Seja bem vindo ao blog "SAÍDA DE EMERGÊNCIA". Este é um blog todo produzido para ajudar a você que decidiu trabalhar em casa. Espero que encontre aqui a ideia que está buscando. Conte comigo. Um abraço da Mell.

CONHEÇA MINHA HISTÓRIA E PORQUE CRIEI ESTE BLOG PARA AJUDAR AS PESSOAS

Meu nome é Melita, mas muitos me conhecem como Mell Santos. Quero muito que você conheça um pouco da minha história de vida, como me tornei uma mulher empreendedora e porque decidi criar um blog para ajudar as pessoas a vencer na vida . Sou mineira, hoje tenho 54 anos, sou dona de casa, divorciada, microempresária e tenho dois filhos que são a minha alegria de viver. Sempre gostei de escrever, mas em 2009 resolvi criar este blog com o objetivo de encontrar e ajudar outras mulheres com histórias parecidas com a minha. Tendo como base a minha experiência de vida, mostro em várias postagens que precisei sozinha, aprender a ganhar dinheiro em casa. A idade e a experiência (mesmo tendo) não colaboraram para que eu conseguisse um emprego fixo, e pensão alimentícia (quando havia) mal dava para os alimentos. Enfim, eu não sou ex-mulher de nenhum jogador de futebol famoso, mas a verdade é que fiquei sozinha com dois filhos pequenos e sem dinheiro. Não foi uma história fácil de ser vivida e só quem passou por isso é que sabe como é doloroso. Assim, me tornei por muito tempo uma "pãe" (pai e mãe), e além de cuidar deles, teria que trabalhar. Sem solução e sem a ajuda de ninguém, por quinze anos me desdobrei para criar, educar e ajudar no sustento dos dois homens da minha vida. O que você faria se tivesse que viver uma situação dessas, viver "tempos de vacas magras"? O que você faria se precisasse trabalhar e não pudesse sair de casa? Enfrentei o abandono de quem eu julgava serem meus amigos, tive momentos de desespero por causa de dívidas e despreparo financeiro, sofri momentos angustiantes e uma depressão muito forte, mas consegui, mesmo com muito sofrimento dar a volta por cima, trabalhando sempre...dentro de casa. Teve que haver uma saída para mim, e eu lhe digo que para você que enfrenta uma situação parecida, também há. Por isso, dei ao blog o título de "SAÍDA DE EMERGÊNCIA" porque tive que descobrir que meu sustento tinha que sair de dentro da minha casa pois além de trabalhar, eu precisava cuidar dos meus meninos, não tinha com quem deixá-los e nem condições para pagar alguém que cuidasse deles para mim. Assim, descobri várias "saídas" para fugir do desespero. Não, não fiquei rica! E nem quero. Sei muito bem que dinheiro ajuda, mas ele pode trazer também muita infelicidade. O dinheiro compra a cama, mas não paga o sono. Desde então, faço de tudo um pouco e nunca fiquei parada. Como o emprego fixo era bem difícil de se conseguir, criei os meus "bicos" até me tornar dona do meu próprio negócio. Por muito tempo o que eu ganhava podia até ser pouco, mas era um dinheiro justo e dava para nós três. Aprendi também a administrar. Ganhei meu dinheiro honestamente e o melhor, dentro da minha casa, tudo formalizado e assim pude cuidar e criar melhor os meus (agora) rapazes! Depois destes anos todos cuidando deles sozinha e sempre trabalhando, agora estamos na fase do quadro se inverter e meus filhos passando a ser responsáveis pela maior parte das nossas despesas, mas assim mesmo continuo ajudando com meu negócio próprio. Hoje, sou uma instrutora de gelados comestíveis e de culinária, consultora de pequenos negócios domésticos e dou cursos pela internet, Meus cursos são reconhecidamente aprovados e já levei muitas pessoas a vencer como eu. Já não ganho apenas uma "renda extra", eu sou uma microempresária de sucesso. E é isso que eu quero para você também. Portanto, as dicas deste blog não tem a finalidade de mostrar que uma pessoa pode ganhar "rios" de dinheiro da noite para o dia, mas, elas podem funcionar como "Saída de Emergência" num momento difícil. No desespero, muitas vezes não conseguimos ver que bem diante de nossos olhos, ou melhor, dentro da nossa casa está a solução, e por isso, vou tentar mostrar que existem grandes oportunidades para trabalhar assim, muitas vezes com pouco ou quase nenhum capital, podendo até mesmo, um dia, estas atividades se tornarem o sustento da sua família. Espero que todo o conteúdo do blog seja de grande utilidade para vocês.

(Acompanhe no final da página - Mudanças no meu Perfil. De acordo com as datas de postagem do blog, vocês verão como fui trabalhando e nos sustentando.
 
É proibida a reprodução total ou em partes de imagens e artigos deste blog em outros blogs, sites ou páginas do Facebook e outras redes sociais sem os créditos devidos ou sem autorização da autora do blog. (Cópias sem créditos caracterizam Plágio. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais)

Faça & Venda - FALSO ALFAJOR (Pirulito de Biscoito)

PLÁGIO É CRIME - Copiar fotos ou artigos é ilegal. É proibida a reprodução total ou em partes de artigos deste blog sem a minha autorização por escrito, mesmo citando os links. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 sobre os Direitos Autorais.
Oi, pessoas queridas! Vou deixar aqui uma dica para vc que está aí procurando algo para ganhar dinheiro. Estou falando daquele pirulito de biscoito, que eu chamo de Falso Alfajor. O desta foto de abertura do post é da Nestlé Professional, mas serve para você se inspirar, ok? Abaixo, tem um passo a passo que fiz do jeito que faço aqui em casa para vender, é super fácil de fazer. O alfajor tradicional é feito com massa crocante e é um sucesso lá na Argentina, mas nós somos brasileiros e temos o famoso "jeitinho" de fazer uma coisa parecida, e tão gostosa quanto o deles, né? Gente, mas o negócio é gostoso mesmo e todo mundo gosta! É barato de fazer e tem uma boa saída. Então vamos lá? Claro que fiz um passo a passo, né?  É meio uma repostagem, mas serve para vc que nunca imaginou como se faz. Bora aprender então.

INGREDIENTES DO FALSO ALFAJOR DA MELL

Vamos precisar de:
1 pacote de biscoito Maria (ou Maizena para fazer de outro formato)
Doce de Leite Pastoso

300 gramas de cobertura de chocolate TOP fracionada 
(ao leite ou meio amargo
Confeitos granulados

Palitos de picolé
Saquinhos de Celofane
Fitilhos para amarrar

MODO DE PREPARO
Pegue o biscoito e coloque uma colher de sobremesa de doce de leite. Apoie sobre o doce, um palito de picolé de maneira que afunde um pouco, com cuidado para não quebrar o biscoito. Ponha um outro biscoito por cima do doce, formando um sanduíche. Preencha os lados, onde estiver vago, com mais doce e alise com uma faquinha ao redor do alfajor. Deixe bem lisinho.
Derreta o chocolate em banho-maria e jogue uma colherada sobre um dos lados do biscoito e nas laterais. Não precisa ser muito chocolate, é apenas para cobrir mesmo. Não vai precisar de outra camada. Com o chocolate ainda mole, passe no confeito granulado. Eu enfeito apenas de uma lado, mas fica a seu critério se quiser fazer diferente, só ficará mais caro.
Coloque os pirulitos para secar com o lado banhado e confeitado para cima. Faça isso com todos e depois leve à geladeira por uns 5 minutos para secar por completo. Depois deste tempo, já secos, pegue cada um e passe uma colherada de chocolate derretido no outro lado. Se quiser, pode enfeitar também. Desta vez, coloque o lado enfeitado e que já está seco, para baixo, e volte à geladeira para secar novamente.
Coloque os pirulitos em saquinhos plásticos e amarre com fitilhos coloridos. Que delícia! Hummmmmm.......
Esta delícia dá dinheiro. Faça aí prá vender, vai ser um sucesso prá meninada e uma ótima ideia prá vender o ano inteiro, independente da estação. Mas capricha, faça um produto bem apresentável porque as pessoas "comem com os olhos" e o cliente merece algo bem feito, né? Você gostaria de comprar um produto mal feito? Pois é, então capricha mesmo. Um grande beijo prá todos, espero que tenham gostado da ideia lucrativa.

