Seja bem vindo ao blog "SAÍDA DE EMERGÊNCIA". Este é um blog todo produzido para ajudar a você que decidiu trabalhar em casa. Espero que encontre aqui a ideia que está buscando. Conte comigo. Um abraço da Mell.

CONHEÇA MINHA HISTÓRIA E PORQUE CRIEI ESTE BLOG PARA AJUDAR AS PESSOAS

Meu nome é Melita, mas muitos me conhecem como Mell Santos. Quero muito que você conheça um pouco da minha história de vida, como me tornei uma mulher empreendedora e porque decidi criar um blog para ajudar as pessoas a vencer na vida . Sou mineira, hoje tenho 54 anos, sou dona de casa, divorciada, microempresária e tenho dois filhos que são a minha alegria de viver. Sempre gostei de escrever, mas em 2009 resolvi criar este blog com o objetivo de encontrar e ajudar outras mulheres com histórias parecidas com a minha. Tendo como base a minha experiência de vida, mostro em várias postagens que precisei sozinha, aprender a ganhar dinheiro em casa. A idade e a experiência (mesmo tendo) não colaboraram para que eu conseguisse um emprego fixo, e pensão alimentícia (quando havia) mal dava para os alimentos. Enfim, eu não sou ex-mulher de nenhum jogador de futebol famoso, mas a verdade é que fiquei sozinha com dois filhos pequenos e sem dinheiro. Não foi uma história fácil de ser vivida e só quem passou por isso é que sabe como é doloroso. Assim, me tornei por muito tempo uma "pãe" (pai e mãe), e além de cuidar deles, teria que trabalhar. Sem solução e sem a ajuda de ninguém, por quinze anos me desdobrei para criar, educar e ajudar no sustento dos dois homens da minha vida. O que você faria se tivesse que viver uma situação dessas, viver "tempos de vacas magras"? O que você faria se precisasse trabalhar e não pudesse sair de casa? Enfrentei o abandono de quem eu julgava serem meus amigos, tive momentos de desespero por causa de dívidas e despreparo financeiro, sofri momentos angustiantes e uma depressão muito forte, mas consegui, mesmo com muito sofrimento dar a volta por cima, trabalhando sempre...dentro de casa. Teve que haver uma saída para mim, e eu lhe digo que para você que enfrenta uma situação parecida, também há. Por isso, dei ao blog o título de "SAÍDA DE EMERGÊNCIA" porque tive que descobrir que meu sustento tinha que sair de dentro da minha casa pois além de trabalhar, eu precisava cuidar dos meus meninos, não tinha com quem deixá-los e nem condições para pagar alguém que cuidasse deles para mim. Assim, descobri várias "saídas" para fugir do desespero. Não, não fiquei rica! E nem quero. Sei muito bem que dinheiro ajuda, mas ele pode trazer também muita infelicidade. O dinheiro compra a cama, mas não paga o sono. Desde então, faço de tudo um pouco e nunca fiquei parada. Como o emprego fixo era bem difícil de se conseguir, criei os meus "bicos" até me tornar dona do meu próprio negócio. Por muito tempo o que eu ganhava podia até ser pouco, mas era um dinheiro justo e dava para nós três. Aprendi também a administrar. Ganhei meu dinheiro honestamente e o melhor, dentro da minha casa, tudo formalizado e assim pude cuidar e criar melhor os meus (agora) rapazes! Depois destes anos todos cuidando deles sozinha e sempre trabalhando, agora estamos na fase do quadro se inverter e meus filhos passando a ser responsáveis pela maior parte das nossas despesas, mas assim mesmo continuo ajudando com meu negócio próprio. Hoje, sou uma instrutora de gelados comestíveis e de culinária, consultora de pequenos negócios domésticos e dou cursos pela internet, Meus cursos são reconhecidamente aprovados e já levei muitas pessoas a vencer como eu. Já não ganho apenas uma "renda extra", eu sou uma microempresária de sucesso. E é isso que eu quero para você também. Portanto, as dicas deste blog não tem a finalidade de mostrar que uma pessoa pode ganhar "rios" de dinheiro da noite para o dia, mas, elas podem funcionar como "Saída de Emergência" num momento difícil. No desespero, muitas vezes não conseguimos ver que bem diante de nossos olhos, ou melhor, dentro da nossa casa está a solução, e por isso, vou tentar mostrar que existem grandes oportunidades para trabalhar assim, muitas vezes com pouco ou quase nenhum capital, podendo até mesmo, um dia, estas atividades se tornarem o sustento da sua família. Espero que todo o conteúdo do blog seja de grande utilidade para vocês.

