Seja bem vindo ao blog "SAÍDA DE EMERGÊNCIA". Este é um blog todo produzido para ajudar a você que decidiu trabalhar em casa. Espero que encontre aqui a ideia que está buscando. Conte comigo. Um abraço da Mell.

CONHEÇA MINHA HISTÓRIA E PORQUE CRIEI ESTE BLOG PARA AJUDAR AS PESSOAS

Meu nome é Melita, mas muitos me conhecem como Mell Santos. Quero muito que você conheça um pouco da minha história de vida, como me tornei uma mulher empreendedora e porque decidi criar um blog para ajudar as pessoas a vencer na vida . Sou mineira, hoje tenho 54 anos, sou dona de casa, divorciada, microempresária e tenho dois filhos que são a minha alegria de viver. Sempre gostei de escrever, mas em 2009 resolvi criar este blog com o objetivo de encontrar e ajudar outras mulheres com histórias parecidas com a minha. Tendo como base a minha experiência de vida, mostro em várias postagens que precisei sozinha, aprender a ganhar dinheiro em casa. A idade e a experiência (mesmo tendo) não colaboraram para que eu conseguisse um emprego fixo, e pensão alimentícia (quando havia) mal dava para os alimentos. Enfim, eu não sou ex-mulher de nenhum jogador de futebol famoso, mas a verdade é que fiquei sozinha com dois filhos pequenos e sem dinheiro. Não foi uma história fácil de ser vivida e só quem passou por isso é que sabe como é doloroso. Assim, me tornei por muito tempo uma "pãe" (pai e mãe), e além de cuidar deles, teria que trabalhar. Sem solução e sem a ajuda de ninguém, por quinze anos me desdobrei para criar, educar e ajudar no sustento dos dois homens da minha vida. O que você faria se tivesse que viver uma situação dessas, viver "tempos de vacas magras"? O que você faria se precisasse trabalhar e não pudesse sair de casa? Enfrentei o abandono de quem eu julgava serem meus amigos, tive momentos de desespero por causa de dívidas e despreparo financeiro, sofri momentos angustiantes e uma depressão muito forte, mas consegui, mesmo com muito sofrimento dar a volta por cima, trabalhando sempre...dentro de casa. Teve que haver uma saída para mim, e eu lhe digo que para você que enfrenta uma situação parecida, também há. Por isso, dei ao blog o título de "SAÍDA DE EMERGÊNCIA" porque tive que descobrir que meu sustento tinha que sair de dentro da minha casa pois além de trabalhar, eu precisava cuidar dos meus meninos, não tinha com quem deixá-los e nem condições para pagar alguém que cuidasse deles para mim. Assim, descobri várias "saídas" para fugir do desespero. Não, não fiquei rica! E nem quero. Sei muito bem que dinheiro ajuda, mas ele pode trazer também muita infelicidade. O dinheiro compra a cama, mas não paga o sono. Desde então, faço de tudo um pouco e nunca fiquei parada. Como o emprego fixo era bem difícil de se conseguir, criei os meus "bicos" até me tornar dona do meu próprio negócio. Por muito tempo o que eu ganhava podia até ser pouco, mas era um dinheiro justo e dava para nós três. Aprendi também a administrar. Ganhei meu dinheiro honestamente e o melhor, dentro da minha casa, tudo formalizado e assim pude cuidar e criar melhor os meus (agora) rapazes! Depois destes anos todos cuidando deles sozinha e sempre trabalhando, agora estamos na fase do quadro se inverter e meus filhos passando a ser responsáveis pela maior parte das nossas despesas, mas assim mesmo continuo ajudando com meu negócio próprio. Hoje, sou uma instrutora de gelados comestíveis e de culinária, consultora de pequenos negócios domésticos e dou cursos pela internet, Meus cursos são reconhecidamente aprovados e já levei muitas pessoas a vencer como eu. Já não ganho apenas uma "renda extra", eu sou uma microempresária de sucesso. E é isso que eu quero para você também. Portanto, as dicas deste blog não tem a finalidade de mostrar que uma pessoa pode ganhar "rios" de dinheiro da noite para o dia, mas, elas podem funcionar como "Saída de Emergência" num momento difícil. No desespero, muitas vezes não conseguimos ver que bem diante de nossos olhos, ou melhor, dentro da nossa casa está a solução, e por isso, vou tentar mostrar que existem grandes oportunidades para trabalhar assim, muitas vezes com pouco ou quase nenhum capital, podendo até mesmo, um dia, estas atividades se tornarem o sustento da sua família. Espero que todo o conteúdo do blog seja de grande utilidade para vocês.

