Seja bem vindo ao blog "SAÍDA DE EMERGÊNCIA". Este é um blog todo produzido para ajudar a você que decidiu trabalhar em casa. Espero que encontre aqui a ideia que está buscando. Conte comigo. Um abraço da Mell.

CONHEÇA MINHA HISTÓRIA E PORQUE CRIEI ESTE BLOG PARA AJUDAR AS PESSOAS

Meu nome é Melita, mas muitos me conhecem como Mell Santos. Quero muito que você conheça um pouco da minha história de vida, como me tornei uma mulher empreendedora e porque decidi criar um blog para ajudar as pessoas a vencer na vida . Sou mineira, hoje tenho 54 anos, sou dona de casa, divorciada, microempresária e tenho dois filhos que são a minha alegria de viver. Sempre gostei de escrever, mas em 2009 resolvi criar este blog com o objetivo de encontrar e ajudar outras mulheres com histórias parecidas com a minha. Tendo como base a minha experiência de vida, mostro em várias postagens que precisei sozinha, aprender a ganhar dinheiro em casa. A idade e a experiência (mesmo tendo) não colaboraram para que eu conseguisse um emprego fixo, e pensão alimentícia (quando havia) mal dava para os alimentos. Enfim, eu não sou ex-mulher de nenhum jogador de futebol famoso, mas a verdade é que fiquei sozinha com dois filhos pequenos e sem dinheiro. Não foi uma história fácil de ser vivida e só quem passou por isso é que sabe como é doloroso. Assim, me tornei por muito tempo uma "pãe" (pai e mãe), e além de cuidar deles, teria que trabalhar. Sem solução e sem a ajuda de ninguém, por quinze anos me desdobrei para criar, educar e ajudar no sustento dos dois homens da minha vida. O que você faria se tivesse que viver uma situação dessas, viver "tempos de vacas magras"? O que você faria se precisasse trabalhar e não pudesse sair de casa? Enfrentei o abandono de quem eu julgava serem meus amigos, tive momentos de desespero por causa de dívidas e despreparo financeiro, sofri momentos angustiantes e uma depressão muito forte, mas consegui, mesmo com muito sofrimento dar a volta por cima, trabalhando sempre...dentro de casa. Teve que haver uma saída para mim, e eu lhe digo que para você que enfrenta uma situação parecida, também há. Por isso, dei ao blog o título de "SAÍDA DE EMERGÊNCIA" porque tive que descobrir que meu sustento tinha que sair de dentro da minha casa pois além de trabalhar, eu precisava cuidar dos meus meninos, não tinha com quem deixá-los e nem condições para pagar alguém que cuidasse deles para mim. Assim, descobri várias "saídas" para fugir do desespero. Não, não fiquei rica! E nem quero. Sei muito bem que dinheiro ajuda, mas ele pode trazer também muita infelicidade. O dinheiro compra a cama, mas não paga o sono. Desde então, faço de tudo um pouco e nunca fiquei parada. Como o emprego fixo era bem difícil de se conseguir, criei os meus "bicos" até me tornar dona do meu próprio negócio. Por muito tempo o que eu ganhava podia até ser pouco, mas era um dinheiro justo e dava para nós três. Aprendi também a administrar. Ganhei meu dinheiro honestamente e o melhor, dentro da minha casa, tudo formalizado e assim pude cuidar e criar melhor os meus (agora) rapazes! Depois destes anos todos cuidando deles sozinha e sempre trabalhando, agora estamos na fase do quadro se inverter e meus filhos passando a ser responsáveis pela maior parte das nossas despesas, mas assim mesmo continuo ajudando com meu negócio próprio. Hoje, sou uma instrutora de gelados comestíveis e de culinária, consultora de pequenos negócios domésticos e dou cursos pela internet, Meus cursos são reconhecidamente aprovados e já levei muitas pessoas a vencer como eu. Já não ganho apenas uma "renda extra", eu sou uma microempresária de sucesso. E é isso que eu quero para você também. Portanto, as dicas deste blog não tem a finalidade de mostrar que uma pessoa pode ganhar "rios" de dinheiro da noite para o dia, mas, elas podem funcionar como "Saída de Emergência" num momento difícil. No desespero, muitas vezes não conseguimos ver que bem diante de nossos olhos, ou melhor, dentro da nossa casa está a solução, e por isso, vou tentar mostrar que existem grandes oportunidades para trabalhar assim, muitas vezes com pouco ou quase nenhum capital, podendo até mesmo, um dia, estas atividades se tornarem o sustento da sua família. Espero que todo o conteúdo do blog seja de grande utilidade para vocês.

(Acompanhe no final da página - Mudanças no meu Perfil. De acordo com as datas de postagem do blog, vocês verão como fui trabalhando e nos sustentando.
 