Visite meu site COZINHA LUCRATIVA
Um lugar cheinho de cursos digitais de baixo custo para ajudar
a vc que decidiu ter o seu negócio em casa.
Clique abaixo para conhecer ou adquirir:
www.cozinhalucrativa.com.br

Marcas que o tempo deixa em nós...

PLÁGIO É CRIME - Copiar fotos ou artigos é ilegal. É proibida a reprodução total ou em partes de artigos deste blog sem a minha autorização por escrito, mesmo citando os links. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 sobre os Direitos Autorais. 
Olá amores. Há tempos que meu blog deixou de ser um cantinho onde eu contava muita coisa da minha vida né? Passei a postar nele mais dicas para trabalhar em casa e os acontecimentos da minha vida que serviam tanto de estímulo para outras pessoas prosseguirem, que serviam de edificação e que sempre fiz questão de dividir, foram ficando esquecidos. Em 2015 aconteceu muita coisa que eu poderia ter compartilhado, mas os negócios e a falta de tempo para postar me impediram de dividir tudo isso com vcs. Graças a Deus foi mesmo por falta de tempo, o fato de trabalhar muito me deixa cansada e quando chegava a hora de postar, me batia o sono e eu apagava. Só gente que trabalha na internet é que sabe do que tô falando, pq não é fácil ficar "garrada" aqui tentando ganhar o pão de cada dia. Vcs tem um salário, e eu preciso fazer o meu pq as contas não param de chegar, mas esta foi a minha escolha né? Deu certo e um dia espero ensinar isso a vcs também. Bem, este ano tive muitas vitórias e conquistas, sofri algumas perdas, passei por grandes dificuldades, mas sempre senti o amparo de Deus na minha vida, sempre me levantando se eu intentava desanimar. Mesmo com o blog parado, só postando esporadicamente quando me sobra tempo, continuo recebendo comentários e pedidos de ajuda e orientação, e sempre ajudei a vcs de boa vontade com bastante motivação principalmente. Tem muitos blogueiros por aí que não respondem mesmo, e eu zelo por isso. Vou tentar reatar isso aqui no blog novamente, o compartilhamento de minhas experiências de vida.
Hoje é dia de natal, o primeiro sem meu pai que faleceu há 12 dias, um homem tão empreendedor quanto nós. Hoje passei quase que sozinha e me bateu um vazio, uma saudade, vi o quanto continuo sozinha ainda. E quanto estamos sozinhos, dá tempo de pensar um montão de coisas né? Então resolvi vir aqui no blog falar um pouco de mim.
Achei essa foto e lembrei que muita gente não gosta de publicar as suas. Eu sempre gostei de registrar a vida em fotos e a minha imagem passou a ser também sinônimo de credibilidade para vcs pq mesmo que eu tenha me chateado algumas vezes por causa de fotos minhas que postei, no Facebook por exemplo, não posso negar que foram elas as responsáveis por vcs reconhecerem que eu sou real, não sou personagem, eu existo mesmo e interajo com vocês. 
Eu nem precisava falar que preciso aparecer, né? Se eu sou blogueira, vivo de blog, então tenho que necessariamente aparecer mesmo. Eu sou a vitrine dos produtos que passei a vender, eu faço, eu ensino, eu formo alguns profissionais empreendedores domésticos, mesmo que em casa. Mostro a cara, não uso photoshop, só faço alguma edição de vez em quando prá clarear ou escurecer um pouco a imagem, mas nunca tirar a originalidade. Às vezes procuro meu melhor ângulo, só isso...
Tem gente que tem medo de se mostrar, mas eu vejo por outro lado, a minha auto estima está lá em cima. Me lembro do tempo em que ela tava no chão assim como muitas de vcs que me seguem e me contam como estão se sentindo. Sim, já estive assim e me achava um lixo. Não sou uma princesa, mas também não acho que não tenho nenhum valor, claro que eu tenho! Não registro minha imagem prá mostrar beleza, pq nem tenho tanto exteriormente, nem sou tão mocinha mais, sou é cinquentinha (já vou prá 5.4 em fevereiro)  com muito prazer e trazendo bastante bagagem. Gosto de registrar essas imagens e às vezes me ponho a examiná-las para perceber as mudanças. 
É bom por exemplo, ver nesta foto da postagem, que minhas rugas e meus cabelos brancos refletem minha idade (tem gente que me enche a paciência pq às vezes deixo os cabelos brancos aparecerem) mas tenho para mim que cabelo branco não significa preocupação nem sofrimento...ah, já foram sim, mas hoje não!!! estas marcas são menos do que eu tinha antes, mas são marcas que representam minha experiência de vida, e essa imagem, maquiagem nenhuma vai poder apagar ou camuflar. O que importa prá mim agora é perceber que elas mostram o quanto fui melhorando, é realmente a bagagem que trago dos velhos tempos. Hoje tenho um sorriso sempre nos lábios e partilho, e a alegria que reina no meu novo coração, que já não é mais pobre e sofrido como o anterior...Pena que não tenho mais para viver nem a metade dos anos que vivi até aqui. Ia ser bem melhor aproveitar a vida com a experiência que tenho hoje. Mas, valeu demais o aprendizado. Deus sabe o que faz! E eu registro tudo.
Olha, não tenha vergonha de ser quem vc é. Valorize-se, busque ter a auto estima lá em cima e não permita que nada nem ninguém te menospreze. Você e eu temos valor, então vamos nos amar primeiro, antes de amar outra pessoa. Se a gente não se valorizar primeiro, quem fará isso por nós? Se puder, registre sua imagem sim, se gostar. Vc não tem que agradar a outras pessoas, agrade a vc mesma e mostre pro mundo o quanto as experiências da vida, mesmo as mais difíceis fizeram com que vc melhorasse. São as marcas da vida...
Bem, vou ficando por aqui, obrigada por ler minhas palavras, ok?  Um feliz restinho de natal prá vcs, a gente se encontra durante este ano ainda.

Faça & Venda - BOLO NO POTE ESPECIAL PARA O NATAL

PLÁGIO É CRIME - Copiar fotos ou artigos é ilegal. É proibida a reprodução total ou em partes de artigos deste blog sem a minha autorização por escrito, mesmo citando os links. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 sobre os Direitos Autorais. 

Olá queridos, estamos quase no Natal né mesmo? Já pensou na sobremesa que vai servir quando a família estiver reunida? E já pensou que vc também pode fazer e aceitar encomendas dessa mesma sobremesa? É isso mesmo, pois o que a gente gosta, a gente quer que os outros provem também, uai! E se pudermos ganhar dinheiro com isso, melhor ainda, haha! Hoje eu trouxe mais uma receita de BOLO NO POTE prá vc que está aí à procura de algo para driblar essa crise terrível. Os bolos no potinho tem sido a salvação de muita gente e é por isso que estou sempre aqui reforçando essa ideia. Meu CURSO DIGITAL DE BOLOS NO POTE tem ajudado várias pessoas a abrir um pequeno negócio e me orgulho disso. Sempre recebo comentários e e-mails de alunos que hoje estão tendo sucesso com as vendas, graças a Deus. Como me sinto feliz por ajudar pessoas que nem conheço e talvez nem venha a conhecer pessoalmente. Mas, enfim, vamos anotar mais essa receitinha? Se não for para vender, faz aí prá sua família, ok?

(Créditos da receita e imagem http://www.a12.com/)

Ingredientes para a massa:
2 ovos inteiros
3/4 de xícara de chá de leite
4 colheres de sopa de margarina sem sal
1 pitada de sal
2 xícaras de chá de açúcar peneirado
2 xícaras de chá de farinha de trigo peneiradas
1/4 de xícara de chá de cacau 50%
2 colheres de chá de fermento em pó

Modo de Preparo: Bata a margarina com o açúcar na batedeira até formar um creme fofo. Acrescente os ovos um por um e depois intercale leite, a farinha de trigo misturada com o fermento em pó, o cacau e o sal. Coloque a massa em forma untada e leve ao forno pré aquecido em 180º até que enfiando um palito este saia limpo.