(Acompanhe no final da página - Mudanças no meu Perfil. De acordo com as datas de postagem do blog, vocês verão como fui trabalhando e nos sustentando.
 
É proibida a reprodução total ou em partes de imagens e artigos deste blog em outros blogs, sites ou páginas do Facebook e outras redes sociais sem os créditos devidos ou sem autorização da autora do blog. (Cópias sem créditos caracterizam Plágio. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais)

Aprendam com minha amiga Leonice Silva

 Oi, amigos. Sábado à noite e eu aqui cansadona, viu?. É fim de semana, mas muitos de nós nem paramos, né, como euzinha aqui que mesmo com as portas da loja fechadas continuo trabalhando, mas por uma boa causa: é o meu ganha-pão. Inclusive quero falar um pouquinho sobre isso: se vc trabalha em casa, não deixe de receber seus clientes só porque é fim de semana ou feriado. Se você precisa vender, tem que recebê-los. É o que eu faço. Mas hoje quero mostrar um pouco de mais uma amiga, uma grande mulher que como eu e outras tantas, ficou sozinha na vida e teve que se virar para criar e sustentar os seus filhos. Seu nome é Leonice e ela mora em Campina Grande, na Paraíba. Bem no comecinho desta situação de separação, quando seus filhos eram pequenos, um com nove meses e o outro com sete anos, ela começou a trabalhar na CEASA (EMPASA) e levava os dois meninos para sua banca de frutas todos os dias às quatro da manhã, pois não tinha com quem deixá-los. Trabalhou assim por seis anos, e durante este tempo, foi aprendendo a se organizar financeiramente, tanto que conseguiu juntar um dinheirinho e resolveu fazer marmitas em casa. Comprou panelas, arrumou um fogão industrial emprestado, e em três meses conseguiu comprar um melhor. Seus filhos, mesmo pequenos, lhe ajudavam a fazer as entregas na CEASA, pois já tinha uma freguesia do tempo da banca de frutas. Trabalhar em casa era bem melhor, dava mais lucro. Leonice nunca deixou de trabalhar para ajudar no sustento dos filhos. Fez salgados, trabalhou como empregada doméstica, foi diarista, mas sempre existiu dentro dela o desejo de fazer algum tipo de artesanato, mas tinha medo pois temia perder todo seu dinheiro. Sua sobrinha lhe sugeriu que começassem a fazer algumas caixinhas de mdf, mas ela estava desanimada porque não teria dinheiro para comprar o material, mas ela disse uma coisa que Leonice nunca esqueceu: "Sonhos são para serem realizados". No outro dia, sua sobrinha a presenteou com o compressor, uma amiga lhe deu a pistola, e disseram a ela: "O segredo é começar." Daí por diante Deus foi abrindo as portas e Leonice começou a transformar peças brutas em lindas peças decorativas. Uma amiga dela, dona de uma fábrica de peças de mdf, lhe indicava pequenos trabalhos, e hoje ela se diz uma mulher realizada na aréa profissional. Seus trabalhos são lindos e as portas estão se abrindo cada vez mais. 
 Ela nos deixa uma linda mensagem: "Tenho muito ainda que aprender, que aperfeiçoar, mas o importante é começar. Quanto a você que está desempregado, o segredo é acreditar que você pode, e que sua chance vai chegar. Nunca pare, acredite que existe um Deus que move o universo a seu favor, mesmo que muitas vezes esse universo conspire contra você. Deus trabalha por você a todo instante, e a porta vai se abrir, porque sonhar com Deus é realidade. Olhe ao seu redor, sempre haverá algo por onde você pode começar, e então...comece! Não tenha medo, seja voluntário, faça docinhos, se ofereça para aprender, não pense só em lucros, pense em OPORTUNIDADES. Quando a gente se dispõe a fazer, nossa vontade sobressai, e quem está ao nosso redor se dispõe a ajudar. Foi assim comigo. Minha sobrinha Lucicleide e minha amiga Julia, viram em mim a vontade de crescer como pessoa, e me ajudaram. Nós mulheres, podemos sim, trabalhar em casa, suster nossas necessidades e educar nossos filhos. Temos uma capacidade enorme dentro de nós. Deus nos fez sábias, ajudadoras, edificadoras, pacificadoras, temos muitos dons dentro de nós, resta descobrir e colocá-los em prática. Agradeço a Deus por esta oportunidade, pela vida da Mell, esta mulher vencedora. Finalizo minhas palavras dizendo: "Deus é nosso socorro bem presente no tempo da tribulação. Nada está perdido, nada está fora de tempo, nunca é tarde para recomeçar. A vida sempre nos dá uma chance a cada amanhecer, basta você acreditar e começar. Deus seja louvado."
Aqui um pouquinho da arte de Leonice, minha amiga guerreira. Se quiserem conhecer um pouco mais dela, visitem o seu Facebook ( https://www.facebook.com/leonice.silva.737) Com certeza lá vcs verão muita coisa linda, e quem sabe, podem até encomendar algumas, heim?
 