É proibida a reprodução total ou em partes de imagens e artigos deste blog em outros blogs, sites ou páginas do Facebook e outras redes sociais sem os créditos devidos ou sem autorização da autora do blog. (Cópias sem créditos caracterizam Plágio. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais)

Uma apostila de sorvete ia cair bem nesse calorão...

E aí gentem? Tudo bem? Calor dimaisdaconta né não? Pois é, tava lá no facebook agora e postei essa imagem com estes dizeres engraçados, aí embaixo. Fez tanto sucesso que resolvi trazer prá cá. Olha só!

  Eu podia tá roubando, matando ou me prostituindo, mas tô aqui oferecendo minhas apostilas honestamente, gente! kkkkkkkkkkkkkkkkk


 

Me ajudaí! Clica no link e saibam como fazer para aprender a fabricar o sorvete mais gostoso do mundo!!!!!
Preços promocionais. Esta é a sua chance!!!!

Se você deseja adquirir uma das minhas APOSTILAS DE FABRICAÇÃO DE SORVETE ARTESANAIS, clique no link abaixo:

http://saidaadeemergencia.blogspot.com.br/2013/08/adquira-aqui-sua-apostila-digital-de.html

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Hoje eu vi Deus...

"Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que procede da boca de Deus." (Mateus 4:4)

"Ensina a criança no caminho em que deve andar, e até quando for velho não se desviará dele" (Provérbios 22:6)

 Sabe, gente, eu gosto de dar testemunhos das coisas que me acontecem, mas deixo claro aqui que eu não faço nada para aparecer. A postagem não tem nada a ver com o propósito do blog, mas eu quero compartilhar essa experiência de hoje que prá mim foi muito emocionante. Quero que vocês vejam DEUS e que a minha imagem desapareça, ok? Vi uma cena tão linda agora mesmo...tô assim meio encantada que até resolvi postar. Estava saindo para ir à padaria comprar alguns ingredientes para fazer um cachorro quente, prá mim e pros meus filhos, embora eles estejam lá com o pai deles hoje. Mas chegaram aqui em casa duas crianças querendo comprar um geladinho e eu disse que estava saindo, e falei: Vamos ali comigo primeiro?
No caminho perguntei: "mas vai comprar só um geladinho, só prá sua irmã?", e o menino respondeu: "é porque eu vou comprar um cheeseburguer e o meu dinheiro só dá prá um, então dei R$ 0,75 prá ela"...
O meu coração cortou e pensei...e agora, o que eu faço? Eu tinha saído com pouco dinheiro...
Fui na padaria com a menina, enquanto o menino foi na lanchonete comprar o seu sanduíche. Comprei o que tinha que comprar e voltamos prá minha casa. Dei à menina o geladinho, peguei mais alguns e coloquei numa sacolinha e dei para eles, e falei: "Olha, vai lá na sua casa e fala pro seu pai que vocês vão no supermercado comigo, e voltem, ok?"
Eles até demoraram a voltar e eu pensei que o pai não tivesse deixado, mas voltaram. E aí fomos no supermercado, eu comprei mais pães, mais salsicha, catchup, maionese, milho, batata palha e refrigerante. E disse prá eles: Eu não sabia que vocês queriam cheesburguer, mas eu já tinha comprado as coisinhas pro cachorro quente. Da próxima vez nós vamos fazer cheesebacon...

Mandei o menino na frente, levar o pão e os complementos do sanduíche e o refrigerante prá gelar, enquanto eu e a menininha fomos prá cozinha preparar o molho. Em poucos minutos, o menino voltou. Quando tudo ficou pronto, eu disse: "E agora, como vocês vão levar essa panela quente? Ah, tá bom, eu vou e levo com vocês, né?"
E lá fui eu com duas crianças pela rua afora com uma panela de cachorro quente, e bem quente...Esta foi a primeira vez que fui na casa deles. E quando cheguei vi uma das cenas mais lindas da minha vida...acho que foi Deus que me mandou ali hoje. Me deparei com uma casa simples, mas tão limpinha, toda encerada, tudo no seu devido lugar e o pai estava sentado no sofá com um dos filhos com a cabeça no seu colo e o outro filho deitado no outro sofá. A única coisa que eu consegui dizer, sorrindo, foi: "Oi, hoje eu vim visitar vocês! Posso entrar?" e o pai me disse: "Eu estava lendo a Bíblia agora e falando para eles isso que é a única coisa que eu posso te dizer, que Deus te recompense sete vezes mais o que você está fazendo...porque você está fazendo isso?" Eu já achei lindo aquela cena dele lendo a Bíblia para os filhos...e ainda me disse aquelas palavras! Eu vi Deus naquele momento e me senti tão feliz!. Apenas respondi: "por nada, me deu vontade, eu ia fazer prá mim e pros meus filhos e resolvi fazer prá vocês também.". Desci os degraus, dei ao pai a panela com o molho com salsicha, e dei tchau prá todo mundo, mas a minha vontade era ficar ali...mas fiquei sem graça.
Este homem cuida sozinho dos quatro filhos, tem uma história um pouco parecida com a minha e eu vejo a dedicação dele com estas crianças. Entendo muito bem como a situação deve ser difícil, ainda mais que andei conversando com a menininha e vi o quanto ela sente falta da mãe.