Ingredientes para o recheio:
1 lata de leite condensado
1 caixinha de creme de leite
3 xícaras de chá de leite
1 colher de chá de amido de milho
4 gemas
100 gramas de chocolate branco

Calda para regar - Ferva 2 xícaras de chá de água, 1 xícara de chá de açúcar e cravos da Índia. Use fria.

Para decorar - Morangos picados e confeitos granulados.

Modo de preparo: Misture todos os ingredientes, menos o chocolate. Ao ligar o fogo não pare de mexer. Leve para cozinhar até formar um creme liso e homogêneo. Quando o creme estiver cozido, retire-o da panela, coloque em uma tigela e misture o chocolate branco. Bata o creme até esfriar.

MONTAGEM - No fundo do pote coloque uma porção de bolo picado e regue com a calda. Coloque uma porção do recheio e pedacinhos de morango. Repita as camadas e termine com o doce. Enfeite o centro do potinho com confeitos granulados de chocolate e metade de um morango. Leve à geladeira e sirva sempre gelado.
.
.

DICA DA MELL - Crie variações com os recheios. Use Nutella, Brigadeiro, Beijinho e outros doces.

Cansada dos mesmos recheios para os bolos no potinho? ADQUIRA O KIT "50 NOVOS RECHEIOS PARA BOLOS NO POTE" e leve mais duas apostilas bônus clicando neste link abaixo:

DELICIOSOS RECHEIOS PARA BOLOS E BOLO NO POTE

Olá, meus amô. Hoje estarei indo prá roça, arrumei uma casinha lá prá mim e acho que agora vou poder usufruir melhor. Mas lá tem um porém, é roça e não tem internet, aff...mas já estou olhando como é que faz prá ter, lógico, kkkk
Então, como vou ficar o fim de semana fora, vou deixar aqui uma postagem prontinha prá vc que tá cansada dos mesmos recheios nos seus bolos confeitados ou mesmo prá vc que faz bolos no potinho, né? Então, anotem aí essas delícias:
O recheio é destaque nos bolos, é preciso que combine também com a massa escolhida. Anote três delícias, faça e venda.

 PLÁGIO É CRIME - Copiar fotos ou artigos é ilegal. É proibida a reprodução total ou em partes de artigos deste blog sem a minha autorização por escrito, mesmo citando os links. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 sobre os Direitos Autorais.

RECHEIO DE COCO
Ingredientes:
4 gemas peneiradas
1 xícara de chá de açúcar
1 xícara de chá de água
1 coco fresco ralado

Modo de Preparo - Misture o açúcar e a água e aguarde no fogo, sem mexer, até formar uma calda no ponto de fio. Acrescente as gemas e o coco, mexendo sem parar, até soltar do fundo da panela.

RECHEIO DE ABACAXI
Ingredientes:
350 gramas de açúcar
1 coco grande ralado
1 pacote de gelatina em pó sabor abacaxi
2 abacaxis
1 colher de sopa de margarina sem sal

Modo de Preparo - Para preparar, ralar os abacaxis sem miolos, usando lado grosso do ralador. Misturar todos os ingredientes, e posicionar ao fogo brando e mexer. Ao começar a fervura, retirar a massa do fogo.

RECHEIO DE LIMÃO
Ingredientes:
4 gemas ligeiramente batidas
2 colheres de sopa de casca de limão ralada bem fina
6 colheres de sopa de manteiga
6 colheres de sopa de suco de limão
6 colheres de sopa de amido de milho
1 xícara e meia de chá de açúcar
1 xícara e meia de chá de água

Modo de Preparo - Misture o açúcar e amido de milho. Acrescente água aos poucos, sem parar de mexer, junte gemas e suco de limão. Leve para o fogo médio mexendo sem parar e deixe até ferver e engrossar. Cozinhe durante mais um minuto e retire do fogo. Junte então a casca de limão, a manteiga e mexa bastante. É só aguardar esfriar para ser usado.

Um bjo queridos. Espero que tenham gostado da postagem e que ela seja bem útil.
Quer mais recheio para seus Bolos ou para Bolos no Pote?

REPOSTAGEM - Bolo no Pote - Um Sucesso de Vendas

PLÁGIO É CRIME - Copiar fotos ou artigos é ilegal. É proibida a reprodução total ou em partes de artigos deste blog sem a minha autorização por escrito, mesmo citando os links. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 sobre os Direitos Autorais.
 
Oi, gentem! E aí, tudo bem mesmo? Então, tô chegando mais uma vez com uma dica super legal prá gente ganhar um dinheirinho. Eu vivo fuçando a internet atrás de coisas que possam gerar renda. Falo que vivo assim, mas nem tanto porque hoje é só nas horas bem vagas mesmo, né? Mas eu estava procurando uma ideia interessante há um tempo atrás e dei de cara com uma que, na hora, percebi que pelo menos aqui onde moro seria uma novidade, e assim vou logo pensando nas crianças que são meus fregueses preferidos, hehehe. Não pensem que eu abuso da boa vontade das criancinhas não, viu? kkkkkk É pq é público alvo mesmo, na minha rua e redondezas tem muitas crianças e elas consomem muito, principalmente coisas geladas e vivem insistindo comigo para fazer algo para elas comprarem. O dia inteiro elas estão aqui,  me chamando pela janela. Pensei nelas mesmo, já imaginando também o tamanho do pote da nova surpresinha que vou trazer prá que elas apreciem. Precisa ser baratinho pq elas arrumam dinheiro, mas na faixa de R$ 1,00 a R$ 2,00, é isso que elas podem pagar. E se pedem, eu preciso atender né?

Bem, estou falando do BOLO NO POTE, uma nova modalidade de comer bolo. Ele já é feito por muita gente e conhecido em vários lugares, mas não aqui onde moro, e nunca ouvi falar que alguém por aqui comercialize essa delícia. Amo trazer novidades e já falei aqui no blog que coisas de comer se vende bem, e que nós precisamos pesquisar o que NÃO se vende por perto, pois este deverá ser nosso novo negócio. Portanto, se não vende por perto, não tem concorrência e pode dar muito certo. Os Bolos no Pote, simplesmente são bolos gelados em potes. São muito usados em aniversários, mas em potes personalizados, a maioria em vidros, mas como nós queremos vender, precisamos de uma embalagem descartável né? Então, pus a mão na massa, avisei no Facebook e o povo ficou doidinho. É super simples, nem precisa de receita requintada. Eu sou adepta das coisas simples e baratas. Usei a massa de bolo de pacotinho, ela custa aqui R$ 1,70, dois ovos e 1/3 de xícara de leite. Fiz um bolo retangular de 22cm.  Eu fiz assim, mas vocês vão usar a criatividade, ok? Se não gosta de massa de pacotinho, faça o bolo mais simples que vc conhece. Sabe aquele bolo gelado que vocês fazem? Criem em cima desta receita que vcs estão acostumados.
Usei um creme de chocolate usando 2 ovos, 2 colheres de sopa de amido de milho, 2 colheres de sopa de chocolate em pó, 1 xícara de chá de açúcar e 1/2 litro de leite. Levei ao fogo e quando engrossou, desliguei e deixei esfriar. Para molhar o bolo usei leite condensado com leite de coco. Para cobrir, usei chantilly, pedaços de BIS e flocos de arroz. Você pode usar o que quiser. Então, usem a criatividade, todos nós temos um pouco e precisamos aprender a usá-la em nosso favor, ok? Façam um recheio cremoso e molhem o bolo com calda, suco ou refrigerante. Capriche no visual do bolo no potinho sem gastar muito para não encarecer seu produto.
Não fiz cálculos do que gastei gente, pq vcs sabem que tenho loja física, loja virtual e tenho casa e dois filhos para cuidar e não estou com tanto tempo mais, né? E ainda não fiz para vender, fiz mais para ensinar mesmo. Quem me segue sabe bem do que estou falando. E é assim, depende muito da região de cada um, pois os preços dos ingredientes e embalagens são diferentes.