E então, gostaram? Pena que tive que cortar um tantão da história dela...mas está aí para vocês se inspirarem. Bjos, amigos. Fiquem com Deus e até mais.


POR FAVOR, DEIXE UM E-MAIL DE CONTATO PARA RESPOSTA. e AGUARDE A RESPOSTA NA MESMA POSTAGEM

Meus dois guerreiros - A batalha é árdua mas a vitória é certa...

Mais uma vez agradeço a Deus por ter me concedido estes dois filhos, Isaac e Irving. Uma mãe não pode ter vergonha de fazer o que faço agora, e por isso faço mesmo. Sempre estarei agradecendo a Deus por eles, e agradecendo aos dois por cuidarem de mim. Só eu sei o quanto recebo, porque meus filhos tem o coração grato, principalmente a Deus, e por tudo, tanto as lutas quanto as vitórias. Cresceram guerreiros. Como não agradecer, se Deus sempre esteve conosco? No início, quando estivemos no fundo do poço, nos livrou dos leões. Não nos poupou de nenhuma das batalhas, mas esteve sempre na frente delas. Não nos tirou da fornalha de fogo ardente, mas esteve no meio dela conosco. O resultado? Provados, sim. E aprovados também! Um dia alguém veio aqui e me disse, sem olhar nos meus olhos: "Melita, você ficou com a verdadeira riqueza." Jamais imaginaria que justamente essa pessoa fosse me dizer isso (ah, fiquem curiosos!) Meus filhos são uma grande riqueza, jóias preciosas, sim. Cada um deles tem seu próprio brilho, mas juntos, são mais do que isso, são mais que irmãos e verdadeiros amigos. Eu sempre os ensinei que se um dia eu faltar, os dois só terão um ao outro, (pelo menos até agora é assim, mas Deus pode mudar todas as situações) e então que nunca se esqueçam disso. Que um cuide do outro, assim como se importam comigo hoje. Jóias raras, de intenso valor. Será que preciso de mais brilho em minha vida? Obrigada, Deus por me confiar tão grande tesouro para cuidar! Amo vocês, meus filhos. Eu não tenho bem maior aqui na terra!  
POR FAVOR, DEIXE UM E-MAIL DE CONTATO PARA RESPOSTA. e AGUARDE A RESPOSTA NA MESMA POSTAGEM

A necessidade de planejar o negócio - "Mercado Brasil" - programa 4

E aí, amores, tudo bem? Vamos ouvir mais um programa da rádio SEBRAE? Tô esperando comentários, heim? Eu sempre digo aqui que PLANEJAMENTO é tudo, mas tem gente que teima em pensar que não precisa. Pois tem que planejar sim, pois esse é o ponto de partida para quem quer administrar bem o negócio. E o capítulo de hoje da novelinha "Mercado Brasil" vai falar sobre isso. E olha que a personagem vai falar sobre vender refeições, heim? Ouça o programa, vc que está interessado em trabalhar com marmitex, ok? Entenda mais sobre o assunto no quarto programa da série. Bom proveito! Bye, bye e até o próximo capítulo. Fui!!!!                                   