Eu não fui ali fazer nenhuma boa ação. Eu só senti que devia fazer e Deus me alegrou o coração quando vi aquele pai ensinando aos filhos a Palavra de Deus, coisa rara hoje em dia. Eu levei um pouco de pão material mas ele estava dando o mais importante: o pão espiritual. Talvez eles nem precisassem do lanche mas assim mesmo Deus quis me levar lá para que eu pudesse vê-lo no meio daquela família. Lembrei que um dia alguém chegou em minha casa quando eu não tinha nada para comer e foi Deus quem os enviou lá para nos alimentar, porque ninguém sabia, só Deus mesmo. E hoje talvez tenha sido o meu dia de ser a enviada, não só para abençoar, mas para ser abençoada com aquele momento que eu nunca mais esquecerei.
A partir de hoje estou incluindo aquele pai e os seus quatro filhos nas minhas orações e o que eu puder fazer para ajudá-los eu vou fazer. Obrigada, Deus, por me dar condições, mesmo não tendo muito, de ajudar as pessoas e de me permitir ver o Senhor onde talvez outros não vejam. Abençoa aquela família e a minha também...
Amém.

Bjos da Mell, amados. Obrigada por ler o meu testemunho da graça de Deus. 

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Ganhe dinheiro com rosquinhas.

Olá, meus amô! Gente, esta semana postei lá na minha página no Facebook, um vídeo de uma postagem antiga, mostrando "o rei da rosca", vcs já leram algo sobre ele? E eu falava que este homem ganha dinheiro dígnamente, e de uma forma super criativa, com as suas roscas. E estes bolinhos são tão fáceis de fazer, eu mesma faço aqui em casa de vez em quando prá gente como lanche e meus filhos adoram. Outro dia eu fiz e ainda incrementei cobrindo as rosquinhas com chocolate derretido e confeitos coloridos, ficaram até parecidos com os famosos donnut's americanos. A gente come até se fartar, pois é uma receitinha fácil e que rende muito (aliás, prá quem entende de cozinha, nem precisa de receita, né?). Como sempre, eu pensei em quem tá precisando de uma graninha e em como eu poderia ensinar a fazer as rosquinhas para vender. Pois, sem demora, quando fui fazer o nosso lanchinho, já fui preparando o Passo a Passo aqui procês, viu? E eis aqui essa delícia que usa pouquíssimos ingredientes e você pode vender a partir de R$ 1,00, dependendo da região. Faça, embale direitinho numa vasilha coberta (ou numa cestinha) e saia pela rua oferecendo aos vizinhos, aos parentes, aos amigos. Seria ideal ter as rosquinhas sempre frescas. Se desejar, pode embalar uma por uma também em papel filme. Que tal parar perto de um ponto de õnibus bem cedinho? Tem muita gente que nem toma café da manhã para ir trabalhar sabia? Tenha sempre uns saquinhos para embalar e uns guardanapos para seus fregueses comerem sossegados. Perto de hospitais e escolas também é uma boa. Ah, trabalhar na informalidade tem seus perigos, mas cá prá nós, quem não começa assim né? Faça uma tentativa, e se ver que deu certo o seu negócio, e não quer correr riscos, procure a Prefeitura Municipal e se informe sobre como você pode se formalizar sendo um Micro Empreendedor Individual, pois hoje todo ambulante pode ser um, ok?
Aí vc trabalha em segurança e não vai ter ninguém pegando no seu pé. Vou deixar aqui esta receitinha deliciosa prá vc testar. Vem prá cozinha comigo então...

Para fazer você vai precisar de:

2 xícaras de chá de farinha de trigo com fermento
(se não tiver, use 1 colher de sobremesa de fermento em pó)
1 ovo inteiro
1/2 xícara de chá açúcar
1/2 xícara de chá leite
um pitada de sal
Óleo para fritura

Cobertura - Chocolate ao leite ou meio amargo derretido para cobrir e confeitos granulados para enfeitar.
Rendimento - 15 rosquinhas pequenas

Modo de Fazer:

