todos os seus benefícios.

Além de aromas artificiais, os sabonetes contêm uma série de corantes capazes de provocar reações como alergias, ou simplesmente fazer mal para a pele.

Se você já leu o rótulo de um sabonete comum, certamente se assustou com o número de produtos químicos presentes: bactericidas, emulsificantes, estabilizantes e tantos mais.

Sabonetes em barra e líquido e outros produtos de banho feitos artesanalmente, além de suas propriedades naturais de limpar e hidratar, podem se tornar produtos terapêuticos incluindo em sua fórmula óleos essenciais que ajudam a relaxar e estimular, entre outros benefícios.

Conhecendo um pouco mais sobre as vantagens dos sabonetes artesanais para a saúde da sua pele, saiba que eles podem também se tornar uma excelente fonte de renda.

As mães empreendedoras ou vc que está desempregado, precisando de uma renda urgente, podem apostar nesse ramo pois vende em qualquer época do ano, principalmente em datas comemorativas. Segundo a artesã Marilú Bandeira, o custo médio para confecção de 1kg de sabonete é baixo, incluindo todos os ingredientes e embalagem. Depois de pronto, você poderá vender em kits ou por unidade. Pense bem, quem não pagaria por um produto artesanal, feito com carinho pelas suas mãos arteiras?

Também leve em conta o local onde você fará a comercialização dos sabonetes. Em bairros sofisticados, a margem de lucro pode ser maior. Revender grandes quantidades para lojas é uma ótima opção, algumas griffes encomendam mimos personalizados para seus clientes no final do ano por exemplo. Hotéis e pousadas também apreciam este tipo de produto. Então, tem tudo para dar certo, ok?

Se vc quer ganhar dinheiro neste ramo, que tal se profissionalizar? Vou deixar aqui o link de um curso que indico, é maravilhoso e tem tudo que vc precisa para entrar na área com pouco investimento.  É um curso todo online, com vários módulos em vídeo. Vale muito a pena e não custa vc dar uma olhadinha. Se tiver interesse em conhecer todo o conteúdo, clique abaixo no nome do curso, sem compromisso:




Fico por aqui, e espero que vc fique atento. Não deixe passar essa oportunidade. Em breve postarei mais dicas sobre este assunto tão lucrativo. Um bjo no coração.

Texto adaptado do site delas.ig.com.br

Pracas do Meu Brasiu Varoniu, kkkkkkkkkkkkk


Olá, meus amados. Depois de quase uma semana sumida (eu tava passeando, heim? Fui pro mato descansar, eu mereço, rsrsrs) estou voltando. Mas vai ser aos poucos, e enquanto eu coloco a casa em ordem, vou postar umas fotos de algo que nunca, jamais, em tempo algum você deve deixar acontecer no seu negócio em casa. Sabe aquelas plaquinhas que geralmente colocamos no portão indicando que trabalhamos com algo ou oferecemos algum serviço? Pois é, é isso mesmo. Eu já entitulei as ditas cujas de "pracas do meu brasiu varoniu", porque o que tem de placas com dizeres errados por aí, não é brincadeira... Uma sugestão: se você tem alguma dúvida quanto à escrita, peça a alguém que tenha mais conhecimento do que você para lhe ajudar. Pode ser que por causa de uma plaquinha você perca a freguesia, acredita nisso? Por exemplo, já pensou se você é manicure e faça uma plaquinha e cole no seu portão: "Manicure e Pé-de-cure"? Ah, fala sério! Você deve zelar pelo seu negócio mesmo que ele seja insignificante aos olhos do seu concorrente, que é o primeiro que vai estar de olho em você. Se quiser uma placa, e não souber fazer, procure um profissional, pois não custa caro não, viu? Ou então, peça alguém para digitar o texto no computador e imprima. Sua placa vai chamar a atenção do seu futuro cliente. O que eu mais quero é que você tenha sucesso, por isso estou te dando esta força, ok? Beijos.








O Sucesso é Construído à Noite

Oi, pessoal. Quero deixar hoje um texto do Roberto Shinyashiki que traz uma grande verdade. Se nós precisamos ou decidimos trabalhar em casa, precisamos estar certos desta escolha, pois "NÃO VAI SER FÁCIL". É claro que podemos fazer nossos próprios horários... se quisermos descansar é só parar e ir para a frente da televisão ou tirar uma soneca e depois voltar, se der fome a gente come e até pára para tomar um banho a fim de relaxar. Mas, se você quiser crescer e ver sua empresa prosperar, repito "NÃO VAI SER FÁCIL".

Leiam e reflitam.

"Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes. Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo. Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo.

O sucesso é construído à noite!