POR FAVOR, DEIXE UM E-MAIL DE CONTATO PARA RESPOSTA. e AGUARDE A RESPOSTA NA MESMA POSTAGEM

Palestra do David Portes - Tudo de bom!

 Ah, gente, descobri essa palestra do David Portes, meu ídolo, e já é tarde da noite! E de maneira alguma vou deixar de postar uma preciosidade dessas procês! David é conhecido como o segundo camelô mais famoso do Brasil, pq o primeiro lugar é do Sílvio Santos, e ambos se tornaram famosos por serem empreendedores, começaram assim praticamente "do nada" e construíram impérios. Tive conhecimento dele há anos atrás através de uma revista que falava de negócios, e eu nem tinha um computador ainda. Naquela época eu já juntava material pois queria escrever um livro um dia, e esse llivro acabou virando blog, hehehe. Mas com certeza, chegará o tempo em que transformarei todas as minhas dicas em livro, com a graça de Deus. Quero muito isso! Fico meio constrangida de falar, mas não posso ter vergonha disso: eu tenho muito em comum com o David no sentido do empreendedorismo e do marketing.  Na verdade temos mentes empreendedoras e ajudamos muita gente, só que eu ainda não sou muito conhecida. Parece estranho, tanta gente me conhece por este mundo afora, através da internet e na minha cidade mesmo ninguém conhece esse meu lado empreendedor, mas é assim mesmo, né? "Santo de casa não faz milagre", rsrsrs Eu também tenho o mesmo dom que ele tem, o de cativar as pessoas através do nosso jeito de levar as nossas mensagens de empreendedorismo. Já falei sobre o David numa outra postagem aqui no blog (veja depois na categoria "Gente que Faz"). David tem uma história parecida com muitos dos meus leitores, gente que não tem um tostão furado no bolso. Assim como ele, você também pode dar a volta por cima. Ele também não conseguiu as coisas de uma hora para outra, trabalhou muito para chegar onde está. Eu tenho muitos sonhos e planos aqui na minha cabecinha. Gostaria muito de um dia ser uma palestrante, nunca pensei em ser uma tão grande quanto ele, mas sempre sonhei em palestrar para donas de casa e desempregados. Só preciso me preparar para falar em público, pois um dia a oportunidade poderá surgir. Uai, quem sabe, né? kkkkkkkkkkkkkkkkk Cada um tem um sonho, e esse é um dos meus, uai! Não vou perder essa esperança, e se for da vontade de Deus, Ele mesmo abrirá as portas no tempo certo. Então, quer assistir comigo? Tirei uma hora do meu precioso tempo e a-d-o-r-e-i!!!!! Tenho certeza de que você também vai gostar.  Um bjo grande a todos.

POR FAVOR, DEIXE UM E-MAIL DE CONTATO PARA RESPOSTA. e AGUARDE A RESPOSTA NA MESMA POSTAGEM

Você pensa em produção de Marmitex?

Oiê! E aí, pessoas queridas, tudo bem? Eu tô meio assim "um caquinho". Dei uma passeada, mas na volta, nem te conto, viu? Tive que deixar a casa em ordem, tanta roupa prá lavar e ainda meu filho adoece! Vida de dona de casa e de "pãe" né mole não, viu? Hoje até que estou melhorzinha, mas até ontem estava bem abatida, super cansada mesmo, pq esse negócio de filho doente acaba com a gente, e isso só mãe entende, né? Mesmo que eles já tenham crescido, a gente praticamente adoece junto, mas tem que aguentar a barra, né? Além de doença, ainda enfrentamos problemas financeiros e outros que é melhor nem comentar...aff!!! Por isso que eu digo sempre que cada dia aqui em casa é um milagre, pois se não fosse, seria difícil sobreviver. Mas vamos em frente, porque atrás vem gente! Pois é, a vida não pode parar (apesar que meus negócios estão meio parados, pq a lojinha tá lá fechada, tô vendendo só aqui dentro de casa mesmo, pois só no hospital tivemos que ir por três dias seguidos, e acho que volto lá hoje de novo com meu menino, pq ele ainda não sarou). Ai, que vontade de postar logo minhas dicas procês, mas e o tempo que não sobra? Então, vou aproveitar o espaço aqui prá postar um vídeo sobre MARMITEX. Já falei sobre o assunto outras vezes, mas é tanta gente me pede orientações sobre como ganhar dinheiro com isso, que vou falar de novo. Eu nunca trabalhei com comida,  mas tenho amigos que hoje tem restaurante e começaram em casa produzindo as marmitinhas. Esse vídeo que vou postar é do programa "A Grande Ideia" e mostra um pouquinho como começar e também um exemplo de pessoa que ganha a vida assim.
.
                              