Bem gente, vcs podem aprender a fazer o BOLO NO POTE na minha apostila onde eu dou todas as dicas para se dar bem com isso, ok? Nela tem receitas de como montar, várias receitas de caldas e coberturas, inclusive para pessoas que tem alguma intolerância ao leite ou açúcar também. Nós que vendemos bolos precisamos de receitas assim pois tem público para isso, não se esqueçam disso. O legal é que não tem só receitas, gente, tem todas as orientações para vc começar neste ramo tão próspero. Mas vou mostrar aqui uma prévia (apenas uma parte) de um Passo a Passo que está na minha apostila, ok? É deste bolo no pote com BIS no início da postagem.

Eu fiz um bolo retangular, numa tabuleiro de 22cm. Usei o fundo da embalagem descartável escolhida para marcar o disco de bolo que ia ser colocado dentro do pote. Fiz destes três tamanhos acima. Um bolo pequeno rende 12 copos de 100ml, 7 de 200ml e 4 de 500ml, mas ainda sobrou bolo. Retirei um dos discos e cortei em três partes. Estes discos de bolo serão colocados dentro do potinho, intercalando camadas de bolo e recheio e sendo molhados com uma calda.
Usei a receita acima como recheio. Use sempre um recheio cremoso porque ele ajudará a molhar o bolo também. No fundo do pote, coloque umas três colheradas ou o tanto que você quiser e coloque um disco de bolo por cima. Agora, molhe esse disco de bolo. Eu usei leite condensado com leite de coco, mas você pode usar o que quiser desde que seja doce. E ai, vá intercalando as camadas. 
Por cima do último disco de bolo, coloquei chantilly, e por cima dele, flocos de arroz e pedaços de BIS cortadinho para enfeitar. Depois é só levar à geladeira (no congelador não, por favor!). E quando estiver geladinho, o creme durinho e o bolo molhadinho é só se deliciar ou vender.
Então é isso aí, meus amores.  E se desejarem ganhar dinheiro com essa onda que tá bombando, adquira minha apostila clicando no link abaixo. Clique, role a página e chegue na APOSTILA DIGITAL DE BOLOS NO POTINHO  e aí vc fica sabendo tudo que tem nela, como comprar e se dar bem, tá? 


BÔNUS

 1 Apostila Como Começar um Negócio de Bolos no Pote
1 Apostila de Caldas para Regar Bolos no Pote
  1 Apostila com Receitas de Recheios e Massas
12 Etiquetas para Imprimir

Fiquem com Deus, tenham uma semana abençoada na paz de Jesus. Amo vcs. Bjuuuuus.

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog


Recomeçar sempre...este é o meu lema.

PLÁGIO É CRIME - Copiar fotos ou artigos é ilegal. É proibida a reprodução total ou em partes de artigos deste blog sem a minha autorização por escrito, mesmo citando os links. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 sobre os Direitos Autorais. 
Olá, amores. Hoje quero falar um pouco do tempo que andei sumida do blog e também quero dizer que não estou voltando assim como eu gostaria. Infelizmente como já disse em outras postagens, parece que é quase o fim dos blogs, é quase uma luta de sobrevivência em relação às redes sociais que atingem um público bem maior e faz com que as pessoas interajam mais conosco. Deixei de postar aqui pq o Facebook me dá um alcance maior e hoje ao invés de postar aqui primeiro, posto lá antes daqui e trago o de lá para cá. Mas enfim, nunca abandonei o blog e nem mesmo quem me segue pq diariamente recebo comentários nas postagens e respondo a todos e isso é ótimo, é prova que o blog, mesmo não tendo postagens diárias, não morreu, né mesmo?
Bem, tanta coisa aconteceu em minha vida gente, vcs nem imaginam. Quando comecei o blog meus filhos eram adolescentes e hoje eu já sou a vovó da Sofia. Eu não tinha um negócio e desde o início do blog abri uma loja e depois tive que mudar de ramo, não pq o negócio deu errado, pelo contrário deu muito certo mas um outro negócio deu mais certo ainda, que são os meus cursos digitais. Então, ou eu ficava com a loja aberta ou eu dava meus cursos né? Por isso, preferi parar com as roupas mas adquiri uma experiência enorme nessa área que tanto me favoreceu.
Bem, mas nem tudo são flores. Esta semana perdi meu pai, uma das colunas da minha vida. Eu sempre digo que meu pai foi o pai que meus filhos não tiveram. Hoje, graças a Deus, meus "meninos" estão grandes, são o meu orgulho e eram do meu pai também, afinal, ele em grande parte é responsável pela educação deles, nunca faltou o incentivo do meu pai na formação de Isaac e de Irving. Gente, eu já tinha esquecido como era esse tipo de dor, a saudade...como dói lembrar que meu pai não tá mais no quarto ao lado sabe? Hoje, já não moro mais na casa dele, apesar de ainda estar por aqui, pq neste momento estou na casa dele. Foram 10 anos que ele me acolheu com meus filhos depois de nós não termos onde morar. Aqui ele me amparou, permitiu que construíssemos dois quartos e uma cozinha prá gente. Aqui meus filhos se formaram, aqui abri meus negócios, enfim, aqui nós vencemos, tudo com o incentivo dele. Como meu pai ficava feliz e sorria tanto com as minhas vitórias e com as vitórias dos meus filhos, viu? Meu pai também era um empreendedor pois nós tínhamos juntos um jornalzinho, que já até contei a história aqui no blog. Mas enfim, ele se foi, e agora é aprender a conviver com a saudade de novo. 
Há quatro meses me mudei para longe e com a doença dele, tive que ficar por aqui, mesmo com a nova casa em outro lugar. Fiquei mais de 20 dias sem ir na minha própria casa, prá falar a verdade. E no dia que consegui ir, tiveram que ir lá me buscar com a notícia mais triste dos últimos anos, a morte dele. 
Mas então amigos, com a doença dele, meus negócios pararam e hoje eu me vejo novamente como muitos de vcs: dentro da crise que eu dizia que não tinha me pegado ainda e mais uma vez vou ter que recomeçar alguma coisa na vida pois tô meio sem renda novamente. Com a doença dele, tudo ficou parado para mim pq nem a internet eu podia acessar direito. Meu trabalho é na internet, meus cursos são digitais, e é como se eu tivesse que fazer uma panfletagem todos os dias e isso eu parei de fazer. O resultado é que as vendas caíram vertiginosamente. Tinham que cair mesmo, pois eu não aparecia para divulgar os cursos né? Graças a Deus sou uma pessoa que administro bem a parte financeira (aprendi né?) mas dinheiro guardado também acaba, então, como muitos de vcs estou eu hoje, preciso correr atrás do dindim e como DESISTIR é um negócio que não deixo fazer parte da minha vida, já estou aqui planejando um monte de coisas: voltar a fazer os geladinhos, sorvetes, bolos, cupcakes e bolos no pote mas agora em um novo lugar, na minha nova casa em outra localidade.
Eu acho assim, nunca podemos desistir e é na crise que as oportunidades precisam ser aproveitadas. Quero te convidar a se unir a mim, vc que está achando que não tem uma saída. Tem sim, viu? Já pensou em algo que vc pode fazer que não tenha que gastar muito e que possa lhe render algum dinheiro? 

  
VOU RECOMEÇAR COM BOLOS, BOLOS NO POTINHO E GELADINHOS. E VOCÊ?

Algumas dessas coisas vou recomeçar e vc poderia também me imitar, que tal? Vamos juntos? Vc pode fazer os geladinhos, não precisa ser nada caro, amigo! Neste calor o interessante é que o povo quer se refrescar, então para este público encalorado o que importa é ter algo gelado, doce e gostoso, além de barato. Suquinho de pacote, água, açúcar e saquinhos para começar um novo negócio, é isso aí!
Bolo no pote tá em alta, super em alta ainda. Faça um bolo, esfarele, crie um recheio básico e coloque nos potes. Leve para gelar e depois ofereça aos amigos e vizinhos. Não precisa ser nada caro também não! Dependendo do lugar que vc mora, é possível até passar para outros comércios. Estas são apenas duas dicas e vou tentar recomeçar com elas, e vc? Bora levantar a cabeça e colocar a mão na massa? Vamos juntos nessa?
Bom, meu post tá muito extenso já, então vou ficar por aqui e darei notícias dos meus empreendimentos, ok? Me dá notícias suas também?
Se quiser ter acesso aos meus cursos digitais para ganhar dinheiro em casa, entre na minha lojinha. Tudo tão baratinho, assim vc me ajuda e eu te ajudo acho que mais do que o dobro viu? Meu endereço é http://lojinhadamell.blogspot.com.br/
Fico por aqui desejando prá vc o sucesso que também espero prá mim e que a gente consiga sair dessa crise brava né? Um bjo no coração de todos. Fiquem na paz.

