Seja bem vindo ao blog "SAÍDA DE EMERGÊNCIA". Este é um blog todo produzido para ajudar a você que decidiu trabalhar em casa. Espero que encontre aqui a ideia que está buscando. Conte comigo. Um abraço da Mell.

CONHEÇA MINHA HISTÓRIA E PORQUE CRIEI ESTE BLOG PARA AJUDAR AS PESSOAS

Meu nome é Melita, mas muitos me conhecem como Mell Santos. Quero muito que você conheça um pouco da minha história de vida, como me tornei uma mulher empreendedora e porque decidi criar um blog para ajudar as pessoas a vencer na vida . Sou mineira, hoje tenho 54 anos, sou dona de casa, divorciada, microempresária e tenho dois filhos que são a minha alegria de viver. Sempre gostei de escrever, mas em 2009 resolvi criar este blog com o objetivo de encontrar e ajudar outras mulheres com histórias parecidas com a minha. Tendo como base a minha experiência de vida, mostro em várias postagens que precisei sozinha, aprender a ganhar dinheiro em casa. A idade e a experiência (mesmo tendo) não colaboraram para que eu conseguisse um emprego fixo, e pensão alimentícia (quando havia) mal dava para os alimentos. Enfim, eu não sou ex-mulher de nenhum jogador de futebol famoso, mas a verdade é que fiquei sozinha com dois filhos pequenos e sem dinheiro. Não foi uma história fácil de ser vivida e só quem passou por isso é que sabe como é doloroso. Assim, me tornei por muito tempo uma "pãe" (pai e mãe), e além de cuidar deles, teria que trabalhar. Sem solução e sem a ajuda de ninguém, por quinze anos me desdobrei para criar, educar e ajudar no sustento dos dois homens da minha vida. O que você faria se tivesse que viver uma situação dessas, viver "tempos de vacas magras"? O que você faria se precisasse trabalhar e não pudesse sair de casa? Enfrentei o abandono de quem eu julgava serem meus amigos, tive momentos de desespero por causa de dívidas e despreparo financeiro, sofri momentos angustiantes e uma depressão muito forte, mas consegui, mesmo com muito sofrimento dar a volta por cima, trabalhando sempre...dentro de casa. Teve que haver uma saída para mim, e eu lhe digo que para você que enfrenta uma situação parecida, também há. Por isso, dei ao blog o título de "SAÍDA DE EMERGÊNCIA" porque tive que descobrir que meu sustento tinha que sair de dentro da minha casa pois além de trabalhar, eu precisava cuidar dos meus meninos, não tinha com quem deixá-los e nem condições para pagar alguém que cuidasse deles para mim. Assim, descobri várias "saídas" para fugir do desespero. Não, não fiquei rica! E nem quero. Sei muito bem que dinheiro ajuda, mas ele pode trazer também muita infelicidade. O dinheiro compra a cama, mas não paga o sono. Desde então, faço de tudo um pouco e nunca fiquei parada. Como o emprego fixo era bem difícil de se conseguir, criei os meus "bicos" até me tornar dona do meu próprio negócio. Por muito tempo o que eu ganhava podia até ser pouco, mas era um dinheiro justo e dava para nós três. Aprendi também a administrar. Ganhei meu dinheiro honestamente e o melhor, dentro da minha casa, tudo formalizado e assim pude cuidar e criar melhor os meus (agora) rapazes! Depois destes anos todos cuidando deles sozinha e sempre trabalhando, agora estamos na fase do quadro se inverter e meus filhos passando a ser responsáveis pela maior parte das nossas despesas, mas assim mesmo continuo ajudando com meu negócio próprio. Hoje, sou uma instrutora de gelados comestíveis e de culinária, consultora de pequenos negócios domésticos e dou cursos pela internet, Meus cursos são reconhecidamente aprovados e já levei muitas pessoas a vencer como eu. Já não ganho apenas uma "renda extra", eu sou uma microempresária de sucesso. E é isso que eu quero para você também. Portanto, as dicas deste blog não tem a finalidade de mostrar que uma pessoa pode ganhar "rios" de dinheiro da noite para o dia, mas, elas podem funcionar como "Saída de Emergência" num momento difícil. No desespero, muitas vezes não conseguimos ver que bem diante de nossos olhos, ou melhor, dentro da nossa casa está a solução, e por isso, vou tentar mostrar que existem grandes oportunidades para trabalhar assim, muitas vezes com pouco ou quase nenhum capital, podendo até mesmo, um dia, estas atividades se tornarem o sustento da sua família. Espero que todo o conteúdo do blog seja de grande utilidade para vocês.