Misture todos os ingredientes juntos e amasse suavemente de maneira que não fique uma massa dura, mas que não grude nas mãos.
Polvilhe farinha de trigo sobre uma bancada e pegue porções de massa para fazer os rolinhos. Unte também as mãos com farinha para não grudar. Para o rolinho pegue uma quantidade que encha o centro da sua palma da mão, para fazer uma rosca pequena.
Clique na imagem para melhor visualização
Faça rolinhos de 10cm de comprimento. Una as duas pontas formando a rosquinha. Se desejar fazer maior, pode fazer também, só que renderá menos.
Clique na imagem para melhor visualização
                              
Unte um tabuleiro com farinha de trigo e vá acondicionando as rosquinhas.
Clique na imagem para melhor visualização
Quando todas estiverem prontas, acenda o fogo para esquentar o óleo para fritar. Quando estiver bem quente, coloque no máximo quatro roscas. Vire, termine de fritar e coloque sobre papel absorvente. Se o óleo esquentar muito, abaixe o fogo e continue fritando, para não correr o risco de ficar cru por dentro.
Clique na imagem para melhor visualização
Depois de frias, se desejar, cubra as rosquinhas com o chocolate derretido e salpique confeitos coloridos ou chocolate granulado sobre elas, prá dar um "tcham". As crianças, principalmente, adoram. O colorido chama a atenção delas. Lembre-se que as pessoas comem com os olhos, rsrsrsrs

Com a mesma massa e mais um pouco de leite, você pode também fazer bolinhos de chuva. Como a massa fica mole é só fritar às colheradas e depois passar por açúcar e canela. Hummmmmm........que delícia, heim?

Clique na imagem para melhor visualização
                                
Faz aí primeiro prá sua família e vê se eles aprovam. Mas eu garanto que é uma delícia e que vende, tá bem? Fica esperto, com uma dica dessa e vc aí precisando ganhar dinheiro, heim? Perde tempo não...quem sabe vc não vira um forte concorrente do "homem da rosca"? Bjos no coração, amores !

A postagem sobre o "Rei da Rosca" que falei no início é esta http://saidaadeemergencia.blogspot.com.br/2009/11/o-rei-da-rosca.html
Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Não deixe a oportunidade passar despercebida...

Um breve recadinho meu prá você, meu leitor que está aflito por causa das dificuldades que tem passado:

É bom lembrar que sempre haverá uma oportunidade, mas muitas vezes deixamos que ela passe por nós despercebida.  Se você tem o coração ansioso agora, talvez não consiga vê-la se aproximando... Então leia isso:

"A oportunidade é como um cometa. Pode aparecer apenas uma vez na vida.
Abra bem os olhos, esteja atento a tudo, não se acomode. A oportunidade pode estar bem aí, ao seu lado, e você tem de estar preparado para agarrá-la. Tenha sempre a mente pronta, aberta, não só para aproveitar uma oportunidade, mas para criá-la. Acorda! Para as coisas acontecerem, depende só de você." (Anônimo)

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

"Dia do Sorveteiro" - Parabéns meus colegas de trabalho!

Hoje, dia 23 de setembro é comemorado o DIA DO SORVETEIRO (portanto, dia do sorvete também) e eu parabenizo aqui a todos os meus alunos espalhados por este Brasil afora que estão fabricando e ganhando seu dinheirinho HONESTAMENTE, produzindo sorvete de qualidade. A todos vcs eu desejo SUCESSO sempre e podem continuar contando comigo e com toda a minha consultoria.

Aqui, uma foto de anos atrás quando eu comecei, na SORVETERIA e LANCHONETE APRISCO 1. E depois veio a SORVETERIA e LANCHONETE APRISCO 2, que hoje tem outro nome. Aliás, o sorvete considerado o melhor da cidade, começou nas minhas mãos, dentro de um cômodo pequeno na minha casa, onde vendi sorvetes e picolés pela janela do meu quarto por um ano e meio. Claro que não foi só eu, mas a ideia de fazer sorvetes partiu de mim que já fazia geladinhos (chup-chup) e meu ex-marido teve a percepção de que seria um negócio vantajoso e investiu nisso. Trabalhamos pesado, nós dois, até alugarmos a primeira loja, a segunda depois e arrebentar nas vendas. Por isso, afirmo que a honra de ter começado tudo eu não divido com quem não me ajudou e nem admito que me roubem o rótulo.
Quem conhece a minha história sabe que é verdade o que eu digo. Esta história teve início em 1996 dentro da casa onde moro hoje. Não tenho o mínimo de medo de que queiram me prejudicar por eu estar falando isso hoje, tanto aqui no blog, quanto no facebook porque Deus sabe que esta é a verdadeira história e também não quero prejudicar ninguém. Não importa se o negócio cresceu MAIS depois de mim, mas não posso negar que ele cresceu comigo também. Para mim, o que importa é ONDE e COMO nasceu este negócio: das minhas mãos, através de geladinhos e depois dos sorvetes e picolés. Meu ex-marido, junto comigo começou tudo aqui. Não posso negar nem esconder isso, seria desvalorizar todo o trabalho que eu fiz. E eu acho que eu mereço ser lembrada, tanto quanto ele. Ninguém esquece o início de tudo, e comigo não vai ser diferente.