Faça & Venda - Ganhe um Dinheiro Extra com Bolos de Pote

Desde que surgiram os Bolos no Pote no Brasil venho publicando artigos sobre o assunto e passando receitas ao meu público. Já se passou bastante tempo desde que ele se tornou esse fenômeno de vendas e a tendência é continuar firme pois este é um produto que vende o ano inteiro, não importando se faz frio ou calor. Mas vamos ao que interessa? Abaixo eu descrevo para você algumas dicas muito importantes para se dar bem com essas delícias que podem ser feitas aí na sua própria cozinha. Espero que gostem.
(PLÁGIO É CRIME - Copiar fotos ou artigos é ilegal. É proibida a reprodução total ou em partes de artigos deste blog sem a minha autorização por escrito, mesmo citando os links. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 sobre os Direitos Autorais. )
A tendência é forte pq vende o ano inteiro, é só ter sabores variados e assim vc pode decidir quais vender em cada dia. Para fazer o Bolo no Pote, é super simples, nem precisa de uma receita requintada. Sou adepta das coisas simples e baratas. Uso muito a massa de bolo de pacotinho para fazer em casa para a família. Se for para vender, uso uma massa mais especial, ou seja aquela que todo mundo gosta e elogia. Vc também pode fazer assim.

É quase impossível começar do zero, mesmo porque dentro de casa já temos alguns ingredientes e utensílios domésticos que nos proporcionam um começo simples. Com um capital entre R$ 50,00 a R$ 100,00 você pode começar o seu negócio de bolos no pote. Se vc tem responsabilidade pode até usar o cartão de crédito para começar, mas logo ao entrar o dinheiro, separe para pagar sua fatura, heim?

Para começar você vai precisar de ingredientes para os bolos, para as caldas, coberturas e as embalagens. Alguns ingredientes vc já tem em casa como açúcar, ovos, farinha e leite. Mas o interessante seria vc comprar tudo para começar e daí já começa a administrar o seu pequeno negócio caseiro, o.k.? Outras coisas vc também já tem em casa na sua própria cozinha, que são o seu forno, fogão, geladeira, liquidificador, batedeira e outros utensílios domésticos. Além disso, vc só precisa de disposição.
Antes de começar, faça algo muito importante: PLANEJAMENTO. Sem ele, você não vai longe. Tenha em mente quem será o seu público-alvo e pense em quanto esse público pode pagar. Depois de definido esse público, então comece. Vá às compras com tudo bem planejado. 
Quanto à divulgação e venda, eu sugiro que você comece a oferecer às pessoas da sua família (não as da sua casa, esses vc usa como os “aprovadores” dos seus bolos no pote. Faça uma receita, coloque em potes pequenos e separe alguns. Dê aos membros da sua família para provar….e aprovar. Estas pessoas são as mais sinceras com quem convivemos, então dependendo da opinião delas, seu produto será aprovado ou não). Depois disso, comece a oferecer aos primos, tios, sobrinhos, enfim, à sua parentela. Atinja agora a sua vizinhança, as amigas, aos colegas de trabalho. Peça ao marido que leve ao trabalho (com permissão) para vender lá. Se vc está na faculdade, também tem a opção de levar e oferecer aos colegas pois muitos vão para a escola sem se alimentar. Com essas pessoas vai ser muito mais fácil vender, principalmente se você tiver um pouco de timidez. Se seu produto for bom, estas primeiras pessoas mesmo vão fazer sua propaganda.

Se você vai vender em casa, não se acanhe. Coloque uma plaquinha no muro ou no portão, mas esteja sempre disponível para atender quando alguém lhe chamar para fazer uma compra. Receba seus clientes com gentileza sempre. Você também pode fazer no seu computador um pequeno panfleto com os sabores de bolo no pote que está produzindo. Se tiver condições, mande fazer numa gráfica. Se puder (ou quando puder) também prepare etiquetas para colocar nos potes.  Peça autorização também aos comerciantes do bairro para que você  possa colocar cartazes de divulgação do seu negócio no mural de avisos do estabelecimento deles. Qualquer meio que você usar para divulgação, deve conter os seus números de contato.

Uma boa dica para começar é divulgando seu negócio no Facebook, no seu perfil pessoal e criando uma página. Participe de grupos da sua cidade e divulgue ali também, oferecendo seus bolos por encomenda para festas como lembrancinhas ou presentes. Sempre que tiver novidade, um sabor novo, faça uma postagem. Aliás, se criar uma página, tem que ter postagem TODOS OS DIAS. Poste também no perfil de seus amigos, diretamente lá, pois dependendo do número de amigos que a pessoa tem, ela não conseguirá ver as suas atualizações. Mas nesse caso, não faça isso todos os dias pois a pessoa pode não agradar.
O importante é você adicionar contatos DA SUA CIDADE, tanto na sua página, grupos (se tiver um) e também no perfil pessoal. Não adianta você ficar divulgando em tudo quanto é lugar do Facebook pois se você mora em São Paulo, uma pessoa do Amazonas não terá interesse nenhum, então foque na SUA CIDADE. É lá que seu negócio acontece

Tenha EXCELÊNCIA NO ATENDIMENTO e faça um produto gostoso, com bom acabamento. Os bolos no pote são molhadinhos, mas não podem ser muito. Isso faz com que ele vire uma “papa”. Não coloque a cobertura de modo que grude na tampa, isso também prejudica o visual dele. Seu produto sendo bom e você sendo atencioso com os clientes, com toda certeza, a propaganda boca a boca vai funcionar. Eles mesmos se encarregarão de trazer mais clientes para você e assim seu negócio vai ter um impulso e crescer mais rápido.
Bom, estas são as minhas principais dicas, mas vc pode aprender muito mais com a minha APOSTILA DIGITAL DE BOLOS NO POTE que tem tudo que vc precisa, além das receitas, dos brindes e até mesmo as etiquetas eu envio para vc colocar nos seus potinhos. Vc pode ver sobre ela no link abaixo. O custo é muito pouco em relação a outras apostilas que surgiram por aí e que não dão a consultoria que eu dou após vc adquirir. Custa apenas R$ 19,90. Clique aqui para ver o conteúdo e comprar a sua:


Espero que tenham gostado das dicas. Entre neste negócio, conte comigo e com minha consultoria a qualquer tempo para se dar bem.

Faça & Venda - Ganhe Dinheiro com CREPE OU PANQUECAS

PLÁGIO É CRIME - Copiar fotos ou artigos é ilegal. É proibida a reprodução total ou em partes de artigos deste blog sem a minha autorização por escrito, mesmo citando os links. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 sobre os Direitos Autorais. 

Olá, meus amigos. Uma vez recebi um pedido de uma leitora para que eu trouxesse no blog uma dica de CREPE NO PRATO. Eu já conheço crepe no palito e panquecas, mas não sabia que os crepes no prato eram vendidos também como "comida de rua" em barracas e que tem até lojas onde este é o prato principal. Achei muito show, o povo sabe mesmo ganhar dinheiro, né? Eu infelizmente demorei a trazer a dica, afinal tem tanta coisa acontecendo em minha vida, o blog ficou parado sem eu poder postar, mas eu gosto sempre de atender quem me pede alguma coisa. Pena que realmente nem lembro quem me pediu, pois foi em algum comentário de um post do blog que não sei mais qual é também.
Mas fiquei meio na dúvida entre o que é crepe e o que é panqueca pq parecem iguais né? Bem, a massa é praticamente a mesma, mas há diferenças, mesmo que mínimas. Corri atrás para saber e descobri que os crepes tem a massa mais leve e são mais finos do que as panquecas. Outra diferença entre os dois é que os crepes são servidos dobrados e as panquecas são enroladas.