(Acompanhe no final da página - Mudanças no meu Perfil. De acordo com as datas de postagem do blog, vocês verão como fui trabalhando e nos sustentando.
 
É proibida a reprodução total ou em partes de imagens e artigos deste blog em outros blogs, sites ou páginas do Facebook e outras redes sociais sem os créditos devidos ou sem autorização da autora do blog. (Cópias sem créditos caracterizam Plágio. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais)

Um testemunho sobre mim e um pedido aos leitores

Quando vejo alguém dizer que precisa fazer alguma coisa pelos necessitados e quando eu peço que alguém compartilhe meu blog, infelizmente não vejo essa atitude. Posso contar uma ou duas curtidas no face, mas não compartilhamentos. Então, vou dar aqui um testemunho meu para aqueles que não "botam fé" no que eu faço e para aqueles que são cristãos e dizem que precisam fazer alguma coisa para ajudar os necessitados. Tem gente que fica incomodado comigo por eu falar tanto no blog, mas também não pega para fazer o que eu faço. Eu preciso divulgar o meu trabalho então vou sempre falar nele, pq a propaganda é a alma do negócio. Se eu apareço na mídia (em revistas ou blogs, ainda, hehehe) não sou eu que vou atrás. São eles que me encontram. Então, nem faço nada mesmo para aparecer, e ainda tem coisa que ninguém sabe que já aconteceu e que está para acontecer (surpresa!!!)...O sucesso incomoda, e eu vou fazer o que, né? E só porque sou pobre e moro em Santa Luzia não posso aparecer? Convivo com falsos e invejosos, no mundo real e virtual, mas ninguém me ajuda a pagar minhas contas. Tem gente que no tempo das vacas gordas estava dentro da minha casa e hoje não me olha na cara, nem me dá um "Oi" nem no Face nem no blog. Eu não tenho que dar satisfação para ninguém na vida, a não ser a Deus e aos meus filhos, mas vou "abrir o verbo" hoje. E desde já me perdoem se a carapuça servir para alguns, pois o meu intuito não é entristecer ninguém. Tive perdas na vida pela permissão de Deus. Muitos se afastaram de mim, principalmente os que eu mais convivia. Me tornaram vilã, inverteram os papéis na minha história. Perdi tudo, amor e dinheiro, mas Deus não perde tempo com quem Ele vê que dará frutos. Com muito custo consegui entender que Ele me preparava para ajudar outras mulheres que vivem ou viveram situações parecidas com a minha. Ficaram sozinhas e tiveram que ir à luta. Mulheres mal amadas, mulheres sozinhas, mesmo com um companheiro. Eu passei necessidades e apenas um casal e uma irmã da igreja me valeram, e assim mesmo, pq Deus os enviou à minha casa no dia em que eu fazia o restante da comida. Meus filhos iam comer e eu não, e o casal chegou dizendo que ia almoçar. Foi nesse dia que eu desabei. À noite, eles voltaram juntamente com uma irmã que me ama e me sustenta até hoje de várias maneiras, material e espiritualmente. Voltaram com uma cesta básica para mim. E foi nesse dia que eu tive que tomar uma atitude. Deus abriu os meus olhos espirituais, me mostrando que eu ia trabalhar em casa e Ele sempre ia me sustentar. E foi assim. E é assim. Ele me mostrou que eu podia ganhar dinheiro com a capacitação que Ele mesmo me deu, e dentro de casa, sem precisar sair. O que estava diante dos meus olhos, eu não via antes, mas Deus me mostrou, e eu nem tinha que gastar muito! Deus me ensinou assim também a administrar. Alguns anos depois eu comecei a escrever o blog pq pensei que inúmeras mulheres por este mundo afora passavam pelo que eu passei. Descobri através do blog essa triste realidade, e se não fosse assim eu não teria a visão que tenho hoje. Agora não só mulheres, mas homens, de várias partes do Brasil e do mundo, abrem o coração para mim e eu sempre tenho a Palavra de Deus para eles. Sou até consultora sentimental, rsrs. Eu mostro prá eles que dentro de casa eles podem começar um negócio. Isso não é uma oportunidade de ajudar? E eu jamais ficarei calada, vou fazer o que Deus mandou e ai de mim se não o fizer! Através disso eles conhecem o meu Deus, meu provedor! E que eu quero que seja provedor deles também! Muitos já trabalham com o que eu ensinei, com o que eu orientei, alguns não trabalham, mas voltaram agradecidos me dizendo: "Depois do que vc falou, eu mudei meu pensamento, estou mais feliz, já vejo perspectivas de vida". Muitos me pedem oração, muitos me pedem conselhos para a vida, muitos me pedem socorro. Muitos querem me conhecer, muitos  querem me telefonar, muitos querem que eu empreste o ombro para chorar. E a glória disso tudo é para quem? Para mim é que não é...mas para Deus, que me permitiu perder alguém que um dia Ele mesmo me deu para constituir família, e me permitiu perder todo um trabalho de anos a fio, um trabalho feito à base de muito suor e num lugar onde eu passava anos antes e pedia: "Deus me dá uma loja aqui!". Deus me deu, mas Deus mesmo me tirou...para que hoje eu pudesse ajudar estas pessoas tão necessitadas quanto eu naqueles dias de tristeza, desonra e vergonha. O fruto disso? A alegria do Senhor. E um maior conhecimento de Deus. Não ganho dinheiro ajudando ninguém. Ganho corações agradecidos, embora muitos não voltem para agradecer, mas lembro dos dez leprosos que Jesus curou...apenas um voltou. Então, não faço prá merecer louvores. Eu não sou ninguém e tenho conseguido levar solução material e também espiritual para as pessoas. E você? Vai ficar olhando os necessitados e apenas chorando? Você pode fazer alguma coisa sim! E uma das formas que você pode usar é indicando o blog que Deus me inspirou a escrever. Nele tem o meu dia a dia, mas tem também uma solução para alguém que precisa, tanto do pão material, quanto do pão espiritual que é Jesus. Não olhe prá mim, para minhas atitudes, não se escandalize com minhas brincadeiras, porque apesar de tudo eu sou feliz! O que importa não é o que eu faço, gente! O que importa é a minha relação com Deus. E Deus está neste negócio, o meu blog, o jeito que Ele arranjou de ajudar muitas pessoas através de uma "louca". Por isso, me ajudem a divulgar. Só isso que te peço. Me ajudando, você ajudará mais alguém necessitado. Se não quiser divulgar o blog, pegue uma dica dele e conte para a pessoa. Desculpa o tempo que te tomei hoje, mas foi por uma justa causa. Um grande bjo no coração. Que Deus abençoe a todos. 