Durante o dia você faz o que todos fazem. Mas, para obter resultado diferente da maioria, você tem que ser especial. Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados. Não se compare à maioria, pois infelizmente ela não é modelo de sucesso. Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chopp com batatas fritas. Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão. Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina. A realização de um sonho depende de dedicação. Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica. Mas toda mágica é ilusão. A ilusão não tira ninguém de onde está. Ilusão é combustível de perdedores. Quem quer fazer alguma coisa, encontra um meio. Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa.”

Nem tem muito o que falar. Deus te abençoe e um ótimo final de semana. Bjim procês da mineira aki, uai!

Artesão, conquiste o seu espaço

Você, que faz artesanato, preste atenção nestas dicas e faça sucesso com seu trabalho.

Fazer do artesanato uma fonte de renda, requer muita dedicação. Além de oferecer produtos com qualidade, você terá que se preocupar com a propaganda, com as vendas e em conquistar sua clientela. Vou postar hoje algumas dicas para você dar os primeiros passos e ter um belo futuro.

1 - Seu sucesso no artesanato vai depender da sua habilidade para vender. Se você conhece muitas pessoas e tem facilidade para se comunicar, será mais fácil vender tudo o que produzir. Um bom começo é vender para os amigos e ver o que tem mais saída. Outra opção é entrar em contato com lojas e oferecer o seu trabalho, podendo até deixar consignado. Se for bem feito, com certeza irá agradar e a propaganda boca a boca vai trazer benefícios.

2 - Se você planeja fazer várias peças, compre o material no atacado ou negocie um bom desconto com o fornecedor. Lembre-se que é legal pedir desconto, principalmente se você for pagar à vista. Antes de comprar, verifique se você não tem os materiais em casa. Muitas vezes, temos materiais que substituem os indicados, ou temos material restante de outros trabalhos. Reciclar é um ótimo negócio.

3 - Os preços de custo e de vendas das peças podem variar conforme a região, por isso pesquise em várias lojas antes de comprar os materiais. Faça pelo menos uma peça para saber quanto vai gastar de fato e, só então, decida quanto cobrar. Lembre-se de que quanto mais você economizar, mais vai lucrar.

4 - Para calcular quanto dinheiro poderá ganhar no mês, multiplique a quantidade de peças que pode fazer em um dia pelo número de dias que poderá trabalhar no mês, e, desse valor subtraia as despesas. Por exemplo, se conseguir fazer 3 peças em um dia e vai trabalhar só 8 dias por mês, sua produção mensal será de 24 peças. Se vender cada uma por R$ 10,00, irá ganhar R$ 240,00. Caso tenha gasto R$ 40,00 em materiais, seu lucro será de R$ 200,00.

5 - Fique atenta às datas comemorativas como Dia das Mães, dos Namorados, Páscoa, Dia dos Pais e Natal, entre outras, e também às estações do ano, pois fazendo peças especiais para estas épocas você pode lucrar também.

6 - Renove seus conhecimentos e produtos. Leia revistas e assista a programas que abordem o tema artesanato. Se puder, procure cursos em sua cidade e converse com outras pessoas que se dedicam ao artesanato, pois elas podem ajudá-la a descobrir outras formas de realizar seu trabalho ou de melhorá-lo.

MAIS INFORMAÇÕES

Além de conversar com pessoas que estão no ramo, procure orientação profissional para aprender a gerenciar e manter o seu negócio. O Sebrae, Serviço Brasileiro de apoio às Micro e Pequenas Empresas, por exemplo, oferece cursos, palestras e dá assessoria a quem está iniciando ou já tem um negócio.

Espero que tenham gostado. Beijos e boa sorte.

Arte na Lata...