.
Agora que vocês assistiram, quero dizer uma coisinha: eu só não concordo muito com o finalzinho do vídeo, porque continuo dizendo que lucro não vem a galope não, viu? A moça diz que em um mês tem retorno, mas não é bem assim, gente. Praticamente nenhum negócio tem lucro tão imediato assim. É um bom negócio? É, claro que é, mas tem que ser tudo planejadinho mesmo. Plano de negócios e tal, mesmo que você comece em casa. Não vá investindo seu pouco dinheirinho comprando embalagens e ingredientes para uma boa comida, se você não planejar tudo antes. É importante PLANEJAR, DIVULGAR,  TER e MANTER A QUALIDADE do seu produto, pois o cliente "come com os olhos". Cadastre-se no site do SEBRAE e lá você vai poder até mesmo baixar a apostila sobre "Fornecimento de Refeições em Marmitex". Eu queria disponibilizar essa apostila aqui no blog, mas não posso porque é de propriedade do SEBRAE mesmo, mas não custa nada vocês se cadastrarem, né? Eu já mostrei o caminho das pedras, agora é só vocês irem lá, certo? 


Entrem neste link abaixo e façam seu cadastro.


Depois que se cadastrar, vá em BIBLIOTECA DIGITAL e quando abrir, procure na busca por FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES EM MARMITEX, e então a apostila com tudo que vocês precisam vai ser baixada e também pode ser impressa, o que será melhor ainda, pois você sempre terá em mãos as orientações quando precisar.

É...prá quem não ia escrever nada, até que escrevi bem, né? 
Um bjaum prá vcs meus queridos. Antes de ir embora, dá uma olhada no recadinho abaixo, pode ser interessante.
.
QUER GANHAR DINHEIRO
COM MARMITEX?

Conheça um curso digital que poderá lhe
ajudar da melhor maneira possível a concretizar
este seu sonho. Vou deixar abaixo o link deste curso
que pode mudar a sua história. Basta clicar no 
nome do curso abaixo para vc conhecer todo o 
conteúdo ou até mesmo adquiri-lo. Não deixe passar
esta super oportunidade! Clique aqui:

COMO MONTAR UMA
MARMITARIA LUCRATIVA

CRÉDITOS - Adaptei estas dicas do site "Comofas" (http://comofas.com/como-vender-marmitex-em-casa). Espero que tenham gostado e que eu tenha conseguido ajudar.

Aprendendo a aprender -"Mercado Brasil" - programa 3

Oiê, meus amigos de caminhada, tudo bem? E aí? Estão gostando dos programas da Rádio SEBRAE? Até agora ninguém comentou, né? Mas eu estou gostando...e muito, e o melhor, aprendendo! Se alguém quiser comentar, o espaço está aí, ok? Vou ficar esperando, mas enquanto isso vou postar mais um capítulo da novelinha "Mercado Brasil" . No capítulo de hoje vamos aprender como tratar bem os nossos clientes. Será que você está valorizando aquele a quem você oferece sua mercadoria? Pois é, é ele que paga o nosso salário, então, é melhor pensar direitinho no modo como vai tratá-lo pois nós dependemos muito dele, né mess? Vender é uma arte que se aprende todos os dias, a partir do contato com estes clientes. É vendendo e aprendendo mais e mais. Mesmo os vendedores experientes não sabem de tudo, por isso, lidando com todo tipo de pessoas, todos os dias temos oportunidades para aprender um pouco mais. Ouçam com atenção o programa e mirem-se nos exemplos que vão ser apresentados. Até mais. Tchauzinho e bjim procês!