Diferença entre CREPE e PANQUECA
CREPE é dobrado e massa fina - PANQUECA é enrolada e massa um pouco mais grossa

Imagem www.recettes.qc.ca
Mas tanto um quanto o outro, são deliciosos e muito fáceis de fazer, isso é o que importa. E o melhor, pelo menos a massa não gasta tanto, acho que os recheios é que podem ser mais caros, mas daí vai da criatividade da pessoa e ela sabendo qual o público a ser atingindo, fica mais fácil elaborar um cardápio especial de recheios para eles.
Fazer crepes ou panquecas não é tão difícil, mas o primeiro...ah, o primeiro praticamente nunca dá certo, né? E se vc não tem jeito prá cozinha, vai ser meio tenso, viu? kkkk Mas a partir do segundo, fique tranquilo, sei lá pq mas dá certo sim. O primeiro sempre agarra na crepeira ou frigideira, mas o segundo, acho que a gordura já impregnou e acaba dando certo sim, então, nada de desespero. Vc vai conseguir fazer o crepe, tá certo?
Geralmente bate-se a massa no liquidificador, eu prefiro assim, mas há quem diga que a massa fica mais leve se batida na mão mesmo. No caso de ficar umas pelotinhas, é só passar pela peneira. Então, fica a seu gosto, bater no liquidificador ou na mão.
Se vc não tiver uma crepeira, pode usar uma frigideira que tem em casa mesmo, de preferência anti aderente. Para ter uma medida certinha, use sempre a mesma colher, que seja maior pelo menos. Eu uso uma concha pequena, ela é a conta para cada crepe. Assim eles saem sempre com a mesma espessura.

Bem, a receita que vou postar é super simples mesmo, é a que eu faço em casa, não posso dizer que é minha, que eu criei pq é igual a de muita gente ok? Às vezes eu faço até "de olho" mesmo pq já estou acostumada. Se quero fazer poucos, diminuo. Se quero fazer mais, aumento. Se vc encontrar outras receitas na internet, verá que tem os mesmos ingredientes, mudam só as quantidades usadas. No caso de crepes salgados, vc pode optar em colocar alguns acréscimos na massa como uma pimentinha do reino, aqueles temperinhos em pó ou até mesmo cheiro verde picadinho, salsinha desidratada, o que for do seu gosto.
No caso de crepes doces não coloque muito açúcar na massa, é apenas uma pitadinha caprichada mesmo. Nos recheios use e abuse de morango, chocolate, doces enfim. Tudo aquilo que vc acha que combina, use como recheio e coloque uma cobertura deliciosa que pode ser até mesmo aquelas prontas de sorvete.
Anote aí então como se faz a massa pq são os mesmos ingredientes, só a espessura que é mais fina para os crepes, ok? Os recheios servem para os crepes e para as panquecas também.

 Ingredientes da Massa:

    1 xícara de chá de leite
    1/2 xícara de chá de farinha de trigo
    1 ovo médio inteiro
    1 colher de sopa de manteiga ou margarina
    1 pitada de sal
    1 pitada de açúcar

Fotos: http://www.taste.com.au
Modo de Preparo - Bata todos os ingredientes no liquidificador e deixe descansar por 30 minutos. Despeje a massa sobre uma frigideira anti aderente aquecida e aos poucos o crepe/panqueca vai soltando as beiradinhas. Va passando uma espátula nas beiradas para ajudar a soltar. Mexa a crepeira e depois vire o outro lado para dourar também e aí coloque o recheio de sua preferência. Deixe derreter o recheio e dobre ao meio e depois ao meio novamente.
 

*Para servir, no caso de crepe doce, vc pode usar algumas coberturas.


Aqui embaixo, um vídeo mostrando como é feito comercialmente. O rapazinho tem a habilidade, heim? Notem o tanto de recheio, o negócio é bom viu?


 
 
 SUGESTÃO DE RECHEIOS SALGADOS
- Qualquer recheio que vc usaria para um salgado frito ou assado, cai bem com os crepes salgados. Então, anote aí: Frango temperado desfiado com catupiry, carne moída com temperinhos, 3 ou 4 queijos, calabresa com queijo, verdurinhas, presunto com mussarela, linguiça, peito de peru, milho com azeitonas, etc.
SUGESTÃO DE RECHEIOS DOCES 
 Morango com chocolate, banana com canela, queijo com goiabada, doce de leite com queijo, beijinho, banana com chocolate, etc.

E aí, gostou da ideia? Se vc tem uma barraquinha, ou se quer montar aí na porta de casa, à noite seria uma coisa diferente, heim? Duvido que tenha alguém aí por perto que faz. Se não tem, melhor ainda, pq não terá concorrentes. Aproveite a dica de hoje, tenho certeza que dá um lucro legal.
Vou ficando por aqui, espero que tenham gostado. Um bjo, fiquem com Deus.

O povo quer BOLOS CASEIROS!

PLÁGIO É CRIME - Copiar fotos ou artigos é ilegal. É proibida a reprodução total ou em partes de artigos deste blog sem a minha autorização por escrito, mesmo citando os links. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 sobre os Direitos Autorais. 

 (Extraído do livro Meio Intelectual, Meio de Esquerda. de Antônio Prata - Crônica "Time is Money")

Essa crônica de Antonio Prata traduz tudo o que eu gostaria de falar sobre 
BOLOS CASEIROS, E é isso que o povo quer resgatar:


 Poucas coisas neste mundo são mais tristes do que um bolo industrializado. Ali no supermercado, diante da embalagem plástica histericamente colorida, suspiro e penso: estamos perdidos. Bolo industrializado é como amor de prostituta, feliz natal de caixa automático, bom dia da Blockbuster. É um antibolo.

Não discuto aqui o gosto, a textura, a qualidade ou abundância do recheio de baunilha, chocolate ou qualquer outro sabor. (O capitalismo, quando se mete a fazer alguma coisa, faz muito bem feito).

O problema não é de paladar, meu caro, é uma questão de princípios. Acredito que o mercado de fato melhore muitas coisas. Podem privatizar a telefonia, as estradas, as siderúrgicas. Mas não toquem no bolo! Ele não precisa de eficiência. Ele é o exemplo, talvez anacrônico, de um tempo que não é dinheiro. Um tempo íntimo, vagaroso, inútil, em que um momento pode ser vivido no presente, pelo que ele tem ali, e não como meio para, com o objetivo de.

Engana-se quem pensa que o bolo é um alimento. Nada disso. Alimento é carboidrato, é proteína, é vitamina, é o que a gente come para continuar em pé, para ir trabalhar e pagar as contas.

Bolo não. É uma demonstração de carinho de uma pessoa a outra. É um mimo de avó. Um acontecimento inesperado que irrompe no meio da tarde, alardeando seu cheiro do forno para a casa, da casa para a rua e da rua para o mundo.

É o que a gente come só para matar a vontade, para ficar feliz, é um elogio ao supérfluo, à graça, à alegria de estarmos vivos. A minha geração talvez seja a primeira que pôde crescer e tornar-se adulto sem saber fritar um bife. O mercado (tanto com m maiúsculo como minúsculo) nos oferece saladas lavadas, pratos congelados, comida desidratada, self-services e deliverys. Cortar, refogar, assar e fritar são verbos pretéritos.

Se você acha que é tudo bem, o problema é seu. Eu vou espernear o quanto puder. Se entregarmos até o bolo aos códigos de barras, estaremos abrindo mão de vez da autonomia, da liberdade, do que temos de mais profundamente humano. Porque o próximo passo será privatizar as avós, estatizar a poesia, plastificar o amor, desidratar o mar e diagramar as nuvens. Tô fora."