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

13 comentários:

  1. amiga adoro su blog, sou arteira tbm, mas não consigo sobreviver com meus trabalhos, sei fazer de tudo mas as vendas não acontecem porque será??? eu te add no seu face, espia as minhas artes e deois me mande email, ro_botaccini@hotmail.com, grande bjo

    ResponderExcluir
  2. Rô, quer dizer que tu já me conhece, é? Eu fiquei feliz de ver vc lá no meu face, já te aceitei, sim. Quem tem fama é vc, eu sou sua fã de carteirinha. Bjos, obrigada por me visitar.

    ResponderExcluir
  3. Amiga seu blog é uma porta de bençãos pra muitas pessoas.Inclusive para mim,e minhas amigas.Vc é um ser humano incrivél,e sei que Jesus tem cuidado de vc a cada dia.Sucesso sempre ...E muita paz neste coração abençoado.Boss

    ResponderExcluir
  4. Oi Mell, eu de novo, tudo bem? Acabei de te enviar convite no face e colei no meu mural sobre o seu blog, estou sempre te visitando, buscando inspirações e uma ideia que seja a minha cara para iniciar uma nova etapa em minha vida.. Parabéns pelo teu trabalho. Saúde, paz e um bom findi!
    Cláudia - p. Alegre

    ResponderExcluir
  5. Claudia, já te aceitei lá, querida. Lá estaremos mais pertinho. Bjos.

    ResponderExcluir
  6. Mell, acho que nunca te disse mas antes eu não acreditava que eu podia ter uma amiga virtual. Mas hoje tenho certeza que vc é mais do que isso, é uma irmã. Deus te abençoará sempre, amiga.
    Bjokas

    ResponderExcluir
  7. Greyce, minha nega, nós já somos "carne e unha" kkkkkkkkkkk E tô te esperando aqui em casa prá gente tomar café na escada, kkkkkkkk
    Bjo, amo vc amiga!