Sabe aquelas latinhas que você tem em casa e que depois joga fora quando acaba o produto? Seja ela de molho de tomate, chocolate ou leite em pó, e principalmente aquelas que vem com "tampa fácil", todas elas dão para fazer lindos trabalhos e até ganhar um dinheiro extra. Hoje a moda é reciclar, e ganhar dinheiro com o lixo, melhor ainda, rsrsrs
Creio que você já viu por aí as latinhas decoupadas, mas se você não tem jeito para isso, dá para inventar moda com elas de outro jeito também. Até eu me aventurei em criar algumas, mas na decoupage ainda não sou boa não, viu? Mas não é impossível. Basta pintá-las e colar alguns enfeitezinhos de biscuit ou e.v.a. e já estão lindas, prontinhas para vender. Eu fico com dó de jogar aquelas latinhas fora e já tenho um montão, não ganhei dinheiro ainda de preguiça. Você também? kkkkkkkkkkkkkk
Estas aqui debaixo fui eu que fiz, mas como eu disse, ainda não estou muito boa em decoupáge, mas ainda assim ficaram bonitinhas, né mesmo?
Para fazer, lave as latinhas, seque, e se por acaso o cheirinho do produto que continha nelas ainda persistir mesmo depois da limpeza, basta passar duas colheres de leite dentro delas, lavar e passar álcool, que o problema acaba. Depois é só pintar e criar. Use a criatividade para poder vender suas latinhas. Fazendo agulheiros, por exemplo. Faça um fuxico maior e dê uns pontinhos formando uma florzinha e cole na tampinha. Você pode colar por fora ou por dentro da tampa. Se colocar por dentro, quando a pessoa pegar, nem vai imaginar que é um agulheiro. Só quando abrir é que ela vai descobrir. E lá dentro coloque agulhas e linhas, fazendo uma latinha de costura. Pode ser como lembrancinha de aniversários, colocando balas e guloseimas lá dentro. Dá até para colocar uma toalhinha ou um paninho de prato lá dentro. Gente, é só inventar. Espero que gostem dos modelinhos que estou deixando aqui. Comece a juntar as latinhas para o Dia das Mães, até lá dá para fazer um montão. Bjoka.

Vestindo a Mulher Integralmente: Da Roupa à Bijouteria

Fazer uma boutique de roupas em sua própria casa, ou fazer uma loja prá valer, de portas abertas ao público? São idéias bem diferentes, mas podem ser, sempre, bons negócios. Numa ou noutra, aproveite para vender também outros artigos relacionados, que você compra no atacado.
Você já fez e refez suas contas e percebeu que o momento não é propício para abrir uma loja de roupas. Não importa, venda na sua própria casa.
Comprar em lojas de atacado ou em confecções de bons nomes é o primeiro passo. Procure ter duas ou três peças de cada item. Desta forma, seu investimento inicial não terá de ser muito grande. Para vender sem colocar anúncios, organize um chá na casa de uma amiga ou na sua mesmo para no mínimo dez pessoas.
Vender roupas a domicílio é um negócio rentável quando bem feito, e com o tempo, seus ganhos poderão aumentar, e aí cabe a você decidir continuar de portas fechadas, ou não. Abrir um ponto comercial nos dias de hoje não é muito fácil, pois são várias as etapas a cumprir. Se você for alugar uma loja já aberta, com uma certa freguesia formada, terá de pagar o que se chama de "transferência do ponto" ou "luvas". Ou seja, uma espécie de taxa pela transferência do dono anterior da loja a você, dos fregueses que já estão acostumados a comprar ali. Quando a loja fica num bom bairro, bastante movimentado, o preço destas luvas é muito alto. Além disso, será preciso reservar dinheiro para o aluguel do imóvel, água, luz e imposto predial. Depois, empregar pelo menos um funcionário para ajudá-la.
Resumindo, para entrar no comércio com venda de roupas, é preciso ter um bom capital de giro inicial. Se este não for o seu caso, sua casa - uma boutique fechada - pode ser um ótimo começo para um promissor negócio neste ramo. São inúmeros os casos de mulheres bem sucedidas neste ramo nos últimos vinte anos.
Uma outra dica: se você não dispõe de um bom capital, saiba que existem fornecedores que deixam roupas em consignação com você, e até levam em sua casa para você escolher, isso quer dizer que você nem precisa ir no atacado escolher a mercadoria. E eles sempre passam para renovar o estoque.
Sua casa foi transformada em uma boutique de roupas? Aproveite então a ocasião para vender também bijouterias. Elas tem uma ótima saída. Assim, você acabará vestindo as mulheres integralmente: dos pés à cabeça. Valeu a dica?
(Como Fazer Bons Negócios - Guia de Pequenos Negócios)

Lutando contra o desânimo...

Oi, gente, tô passando para dar uma satisfação aos que costumam visitar o blog, pois tenho andado sumida, né? Na verdade, não tenho tido a mínima vontade de postar alguma coisa aqui, porque visitas eu sei que recebo, mas não recebo um recadinho, um comentário, nem mesmo uma crítica. Nossa, tem que ter muito ânimo para seguir em frente, viu? Se eu recebo visitas no blog, é sinal de que alguém tem interesse em "encontrar" uma idéia. Aí, o pessoal vem, recolhe a idéia e se vai. Pronto. E fica por isso mesmo. Ah, não vou conversar muito hoje. Agradeço aos poucos que já manifestaram alguma satisfação pelo conteúdo do blog e continuo torcendo por vocês, para que consigam, assim como eu um trabalho dentro de casa. Não vou desistir do blog, não, mas infelizmente ainda estou desanimada.
Um abração. Façam-me prosseguir...