Então, pessoal, é isso que o povo quer, resgatar o antigo, a simplicidade, e não existe nada mais simples do que um bolo feito em casa. Se vc tem habilidade na cozinha e tá precisando de ganhar dinheiro, porque não fazer e vender estes bolos? Pegue a receita de família ou aquela que vc faz e todo mundo gosta e comece com ela. Tudo simples pq é isso que o povo quer. O bolo substitui o pão em várias famílias, sabia? Faça e ofereça aos seus vizinhos, parentes, os amigos de perto e se seu produto for bom, eles mesmo se encarregarão de fazer a propaganda. A minha APOSTILA DIGITAL DE BOLOS CASEIROS ensina tudo isso, além das receitas. Vou deixar aqui embaixo o link onde falo sobre ela e sobre os brindes que vem junto que também são voltados para este propósito, a venda de bolos em casa. Não deixe passar esta oportunidade. Se vc deixar, outro vem e pega, ok? Então, clique aqui embaixo agora:

APOSTILA DIGITAL DE BOLOS CASEIROS
Adquira a sua aqui: 

Garanta seu presente de Natal - O seu próprio negócio

Copiar fotos ou artigos não é legal - É proibida a reprodução total ou em partes de artigos deste blog sem a minha autorização por escrito, mesmo citando os links. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 sobre os Direitos Autorais. Ao invés de copiar, divulgue o endereço do blog www.saidademergencia.com.br

Oi minha gente empreendedora. Como vão os preparativos para o fim do ano, para as festas natalinas? Com a família, os amigos, vizinhos...tomara que tudo esteja transcorrendo na mais perfeita paz com vcs. E sua situação financeira, como vai? Você está trabalhando, tem dinheiro no bolso ou está à procura de algo que lhe renda algum dinheiro? Provavelmente se vc chegou ao meu blog através de uma busca, tenho quase certeza que estava procurando uma ideia para gerar renda, não foi? Pode ser que não, mas a maioria chega até aqui atrás de uma ajudinha mesmo, coisa normal para mim que tenho seis anos na estrada com este blog ensinando o povo a ganhar dinheiro dentro de casa. Se vc veio aqui para isso, então veio no lugar certo. E hoje eu quero falar mais uma vez sobre duas febres no Brasil a partir do ano de 2014 e que continuaram em 2015: os BOLOS CASEIROS (ou Bolos da Vovó) e também os BOLOS NO POTINHO e quero também fazer um desabafo. Fico muito feliz pois assim como os sorvetes, eu consegui ajudar muita gente durante o ano a começar a ganhar dinheiro em casa fazendo bolos da vovó e bolos no pote também. Me sinto imensamente recompensada com o carinho das pessoas que compram minhas apostilas e recebem minha consultoria. A maioria volta para agradecer e muitos nem voltam para pedir consultoria pq as apostilas são muito bem esclarecedoras. E aqui entra o meu desabafo: Apenas duas únicas vezes fui ofendida e ludibriada. Essas pessoas conseguiram me chatear e me fizeram sentir uma pontinha de vontade de desistir, mas desistir é para os fracos né mesmo? Foi bom ter acontecido, pq ao invés de desistir, eu resolvi melhorar ainda mais para que ninguém queira me desestimular. As duas vezes foram homens, os dois agiram em nome do casal. Não cabe a mim revelar o nome de ninguém, mas os quatro (os dois casais) me lesaram. O primeiro comprou uma apostila e depois entrou em contato dizendo que não era aquela apostila. Confirmei, mostrei a documentação de compra de que cumpri meu compromisso vendendo e entregando a apostila que tinha sido escolhida e paga. Para não ficar mal, enviei a outra apostila. Ele me passou a cobrar direto, dizendo que eu não tinha enviado e que o problema tinha que ser resolvido. Por fim, deixou até telefone para que eu ligasse e ele me disse que me pagaria, mas infelizmente, nunca vi o dinheiro. Fiquei sem o dinheiro da segunda apostila e sem a devolução da primeira pq já tinha sido enviada e produto digital não retorna. Nunca mais me procurou. E há umas três semanas atrás um outro senhor, em nome do casal também comprou uma apostila. No outro dia, enviou-me um e-mail desaforado dizendo que eu copiei tudo da internet e queria seu dinheiro de volta. É, pelo jeito os negócios do casal não iam bem, pq trabalham num ramo e estão querendo fazer bolo agora? O problema é que a pessoa ficou indignada pq usei imagens ilustrativas na minha apostila, vê se pode uma coisa dessas. A única resposta que eu pude dar a ele é que apenas criancinhas compram um livro querendo ver as figurinhas. Minhas apostilas são muito mais que figurinhas, certo? Pois é, mais uma vez devolvi meu dinheiro, não vale a pena brigar com quem não é idôneo o suficiente, que vive na internet para burlar gente de bem como eu, né verdade? Tenho tudo registradinho para caso necessite entrar com meus direitos pq se o consumidor tem, eu também tenho. De modo que na minha postagem de hoje, de acordo com a frase que escrevi na imagem acima, quero deixar bem claro, e mais uma vez, pq já falei isso até em vídeo, nas minhas apostilas O MAIS IMPORTANTE NÃO SÃO AS RECEITAS pq receita vc encontra na internet, no jornal, nas revistas semanais e mensais, nos programas de televisão e ainda tem as receitas de família certo? Receita é muito fácil de conseguir, e mesmo assim minhas apostilas vão recheadas com as RECEITAS QUE EU PRODUZO EM CASA, as QUE EU FAÇO PARA A FAMÍLIA e as QUE EU FAÇO PARA VENDER se necessário for, pois atualmente eu só vivo de ensinar, graças a Deus! Deixo bem claro também que não sou formada em nada, não sou culinarista, nem chef, nem gastrônoma, sou dona de casa cheia de experiência e com certeza posso saber mais do que muita gente que se formou agora ou já é formada há mais tempo. A prova disso é que algumas culinaristas formadas e cake designers já compraram meu material (para fazer o que eu não sei, só que eu descubro quem são, haha), mas desde que me paguem, não me preocupo com o destino da apostila, desde que não me copiem. Toda dona de casa é formada pela Escola da Vida, e foi nessa que eu me formei. Se alguém chega a comprar minhas apostilas, é porque confia em mim. Palmirinha Onofre nunca estudou nada de cozinha e ficou famosa. Eu e você que somos donas de casa somos como ela, a diferença é que nós não fomos para a televisão, certo? Todas nós temos a ensinar um pouco de cada coisa, porque aprendemos no dia a dia. E foi no dia a dia que também aprendi a ensinar e me transformei numa instrutora. Ensino a fabricar e ganhar dinheiro com sorvetes e com bolos. Ensino mães e donas de casa a ganhar dinheiro dentro de suas próprias cozinhas porque ou não podem sair de casa ou não conseguem emprego. Coisa que faço com muito gosto pois sou grandemente abençoada com tantos depoimentos lindos de pessoas que voltam me agradecendo pela ajuda. Elas me pagam porque querem, ninguém é obrigado a fazer isso. Ensino muuuuuita coisa de graça também e sou abençoada da mesma forma.
Pronto, desabafei, kkkkk Ui, faço isso mesmo pq o blog é meu e esclareço que ele está "em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Nos referidos textos constitucionais, lê-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX). Então, eu tenho liberdade de escrever o que quiser. 
Mas agora, voltando ao que eu ensino, hoje falo dos Bolos da Vovó e dos Bolos no Potinho. Você está aí sem poder sair de casa, talvez por ter filhos pequenos ou pq não arruma mesmo um emprego e precisando urgentemente de dinheiro né? Então, faça como as outras pessoas que confiaram em mim. Eu ensino a fazer bolos como muitas pessoas fazem e ensinam, mas eu não sou uma culinarista. Sei fazer e ensino o que sei, mas o que eu faço melhor ainda é ensinar a ganhar dinheiro com estes bolos. Tenho certeza que as culinaristas só te passam as receitas, elas muito dificilmente te ensinarão as técnicas para vender os bolos, certo? Isso eu faço melhor do que elas e ensino para você. É disso que as minhas apostilas tratam. Eu ensino você a ganhar dinheiro VENDENDO bolos em casa, tá? Seja com as minhas receitas ou com as suas. Se vc tiver interesse, clique nos links que vou deixar aqui embaixo para saber mais sobre meus cursos apostilados, ok? Dê a você mesma este presente, que ele seja o seu presente de Natal. Custam baratinho e você pode até parcelar. Já teve gente que dividiu se 6 vezes, claro que vc também pode, ok? Com certeza, ela aprendeu, vendeu os bolos e pagou a apostila. Acredite em mim e acredite que você pode ganhar dinheiro em casa. Vou ficando por aqui pois ainda tenho muitas coisas para fazer. Obrigada por tirar um tempinho para mim hoje. Um bjo, aguardo o seu retorno e agradeço a sua visitinha.