Agradeço a Deus por tudo. Por ser parte importante na criação deste negócio em Santa Luzia, e também agradeço por ter perdido tudo também, pois entendo os planos dEle para minha vida. Na vida, há perdas que geram lucros. Se eu não tivesse perdido, hoje não estaria dando capacitação a centenas de pessoas no Brasil através dos meus cursos apostilados e do meu blog. Hoje, já não fabrico em grande escala, não tenho fábrica e nem lojas, mas sou INSTRUTORA e CONSULTORA ensinando a todos que desejam aprender este ofício. Continuo à disposição de todos os leitores que se interessarem. É só clicar no banner das apostilas, na coluna direita do blog. 
Por isso, obrigada meu Deus por tudo, pelo Seu amor por mim, por me capacitar e por ser Justo e Fiel comigo.
Parabéns amigos sorveteiros. Façam história com o seu negócio também. Que Deus abençoe o trabalho de nossas mãos.

Observação - Quero esclarecer aqui que o meu depoimento nesta postagem não tem nada ofensivo a ninguém, principalmente ao meu ex-marido que batalhou junto comigo para começar este negócio que ele deu continuidade. Oro para que Deus o abençoe abundantemente pois ele é um homem muito batalhador e merece estar onde está hoje. Mas, de maneira nenhuma eu posso negar a minha grande participação no início do que ele tem hoje. Esta é a minha história com o sorvete e jamais ela será apagada.




 PARA COMPRAR MINHAS APOSTILAS DE SORVETE - CLIQUE NO BANNER NO ALTO DO BLOG

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Somos eternos aprendizes

Caiu? Doeu? Machucou? Agora levanta e mostra pro mundo que você aprendeu...
 Olá, pessoas queridas! Enquanto eu lavava roupas ontem (é...eu sou igual a você dona de casa) comecei a lembrar dos momentos de dificuldades que passei na vida e constatei como estou bem agora em relação àquela época. Foi uma fase terrível, quando eu não podia comprar do arroz que eu queria, não podia comprar roupas, nem para meus filhos nem para mim, e outras coisas necessárias. A minha maior preocupação era a alimentação. Me lembrei das minhas "invenções" e substituições na cozinha para ter o que comer. Até bolo com chá eu tive que fazer pq não podia usar o leite dos meus filhos. Coisas que muita gente não sabe que eu precisava fazer... Sabe, gente, sei que muitos de vocês estão passando por dificuldades financeiras, estão devendo até a alma, saem na rua e pensam que está todo mundo olhando para vocês e sabendo que é devedor. É horrível. Comentei outro dia com uma colega que está endividada que até mesmo hoje, tanto tempo depois (graças a Deus isso "non ecsiste" mais), ainda estremeço quando o telefone toca ou estacionam um carro na minha porta. Ficou um certo trauma por causa da situação que vivi, por não saber administrar o dinheiro que eu tinha, nem o de casa, muito menos do meu negócio. Questão de despreparo na vida. Isso é um mal de muitas esposas que deixam tudo nas mãos dos maridos e quando se veem sozinhas, como eu fiquei, não sabem como agir. Hoje eu entendo que precisei passar por aquilo. Questionei a Deus por que Ele estava permitindo essa prova tão difícil sobre mim e sobretudo sobre meus filhos pequenos, e até acho que eu não merecia mesmo, muito menos eles, pois fui jogada naquela situação, não foi uma escolha minha. Mas entendo hoje que os planos de Deus são perfeitos e realmente foi preciso para que eu aprendesse a administrar o pouco que eu tenho. Eu aprendi a lição. O que acontece hoje, é que eu posso ajudar outras pessoas orientando, e também financeiramente, por incrível que pareça. Não é bom? Mas uma coisa faço: não só ajudo. Eu ensino, porque não quero e nem devo dar o peixe, eu quero que vocês aprendam a pescar, certo? Infelizmente, nem todos fazem uso do que eu procuro ensinar e outros querem tudo mastigadinho. A vida foi muito dura comigo, mas eu aprendi e me ergui. Recomecei e vou aprendendo todo dia, porque no meio de tudo eu busco SABEDORIA antes de agir. Talvez alguém entenda que eu sou dura, mas não...não podemos dar moleza para ninguém, pois precisamos sobreviver neste mundo tenebroso e não podemos esperar que os outros nos ajudem. Os outros também tem problemas prá resolver... E quando alguém quer, esse alguém se levanta do lugar e faz por onde conseguir o que se pretende. Basta se esforçar um pouquinho. Meu blog não traz só ideias para você trabalhar em casa, traz bastante da minha vida e se você tirar um tempinho vai conseguir aprender com as minhas experiências, afinal, tudo que eu faço para gerar renda, eu ensino aqui. Eu quero ser um exemplo para você, só isso. Não sou melhor do que ninguém, sou como você, não sou rica, continuo dona de casa, e te convido a aprender junto comigo, ok? Eu ensino, mas tenho muito a aprender também.. Não esqueçam de uma coisa: nós somos eternos aprendizes. Vamos juntos para esta batalha, afinal, somos guerreiros e vamos sair vitoriosos. Um grande beijo da Mell. Que a semana que se inicia seja mais do que abençoada para todos nós.