POR FAVOR, DEIXE UM E-MAIL DE CONTATO PARA RESPOSTA. e AGUARDE A RESPOSTA NA MESMA POSTAGEM

Estou de volta pro meu aconchego...

Olá, pessoas queridas do meu core! Quanta saudade...desde o ano passado que não venho bater um papinho concês, né, meus amô! Cheguei de viagem anteontem, dia 07/01. Deu para dar uma descansadinha por um lado, mas na verdade o calor era tanto que me senti super cansada em certos momentos, mas só de sair um pouco da rotina já vale a pena né? Não aguentei o calor e cortei meus cachos, voltei de visual novo, hehehe. Então, cheguei trazendo na mala bastante bagagem e muuuuuitas novidades, portanto 2013 promete aqui no blog, viu? E vai sair perdendo quem não der uma passadinha aqui. Lá em Guarapari, no Espírito Santo andei muito e até disse para algumas pessoas que eu ando na rua à procura de gente empreendedora como eu, e tive gratas surpresas. Uma delas foi numa lanchonete ambulante em frente a um parque de diversões. Minha irmã Angela e meu cunhado Fabinho foram tão bem atendidos nesse local que não exitaram em se lembrar de mim. Me chamaram para ir lá comer um sanduíche e no momento que me assentei à mesa, ali na calçada mesmo, observei um pouco o atendimento e daí me veio a ideia: vou pedir a eles para me permitirem fotografá-los para postar aqui na internet. Sem nenhum impecilho dona Fátima me deu a autorização na hora com um sorriso estampado no rosto. Nunca nos viram na vida, ela, seu esposo e o atendente mais eficiente que já vi na minha vida, o Igor, um rapazinho super gente fina que se continuar assim vai muito longe. O sanduíche feito ali na nossa frente, mesmo sendo na rua, realmente é um dos mais gostosos que já provei. A higiene impecável, tudo limpinho e preparadinho, cada coisa no seu lugar e uma agilidade incrível no preparo. E quanta fartura! E eles não estavam ali querendo nos agradar não! Isso é com todos que chegam ali para lanchar. Quando chamei a Fátima e o Jorge para tirar uma foto conosco, deixei meu e-mail e disse que eu gostaria de contar a história deles aqui no blog um dia, falei mais ou menos sobre meu blog e e logo ao começar a falar ela ficou com os olhos cheios de lágrimas por lembrar da sua luta até chegar onde está. Então, eu disse a ela que não chorasse porque eu também tenho uma história de vida difícil e o tempo de chorar um dia acaba, pois serão somente vitórias, uma atrás da outra. E a história deles, tanto da Fátima, quanto do Jorge, um dia desses será contada aqui, porque eles são gente como muitos de nós, empreendedores. São pessoas com história de vida que certamente servirão para motivar outras pessoas a lutar pelo que se quer.
 Vim com grandes objetivos para 2013, e continuarei aqui compartilhando sempre as minhas dicas com vocês pois vamos continuar caminhando juntos, ok? Haverão impecilhos, haverão inimigos se levantando contra nós, haverão muitas lutas pela frente e obstáculos a serem ultrapassados, mas nós somos mais do que vencedores e jamais poderemos nos esquecer disso. Não tem graça conquistar as coisas na vida sem lutas, pois o dinheiro fácil, fácil também se vai...Olhe sempre para frente, tenha os olhos no seu objetivo e não deixe que nada te desvie disso, pois qualquer vento ou sombra de dúvidas pode te fazer cair, portanto fique firme e siga em frente de olho no alvo. Vamos juntos nessa?  Obrigada por sempre me enviarem e-mails e comentários que me impulsionam a prosseguir. Estarei aqui sempre ao seu dispor e procurarei atendê-los naquilo que me for possível. Até mais, amigos, um bjo no coração de cada um. Um abençoado 2013 a todos!
POR FAVOR, DEIXE UM E-MAIL DE CONTATO PARA RESPOSTA. e AGUARDE A RESPOSTA NA MESMA POSTAGEM

VISITAS RECEBIDAS NO BLOG

Me tornando uma empreendedora

Meu blog foi criado em 2009, sendo que na época eu estava desempregada. A partir daí várias coisas ocorreram durante este período de modo que precisei alterar o meu perfil, como a minha idade e as ocupações que tive (trabalhos). Para tanto, deixo aqui registrado estas mudanças.