VISITAS RECEBIDAS NO BLOG

Me tornando uma empreendedora

Meu blog foi criado em 2009, sendo que na época eu estava desempregada. A partir daí várias coisas ocorreram durante este período de modo que precisei alterar o meu perfil, como a minha idade e as ocupações que tive (trabalhos). Para tanto, deixo aqui registrado estas mudanças.

Em 2009 - 47 anos - Fui babá de duas meninas, cuidando delas em minha casa enquanto as mães trabalhavam.

Em 2010 - 48 anos - Continuei sendo babá de uma das meninas que cuidava antes, novamente em casa e no período em que ela ficava na escola eu trabalhava como Monitora de Crianças de 1 a 2 anos na Creche Filhos do Rei.

Final de 2010 para 2011 - Abri as portas do meu brechó na minha casa. Antes vendia dentro de casa mesmo.

Em 2011 - 49 anos - Brechó fechado para reforma da casa. Fui trabalhar numa pizzaria, à noite, como diarista e, aos 49 anos, consegui trabalhar de "Carteira Assinada" depois de seis anos sem registro. Trabalhei de abril/2011 a Jan/2012.

Início de 2012 - 50 anos - Saí do emprego por motivo de saúde ( a idade começou a pesar me causando muito inchaço nas pernas pelo fato de trabalhar mais de 8 horas em pé).

Maio de 2012 - Voltei novamente a trabalhar por conta própria com meu brechó, meus geladinhos, artesanatos e outras coisitas mais.

Junho de 2012 - Trabalho com meu brechó e sou babá de duas crianças na minha casa. Temos uma renda bem menor agora, pois meus filhos perderam a pensão do pai, mesmo eles sendo estudantes, sendo o mais novo universitário.

Julho de 2012 - Só trabalho com o Brechó agora. Não deu para conciliar brechó e ser babá ao mesmo tempo.

Agosto de 2012 - Me tornei Microempreendedora Individual. Agora, além do Brechó, continuo com os geladinhos e também produzo cupcakes.

Fevereiro de 2013 - 51 anos e agora, o quadro aqui em casa está quase se invertendo. A maior parte do sustento fica com meu filho mais velho, e o mais novo trabalha apenas para pagar a sua faculdade. A minha renda é apenas para complementar a do meu filho.

Setembro de 2013 - Meu filho mais novo está desempregado e trancou a matrícula na faculdade. O mais velho teve que deixar o emprego para ser estagiário de outro curso recebendo apenas 1/2 salário mínimo. Continuo com o brechó, atendendo de portas fechadas pois trabalho também com meus sorvetes, geladinhos, cupcakes e chocolates. Além disso dou cursos de fabricação de sorvete apostilados, pela internet (ensino à distância) Não dou conta de tudo se estiver com a loja aberta. Então, trabalho dentro de casa. Menos renda aqui em casa agora.

Novembro de 2013 - Meu filho mais novo agora trabalha com o pai na área de sorvetes. O mais velho conseguiu um outro emprego com efeito de estágio para o curso dele e passou a ganhar mais. E eu agora, além de tudo que faço também sou Consultora Independente Mary Kay.

Dezembro de 2013 - Isaac foi aprovado no Concurso da Polícia Militar de Minas Gerais e teve novamente que deixar um trabalho novo.

Janeiro de 2014 - Isaac foi morar sozinho com alguns colegas e começa o curso na PMMG

Fevereiro de 2014 - Minha principal fonte de renda agora são minhas apostilas.

Novembro de 2014 - Isaac agora é um Soldado Especialista (Tecnico em Eletrônica da PMMG) e voltou a morar aqui em casa. Status do coração da mãe dele...FELIZ DEMAIS!!!

Março de 2015 - Vou ser vovó. Meu filho Irving, o mais novo, vai ser papai.

Outubro de 2015 - Meu filho Irving, o mais novo é papai. Sou vovó da Sofia, ela nasceu no dia 03/10.

Julho de 2017 - Meu filho Irving também é um empreendedor do sorvete. Tem uma grande loja onde comercializa sorvetes e açaí. Filho de peixes, peixinho é.


LIBERDADE DE EXPRESSÃO - Também é importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Nos referidos textos constitucionais, lê-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX).
A maioria das imagens deste blog foram encontradas na internet, portanto, sao públicas. Mas, se, porventura, alguém reconhecer como sua propriedade, favor entrar em contato comigo para que sejam dados os devidos créditos ou que seja retirado o conteúdo. Obrigada.

.