Adquira agora a sua APOSTILA DIGITAL DE BOLOS CASEIROS




Um abraço a todos. Torcendo aqui pelo seu sucesso.

Essa história também pode ser sua - BOLOS CASEIROS

PLÁGIO É CRIME - Copiar fotos ou artigos é ilegal. É proibida a reprodução total ou em partes de artigos deste blog sem a minha autorização por escrito, mesmo citando os links. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 sobre os Direitos Autorais. 

Olá, meus queridos amigos empreendedores. Bem, em 2015, o negócio de bolos caseiros continuou em alta, tanto quanto o de bolos no potinho. O povo está em busca de simplicidade e BOLO CASEIRO é a mais pura, não tem como ser mais simples do que isso. Se você está aí desempregado ou se está procurando por uma renda extra, comece logo neste negócio que só tende a crescer. Se vc é dona de casa, melhor ainda, pq certamente tem essa habilidade, então não perca tempo. Veja só a história abaixo, é para se inspirar, pq esta também pode ser a sua história:

A advogada Flávia largou a atividade jurídica para se dedicar a um negócio de produção de bolos caseiros, em Brasília. Desde pequena ela tinha um sonho, cresceu aprendendo com a vó, com a mãe. A ideia vingou e pouco tempo depois, seu marido entrou no negócio pq rendia mais do que a advocacia. Sua loja ganhou mais sócios amigos e uma filial em São Paulo. Hoje eles tem mais de 8 lojas. E aí, não é para inspirar uma história dessas? Assista o vídeo e depois dele, leia embaixo o meu recadinho, ok? 


Créditos da matéria - http://tvuol.uol.com.br/video/amigos-criam-negocio-de-bolos-caseiros-04024D993262C8C14326 

Adquira minha APOSTILA DE BOLOS CASEIROS. Nela vc encontrará não só receitas, mas tudo, tudo mesmo para você abrir a sua pequena empresa de bolos, todas as dicas necessárias, inclusive como divulgar, como embalar, onde vender e outros detalhes. Para adquirir, clique no link abaixo. Não deixe passar mais essa chance. Se você não pegar, outro pega, heim? Bora clicar? 



Faça & Venda - ESCONDIDINHO DE FRANGO NA MARMITA

PLÁGIO É CRIME - Copiar fotos ou artigos é ilegal. É proibida a reprodução total ou em partes de artigos deste blog sem a minha autorização por escrito, mesmo citando os links. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 sobre os Direitos Autorais. 
.
Olá meus queridos, hoje eu quero deixar mais uma dica para ganhar dinheiro usando a sua própria cozinha. Muitas empresas nasceram na cozinha sabiam? Se vc não pode sair de casa pq tem filhos pequenos ou não sai pq não conseguiu mesmo encontrar uma vaga no mercado de trabalho, o mais certo mesmo é correr atrás do dinheiro dentro de casa mesmo e a cozinha é um dos melhores lugares para isso pois como eu sempre digo, gente...coisa de comer vende e vende muito bem. Sempre tem alguém com fome em algum lugar.
Estive pensando nas pessoas que moram sozinhas. Peguei como exemplo o meu filho que vai morar sozinho e come muito pouco. Ele gosta demais de pratos com batata, tudo muito simples e por isso resolvi fazer para ele um Escondidinho de Frango. E assim, me veio à mente que isso poderia ser a sua "saída de emergência" não é? Olha só como são as coisas, tem coisa mais fácil neste mundo do que fazer um purê de batatas? Até quem nunca cozinhou é capaz de fazer, e o escondidinho é super fácil e barato. Basta o purê e um molho de frango. Mais fácil do que isso, impossível. Para ficar mais simples ainda, vamos aliar a dica às marmitinhas de alumínio pois se vamos vender para quem come pouco (no caso de pessoas que moram sozinhas) ou se for para quem come muito também, a gente pode usar de vários tamanhos essas marmitas. Então, sem mais delongas, vamos à dica? Não tem que pensar demais, se fizer isso outro vem e pega a sua oportunidade ok? Anote aí a minha receitinha, faça e venda!
 .
 ESCONDIDINHO DE FRANGO NA MARMITA
(Receita de Mell Santos)
.
.
Ingredientes do Purê:
    1kg de batatas
    1/3 do copo de leite
    1 colher de manteiga
    1 colher de chá de sal

Ingredientes do Recheio de Frango:
    1 peito de frango cozido e desfiado (grande)
    1 lata de milho verde
    1 lata de ervilha
    Molho de tomate
    1/2 cebola picadinha
    Azeite ou óleo
    Tempero a gosto
    Queijo parmesão ralado

Modo de preparo - Cozinhe as batatas e ainda quentes passe-as pelo espremedor. Coloque tudo em uma panela e junte o leite, a manteiga e o sal e faça um purê (não deve ficar nem ralo e nem muito firme) e reserve.

Em uma panela doure a cebola com azeite e acrescente o frango desfiado, o milho verde, a ervilha, e o molho de tomate e mexa bem. Coloque um pouco de água e tempere a gosto. Deixe ferver ate que o molho fique bem sequinho, Desligue e acrescente o cheiro verde e reserve.

MONTAGEM
- Não precisa untar a marmita. No fundo, coloque uma camada de purê de batatas. Por cima dela uma camada de frango e termine com mais uma camada de purê. Sobre ele salpique queijo parmesão ralado e, se desejar, milho verde também.
Se for para vender fresquinho, leve ao forno até o queijo gratinar. Ou vc pode vender só montado (não congelado, veja minha opinião abaixo sobre congelamento) e a pessoa que comprar leva ao forno. Coloque as instruções numa etiqueta na tampa.

RENDIMENTO
- Depende do tamanho escolhido da marmita e também da espessura que vc vai colocar tanto o purê quanto o recheio de frango. Mas a minha receita daria pelo menos umas 10 marmitinhas de 250g ou 5 de 500g.

VALIDADE - 3 dias sob refrigeração

CONGELAMENTO - Purê de batatas dá para congelar, mas se fosse sozinho, mas há o mito de que tudo que é feito com batata não se congela bem. Quanto ao escondidinho, a minha opinião é que é um alimento para ser vendido fresquinho pq é muito prático e fácil de fazer. Pense assim: você comeria algo que foi congelado e que tivesse perdido um pouco do sabor de quando foi feito? Se sim, então congele. Mas se não, não congele. Trate o seu freguês como se fosse você e eu acho que ele merece o melhor. Mas a minha opinião é que o escondidinho corre o risco de ter o sabor prejudicado pelo congelamento por se tratar de batatas, então eu não indico ok?

POR QUANTO DEVO VENDER - Gente, sempre falo que esta é a pergunta que mais recebo e não gosto de sugerir preço porque simplesmente pq temos que levar em consideração um monte de fatores como preço dos ingredientes usados, a quantidade deles, o público para quem vamos vender, entre outros ok? Por isso indico que vc leia a postagem onde ensino a calcular de uma maneira fácil o preço de custo e de venda do seu produto, ok? A postagem está neste link http://www.saidademergencia.com.br/2016/03/quanto-cobrar-pelo-meu-produto-caseiro.html
.
GANHE DINHEIRO O ANO INTEIRO
FAZENDO E VENDENDO MARMITINHAS SALGADAS
DE PRATO ÚNICO
.
Conheça o conteúdo e adquira meu curso no link abaixo:
.
Bem, vou ficando por aqui. Espero que tenham gostado e espero também que aproveitem a dica. Tenho certeza que vai dar super certo. Um bjo no coração e sucesso a cada um.
LIBERDADE DE EXPRESSÃO - Também é importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Nos referidos textos constitucionais, lê-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX).
A maioria das imagens deste blog foram encontradas na internet, portanto, sao públicas. Mas, se, porventura, alguém reconhecer como sua propriedade, favor entrar em contato comigo para que sejam dados os devidos créditos ou que seja retirado o conteúdo. Obrigada.

.

VOCÊ É O MEU VISITANTE DE NÚMERO