Em 2009 - 47 anos - Fui babá de duas meninas, cuidando delas em minha casa enquanto as mães trabalhavam.

Em 2010 - 48 anos - Continuei sendo babá de uma das meninas que cuidava antes, novamente em casa e no período em que ela ficava na escola eu trabalhava como Monitora de Crianças de 1 a 2 anos na Creche Filhos do Rei.

Final de 2010 para 2011 - Abri as portas do meu brechó na minha casa. Antes vendia dentro de casa mesmo.

Em 2011 - 49 anos - Brechó fechado para reforma da casa. Fui trabalhar numa pizzaria, à noite, como diarista e, aos 49 anos, consegui trabalhar de "Carteira Assinada" depois de seis anos sem registro. Trabalhei de abril/2011 a Jan/2012.

Início de 2012 - 50 anos - Saí do emprego por motivo de saúde ( a idade começou a pesar me causando muito inchaço nas pernas pelo fato de trabalhar mais de 8 horas em pé).

Maio de 2012 - Voltei novamente a trabalhar por conta própria com meu brechó, meus geladinhos, artesanatos e outras coisitas mais.

Junho de 2012 - Trabalho com meu brechó e sou babá de duas crianças na minha casa. Temos uma renda bem menor agora, pois meus filhos perderam a pensão do pai, mesmo eles sendo estudantes, sendo o mais novo universitário.

Julho de 2012 - Só trabalho com o Brechó agora. Não deu para conciliar brechó e ser babá ao mesmo tempo.

Agosto de 2012 - Me tornei Microempreendedora Individual. Agora, além do Brechó, continuo com os geladinhos e também produzo cupcakes.

Fevereiro de 2013 - 51 anos e agora, o quadro aqui em casa está quase se invertendo. A maior parte do sustento fica com meu filho mais velho, e o mais novo trabalha apenas para pagar a sua faculdade. A minha renda é apenas para complementar a do meu filho.

Setembro de 2013 - Meu filho mais novo está desempregado e trancou a matrícula na faculdade. O mais velho teve que deixar o emprego para ser estagiário de outro curso recebendo apenas 1/2 salário mínimo. Continuo com o brechó, atendendo de portas fechadas pois trabalho também com meus sorvetes, geladinhos, cupcakes e chocolates. Além disso dou cursos de fabricação de sorvete apostilados, pela internet (ensino à distância) Não dou conta de tudo se estiver com a loja aberta. Então, trabalho dentro de casa. Menos renda aqui em casa agora.

Novembro de 2013 - Meu filho mais novo agora trabalha com o pai na área de sorvetes. O mais velho conseguiu um outro emprego com efeito de estágio para o curso dele e passou a ganhar mais. E eu agora, além de tudo que faço também sou Consultora Independente Mary Kay.

Dezembro de 2013 - Isaac foi aprovado no Concurso da Polícia Militar de Minas Gerais e teve novamente que deixar um trabalho novo.

Janeiro de 2014 - Isaac foi morar sozinho com alguns colegas e começa o curso na PMMG

Fevereiro de 2014 - Minha principal fonte de renda agora são minhas apostilas.

Novembro de 2014 - Isaac agora é um Soldado Especialista (Tecnico em Eletrônica da PMMG) e voltou a morar aqui em casa. Status do coração da mãe dele...FELIZ DEMAIS!!!

Março de 2015 - Vou ser vovó. Meu filho Irving, o mais novo, vai ser papai.

Outubro de 2015 - Meu filho Irving, o mais novo é papai. Sou vovó da Sofia, ela nasceu no dia 03/10.

Julho de 2017 - Meu filho Irving também é um empreendedor do sorvete. Tem uma grande loja onde comercializa sorvetes e açaí. Filho de peixes, peixinho é.


LIBERDADE DE EXPRESSÃO - Também é importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Nos referidos textos constitucionais, lê-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX).
A maioria das imagens deste blog foram encontradas na internet, portanto, sao públicas. Mas, se, porventura, alguém reconhecer como sua propriedade, favor entrar em contato comigo para que sejam dados os devidos créditos ou que seja retirado o conteúdo. Obrigada.

.