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Aprendam com minha amiga Cecília Gonçalves

Oi, meu povo empreendedor. E aí, como vão as coisas? Hoje eu quero mostrar um pouco de uma amiga recente, mas que muito me impressionou com suas habilidades e o seu jeitinho de ganhar dinheiro. Tenho certeza que vcs também vão gostar e aprender nuito com ela. Leiam isto:
 
 "Meu nome é Cecília, tenho 32 anos, sou casada e mãe de duas lindas meninas. Atualmente não trabalho fora, sou mãe 24hrs. Meu encontro com o artesanato foi um pouco diferente das outras artesãs que na maioria das vezes tem a vó ou a mãe que já faz artesanato e essa arte é passada de mãe para filha. Fui descobrindo aos poucos, por curiosidade mesmo. Tudo começou quando eu trabalhava numa joalheria e me encantava ao ver aqueles colares, brincos e pulseiras e comecei a me interessar em como eram feitos. Fiz um curso básico de bijouterias e comecei a dar meus primeiros passos. Vendia entre as amigas, no máximo para as amigas das amigas. Minha mãe cuidava da minha primeira filha para que eu pudesse trabalhar, mas com o passar do tempo e problemas de saúde, ela não pôde mais fazer isso. Então, veio a decisão: deixar o emprego para cuidar da minha filha. Meu marido então, tomou as rédeas da casa, mas não conseguia muita coisa além de pagar as contas. Eu fazia bijouterias, vendia algumas, mas era muito difícil manter o capital de giro. Eu acabava de vender e já ía suprir as necessidades da casa. Após alguns anos, engravidei novamente, ainda sem trabalhar, mas já tinha alguma experiência em artesanato. Sempre busquei aprender, mesmo não podendo pagar cursos. Me mantinha atualizada através da internet, em pesquisas no google, novelas, folder´s de joalherias, enfim, todas as tendências. Tudo era inspiração para mim.
Quando minha segunda filha nasceu, deixei o artesanato um pouco de lado, para cuidar dela em tempo integral, e quando ela já estava mais crescidinha, comecei a me interessar por faixas, tiaras, flores de tecido e fuxicos. Fui atrás para saber como fazia. Minha mãe me deu a antiga máquina de costura dela e me mostrou alguns pontos e como costurar em linha reta. Aí comecei a fazer tiaras encapadas, de tecido, flores de fuxico, flores de fita de cetim, flores de feltro... E sempre procurando coisas novas, re-inventar o que já existia. Vendia para amigas que tinham bebês, meninas pequenas e mocinhas. Era um sucesso! Mas eu ainda tinha dificuldades com o tal "capital de giro"... não conseguia investir de novo...
Fiz uma lojinha virtual, mas as vendas estão vindo pouco a pouco. Vejam aqui só um pouquinho do que eu faço e vendo.
Continuo fazendo flores, sempre procurando novidades, tecidos novos, mas faço de tudo um pouco: lembrancinhas de EVA para maternidade, aniversário, enfeites para festas... Vira e mexe alguém me pede uns acessórios de cabelo, e lá vou eu inventar coisas novas... Tenho aprendido todos os dias a fazer contas do que gasto, do que lucro, do que sobra para investir novamente... Não é fácil, é com esforço, mas calculando-se bem, conseguimos fazer a roda de investimento girar. Hoje também vendo livros cristãos, ainda não perdi totalmente a timidez, mas é aos poucos que acontece... O que não posso é desistir. Sinto que minha mente sempre tem que estar ativa, não consigo parar nunca. Hoje, acredito que já aprendi muitas coisas, mas ainda tenho muito a aprender. Vibro a cada nova venda, fico muito feliz quando minhas clientes também ficam com o que eu posso oferecer. Acima de tudo, temos que ter dedicação, amor e carinho no que fazemos, porque o resto, Deus nos abençoa!"

Quem quiser conhecer os produtos da Cecília, é só acessar o blog dela. Lá vcs vão encontrar muitos Passo a Passos, pois ela tem o coração muito generoso. Tem também a lojinha virtual dela e a página no Facebook. Os endereços são:
Página no Facebook - 

Tchau, gentem. Obrigada pela visitinha. Um grande beijo cheio de carinho, bem no coração.

