Seja bem vindo ao blog "SAÍDA DE EMERGÊNCIA". Este é um blog todo produzido para ajudar a você que decidiu trabalhar em casa. Espero que encontre aqui a ideia que está buscando. Conte comigo. Um abraço da Mell.
DIREITOS AUTORAIS - É proibida a reprodução total ou em partes de imagens e artigos deste blog em outros blogs, sites ou páginas do Facebook,, Whats App e outras redes sociais sem os créditos devidos ou sem autorização da autora do blog. (Cópias sem créditos caracterizam Plágio. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais)

Como Sobreviver a Uma Demissão

Hoje, revirando meus arquivos, encontrei este texto que havia guardado. Dei mais uma lida e decidi postá-lo pois sei que há muitas pessoas que visitam o meu blog que estão passando por isso, ou melhor, experimentando esta terrível situação de desemprego. Geralmente, a demissão vem assim "de surpresa" e nos pega desprevenidos. Então, além da surpresa, vem o medo e a insegurança. O que fazer para não entrar em desespero? Sugiro que você leia o texto e aproveite as boas dicas contidas nele. Depois, compartilhe com outros. Um beijo.



Perdeu o emprego? Não se desespere. O momento é de colocar a cabeça no lugar e se preparar para novos desafios.

Ser demitido é uma experiência difícil. Se você ficar sem trabalho, não entre em pânico. Com serenidade, fica mais fácil manter as portas abertas na empresa e conferir se todos os seus direitos estão sendo respeitados.

Para sair da crise

1° passo: Faça uma saída elegante

Se foi pego de surpresa, nada de escândalos ou discussões. Deixe as portas abertas para o futuro.

2º passo: Descubra as causas da demissão
Questione, numa boa, os motivos da demissão. Se desconfiar de que o fato foi motivado por preconceito, procure um advogado.

3º passo: Ajuste seus gastos atuais
Sem salário, o jeito é apelar para as economias e para a grana da demissão.

4º passo: Não fique remoendo o passado

Passado o impacto inicial da notícia, atualize seu currículo e diga aos seus contatos que está disponível para uma nova oportunidade de trabalho.

5º passo: Invista na sua qualificação

Aproveite o tempo livre para reciclar seus conhecimentos. Há ótimas opções de atualização profissional pela internet. Pesquise, converse com pessoas da sua área e, acima de tudo, mantenha o alto-astral e o otimismo.

É seu direito!

Se você tinha registro em carteira, conheça o que a lei lhe garante em caso de demissão sem justa causa.

· Indenização do FGTS
É possível sacar todo o dinheiro do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, mais 40% do total. Vá a uma agência da Caixa Econômica Federal com carteira de trabalho, RG, cartão do cidadão ou de inscrição no PIS/Pasep e o Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho (TRCT) homologado.

· 13º proporcional
Divida seu salário por 12 e multiplique-o pelo número de meses que você trabalhou na empresa: é quanto você receberá.

· Férias proporcionais
O cálculo é o mesmo do 13º, mas você só terá direito às férias proporcionais se trabalhou por mais de um ano na empresa.

· Seguro-desemprego

Dê entrada na Delegacia Regional do Trabalho da sua cidade. O benefício garantirá uma renda mensal por um período mínimo de três meses, e máximo de cinco meses. O valor do seguro-desemprego dependerá de qual era seu salário e de quanto tempo permaneceu registrado na empresa que o demitiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, saiba que:

- Antes de serem publicados, os comentários necessitam de aprovação. Ou seja, seu comentário não aparecerá na hora em que você o postou (geralmente, são aprovados em menos de 24h);
- Conteúdo ofensivo, propagandas, e propostas de parceria não serão aceitos nos comentários. No caso de interesse em parceria, entre em contato pelo meu e-mail melitaluzia@hotmail.com

VISITAS RECEBIDAS NO BLOG

.