    ResponderExcluir
  8. Oi Mell.... Sou muito sua fã, e graças a vc resolvi arregaçar as mangas e finalmente vender meus mini cupcakes. Eu ainda estou aprendendo, faço muuuita pesquisa na net e ainda nõ todos os utensílios necessários, mas como sempre faço pras festinhas da família e etc, e todos gostam, creio que já está na hora de isso ajudar no meu sustento, já que não tenho ninguém de confiança pra deixar meu filho e sair pra trabalhar. Meu blog está sendo construído (ainda não coloquei no ar), mas vc já está lá, viu. É minha inspiração! Sou péssima vendedora! Mas sou criativa, só falta um pouco de organização do tempo. Que Deus continue te abençoando e a todos os que te conhecerem. grande abraço!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Pamela, não fala assim, pelo contrário diga palavras abençoadoras sobre vc mesmo, ok? Não se esqueça nossas palavras tem poder. Assim que decidir abrir o blog, me diga, ok? Bjo e obrigada.

    ResponderExcluir
  10. Mell, que lindo o seu depoimento. Sabe que várias pessoas já me procuraram por indicação sua, né? O meu blog também é parecido com o seu. É feito pra ajudar. Só isso. Não é perfeito, mas como vc mesma sabe, perfeito só Deus.

    E não tem importância, inveja em nós não chega, tá? Inveja é incapacidade. É vergonha por ver que a gente faz alguma coisa por puro prazer, sem segunda intenção. Só que dá trabalho e as pessoas não querem nada que dê trabalho ultimamente.

    MAS vamos assim, um dia de cada vez, na certeza de que pelo menos fazemos o melhor que podemos com aquilo que já sabemos. Eu acho que não é ainda o suficiente, não é o ideal, mas é o primeiro passo.

    E quem não quiser dá-lo, pode ficar lá trás que eu não tô nem aí.

    beijooooooooo

    ResponderExcluir
  11. Paula Mello, sua linda, estive pensando demais em vc esta semana e justamente por causa das indicações que faço do seu trabalho. São muitas, mas muitas pessoas mesmo que me escrevem, não só aqui nos comentários, mas me enviam e-mails pq não querem aparecer. Todo mundo quer fazer marmitex, e como eu nunca trabalhei com isso, só com lanches, te indico lógico. Já tentei comentar no seu blog, mas não consigo, como em muitos outros também. Que pena! Sim, nosso trabalho é muito parecido mesmo, nos doamos, e quem não tem coragem de fazer isso, inveja né? Fazer o que?
    Obrigada por este lindo comentário. Valeu pela visita mais uma vez. bjos.

    ResponderExcluir
  12. linda faz uns 2 anos q vi seu bolg e hoje eu lembrei de umas almofadas q vi ai resolvi olhar.sou dona de loja e estou pensando em trabalhar em casa confeccionando lençol de elástico e coisas nesse segmento vc tem a apostilha obg.
    deus te abençoei ricamente.
    vc e um exemplo para mim bjo

    ResponderExcluir
  13. Oi minha querida Valdileia, eu não tenho apostilas sobre isso, mas vc consegue achar na net. Faça uma busca no Google, procure por moldes de almofadas de tecido e moldes para lençol com elástico, ok?
    Obrigada por me visitar mais um vez., bjos. Sucesso.

    ResponderExcluir

Antes de comentar, saiba que:

- Antes de serem publicados, os comentários necessitam de aprovação. Ou seja, seu comentário não aparecerá na hora em que você o postou (geralmente, são aprovados em menos de 24h);
- Conteúdo ofensivo, propagandas, e propostas de parceria não serão aceitos nos comentários. No caso de interesse em parceria, entre em contato pelo meu e-mail melitaluzia@hotmail.com

LIBERDADE DE EXPRESSÃO - Também é importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Nos referidos textos constitucionais, lê-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX).
A maioria das imagens deste blog foram encontradas na internet, portanto, sao públicas. Mas, se, porventura, alguém reconhecer como sua propriedade, favor entrar em contato comigo para que sejam dados os devidos créditos ou que seja retirado o conteúdo. Obrigada.

.