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Fechei as portas! Calma, não é isso que vc tá pensando...


 Oiê, meus queridinhos! Atrasada como sempre, mas eu nem tenho mais que dar desculpas, né? Afinal, vida de empresária do lar (e de sucesso) é assim mesmo. Ô saudade do tempo em que eu podia postar todo dia, mas o bom nisso tudo é que as coisas deram certo prá mim, né mesmo, e nem por isso eu abandono meu bloguinho e meus leitores amados. Então, quanto a essa coisa de "tudo deu certo prá mim", é que eu quero falar. Meu filho Irving (o mais novo) às vezes reclama que eu não tenho mais tempo prá ele e pro Isaac, e diz  "mãe, ou você trabalha com roupas ou você trabalha com essas outras coisas que vc inventa!". É assim mesmo, hoje eles reclamam, mas a minha resposta é que agora é a minha hora, e que eles tem que levantar as mãos pros céus e agradecer, porque se eu não vendo roupa, o dinheiro das outras coisas é certo, né verdade? E emendo dizendo que agradeçam também por que as coisas que a minha mente empreendedora inventa, felizmente dão certo. Eu não deixei de dar amor pros meus filhos, mas agora eles já estão crescidos e já sabem se virar, e não precisam de mim o tempo todo. Eu os eduquei sabendo fazer tudo, nem fome eles vão passar. A única coisa que eu ainda não consegui enfiar na cabeça deles é que eu gostaria que eles aprendessem a administrar como eu aprendi. Gostaria que eles não só entrassem com o dinheiro, mas que acompanhassem onde o dinheiro vai. E outra coisa que percebo nos meus filhos é que eles vêem o meu dinheiro entrando, mas parecem que não "botam fé" no meu trabalho, cês tão me entendendo? Eles sabem que fico aqui na net hoooooooras a fio, trabalhando e vendendo minhas apostilas e ajudando outras pessoas. Estão vendo os frutos, mas não querem se meter. Quero crescer mais, tenho tudo para isso, mas não tenho quem me ajude, e acho que vou ter que descobrir as coisas sozinhas pq eles não me ajudam mesmo. Sei que não é só por não acreditar no meu potencial, pois realmente o tempo deles é curto. Ah, mas o negócio é o seguinte: meu brechó deu certo e todas as outras coisas que faço deram certo. Fato é que por causa disso, euzinha aqui que tenho uma loja montada, estou cá dentro de casa trabalhando com as portas fechadas. Fala sério, heim? Alguém entendeu alguma coisa? Pois é isso mesmo. Meu brechó tá lá fechado, mas eu continuo trabalhando e vendendo graças a Deus e a clientela que formei. E mesmo assim, dentro de casa, ainda chegam novas clientes pq o "boca a boca" continua. Então, gente, não é prá todo mundo fazer o que tô fazendo certo? Eu não consegui conciliar loja e meus outros ganhames. Ou eu fico lá na loja ou eu fico na cozinha fazendo cupcakes, geladinhos e alfajores, certo? Ah, e ainda tem as minhas apostilas que vendo na net e preparo outras. Prá falar a verdade, tem coisas que ainda nem dei conta de fazer, amigos...Então, decidi trabalhar do lado de dentro novamente e continuo fazendo tudo do mesmo jeito. Para chegar a esse ponto eu tive que ter certeza de que isso ia dar certo, por isso digo que não é todo mundo que pode fazer assim, ok? Fico muito feliz por ver que consigo ganhar meu dinheiro e ajudar no sustento da casa. Deus me deu uma mente empreendedora e eu só agradeço, pois hoje eu ganho meu dinheiro e ainda posso ajudar vocês. Portanto, se veio aqui atrás de algo e ainda não tem uma ideia para trabalhar em casa, que tal dar uma olhada nas categorias do meu blog? Tenho certeza de que vc vai encontrar alguma, e se não, pode me procurar no Facebook e conversar comigo, ok? Quero para vc o mesmo que eu consegui: VENCER! E pode ser que você vença também com suas portas fechadas. Deus estando na frente, ninguém impede. Nossa, falei demais e não falei tudo, mas tenho que parar por aqui senão ninguém lê, rsrsrsrs Um grande beijo da Mell.

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Todo filho precisa de uma mãe que ora...

Há muito tempo atrás, fiz um vídeo mostrando meus filhos aos meus leitores, mas por um problema no site ele tinha sido apagado. Agora que está perfeito novamente, quero compartilhá-lo, pois novos seguidores chegaram e quero que saibam o quanto eu admiro estes meninos, não por serem meus filhos, mas por serem tão guerreiros quanto eu no meio das situações difíceis que tivemos que atravessar na vida. É uma homenagem aos dois homens da minha vida: Isaac Daniel e Irving Estêvão, por serem o meu grande motivo de viver, depois do meu grandioso Deus. Como sou agradecida a Deus por vcs serem filhos obedientes, e que a cada dia demonstram grande amor tanto por mim quanto por seu pai, apesar das circunstâncias que nos afastaram. Vocês se mostraram grandes homens, nunca desistiram de lutar pelo amor do seu querido pai e isso é muito importante. Tenho certeza absoluta que ele tem muito orgulho de vocês pois ele pode ver que são mais do que vencedores, por isso lembrem-se sempre de colocar a Deus em primeiro lugar em suas vidas, pois assim sendo, todas, eu disse TODAS as outras coisas lhes serão acrescentadas. Deus é o nosso Provedor e Sustentador, e sem Ele nós não somos nada. Não se esqueçam jamais de partilhar com as pessoas do convívio de vocês, o grande amor de Deus, dando testemunho de tudo que Ele tem feito em nossas vidas desde que ficamos sozinhos. Nós jamais poderemos ficar calados diante de tudo que Deus fez no nosso meio. Continuem dando ao seu pai, sempre, o lugar reservado a ele nos seus corações, afinal ele é pai, e sempre será e merece respeito e admiração. Copiem dele e de mim os bons exemplos. Não importa as coisas que nos aconteceram, nem as lágrimas que derramamos, nem o que perdemos, porque nós sabemos que se Deus assim permitiu, foi porque Ele sabia que nós tínhamos condições de suportar e que todas as coisas iriam cooperar para o nosso bem. O resultado disso tudo é que saímos fortalecidos e somos muito melhores hoje. E eu sei que Deus tem o melhor preparado para vocês. O melhor: a restituição. Estarei sempre de joelhos diante do Pai pedindo a bênção sobre vocês, meus amores.

Um grande beijo no coração. Sua mãe e grande admiradora.  



Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Página nova do blog no Facebook - Dá uma curtida?

Olá, pessoas do meu core! Ô saudade que eu tô disso aqui, viu? Tempo prá postar, que é bom, eu não consegui ainda, mas cá estou, sempre apressada, mas estou né? Eu posso até mesmo demorar, mas uma hora eu apareço. Portanto, se vierem me visitar e não tiver postagem nova, revirem o blog de cabeça prá baixo, de trás prá frente, e vcs encontrarão o que procuram. O que não pode acontecer, é vcs chegarem aqui, não achar nada interessante e saírem insatisfeitos. Eu garanto que tem muita coisa boa publicada, é só tirar um tempinho e procurar.
Bem, há tempos atrás eu fiz uma página do blog no Facebook, postei lá várias matérias daqui, mas não dei conta. Por fim, acabei excluindo a página só por causa disso. Só que (graças a Deus!) o sucesso do blog continua grande, a coisa tá evoluindo e concluí que realmente é necessária a existência dessa página numa rede social. Ciente disso, o jeito foi recriar a página e tô aqui prá deixar o link prá vcs curtirem, ok? Chama os amigos, vizinhos e parentes, todo mundo prá conhecer, pelamordeDio! E principalmente quem tá precisando de uma grana urgente. Tenho certeza que vai ser sucesso, tanto quanto o blog é. O endereço do "Saída de Emergência" no Facebook é este:

Corre lá agora mesmo, curte, e não esquece de COMPARTILHAR, pois esta é a nossa palavra chave, né mesmo?
Prá aproveitar a postagem, vou deixar uma mensagenzinha aos que estão pensando em desistir...Faz isso não, gente! Confiem em si mesmos e nas suas habilidades. Nós nascemos para vencer. Se caiu, levanta e recomeça tudo de novo. 
"É aquela história, numa queda, do chão a gente não passa e a vantagem de se ter ido ao fundo do poço e saído de lá, é que agora já conhecemos o poço, o fundo e o caminho de volta. E depois disso o que vier é lucro, e lucro é para ser desfrutado, porque a vida pode ser muito boa, apesar dos poços, das fossas, dos enganos e dos buracos inevitáveis. A gente tem que aprender a cair, a levantar e a ir em frente, pois é tropeçando que a gente aprende, é persistindo que a gente alcança. Viver é isso, um ato de resistência. Felicidade é mérito de quem não desiste." (Andréa Beheregaray - Il.Mónica Carretero). 
Um bjo grande da Mell no seu coração. Amo vcs, guerreiros.










Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog
LIBERDADE DE EXPRESSÃO - Também é importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Nos referidos textos constitucionais, lê-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX).
A maioria das imagens deste blog foram encontradas na internet, portanto, sao públicas. Mas, se, porventura, alguém reconhecer como sua propriedade, favor entrar em contato comigo para que sejam dados os devidos créditos ou que seja retirado o conteúdo. Obrigada.

.

VOCÊ É O MEU VISITANTE DE NÚMERO