(Acompanhe no final da página - Mudanças no meu Perfil. De acordo com as datas de postagem do blog, vocês verão como fui trabalhando e nos sustentando.
 
É proibida a reprodução total ou em partes de imagens e artigos deste blog em outros blogs, sites ou páginas do Facebook e outras redes sociais sem os créditos devidos ou sem autorização da autora do blog. (Cópias sem créditos caracterizam Plágio. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais)

Eu e o tempo...hoje me bateu uma inspiração...

Eu sou a prova viva de que tudo tem o seu tempo determinado, tudo tem um propósito na vida, tudo que é difícil de se enfrentar com o tempo diminui a intensidade...e finalmente passa...com o tempo. Aprendi muito com ele e fui descobrindo os seus significados.
 
Com ele eu aprendi a deixar se ser o que eu nunca deveria ter sido. No tempo passado, eu achava que vivia...que nada! Vivia em função de agradar os outros e deixava de me agradar. Coisas de mulher que ama demais os outros do que a si mesma. Foi com o tempo que eu aprendi que eu deveria me amar, e consegui. Sabe aquela coisa de auto estima no chão? Pois é, o tempo me ajudou a levantá-la. Hoje me amo e me respeito. E vivo! Do meu jeito, menos bonita e às vezes mais maltratada do que outras bonitas e bem tratadas, mas sou feliz assim, sozinha, com pouco e sem me preocupar com a opinião dos outros que pensam que eu parei no tempo, que esqueci de mim, que sou deprimida, que não quero um amor. Ops, gente apressada! É hora de dar tempo ao tempo, prá que ter um amor fora do tempo? Ainda há tempo...quem sabe ele até já exista? No tempo certo ele aparece!
Isso de me acharem deprimida é muito engraçado, coisa de quem realmente não me conhece. Poxa, não posso passar na rua sem sorrir que já sou deprimida? Coisa de gente de cidade pequena, que toma conta da vida dos outros, ou falta do que fazer, né? Ficar deprimido qualquer um fica e eu também tenho destes momentos. Também com tanta tribulação, como não se deprimir? Como não derramar uma lágrima de vez em quando? Ter a condição de deprimido é outra coisa, e essa eu não tenho, já sei lidar, aprendi com o tempo também. Se eu fosse uma mulher deprimida e desiludida na vida, eu não seria o que sou, tão de bem com a vida, de bem com o tempo. Vivo aqui quietinha, tão no meu mundo, quase uma eremita, prisioneira até (minha condição atual, meio presa entre quatro paredes), mas feliz! Posso por a cabeça à noite no travesseiro e dormir em paz, isso é tão bom, nem todo mundo pode! Consciência todo mundo tem, dorme quem pode não é? Então...é isso! Eu durmo em paz e sou abençoada enquanto durmo. Só eu sei o que Deus me prepara na madrugada, Ô Deus bom!!! Resultado do tempo que eu soube esperar passar e chegar.
 
Sou tão cheia de esperança, tão cheia de fé! Sou abençoada demais para murmurar, ô pecado feio! Não tenho que reclamar da vida, das lutas, das pedradas (árvore boa sempre leva pedrada, todo mundo quer do fruto mas eu dou do fruto a quem merece!). Não reclamo do tempo perdido e do tempo que passou devagar... o tempo me mostrou que valeu a pena tudo e que todas as coisas realmente tiveram que acontecer e outras dificuldades que surgirem certamente vão continuar tendo um tempo determinado para serem vencidas e mais uma vez descobrirei que cada uma delas tem um propósito. Cada passo que eu der, cada luta, cada vitória, cada dia o tempo vai me provar que ele não para.
 
Ah, o tempo... eu teria muito para falar de nós.
 
<3 Eu e o tempo, juntos, podemos muitas coisas...principalmente pq sei que o Senhor desse tempo anda comigo também. Sempre, em qualquer tempo.
 
 

6 comentários:

  1. Socorro Germanomarço 15, 2016

    Sou sua fâ. Parabéns pela determinação!

    ResponderExcluir
  2. Oi Socorro, obrigada por ler meu texto. Um bjo grande, Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  3. olá!!! boa tarde!!! quem sabe vocês podem me ajudar!!

    eu tenho 41 anos, sou casada moro com minha mãe e marido. em fevereiro descobri que estava gravida. já tenho uma filha com 21 anos que mora com o namorado.

    bom sei que é chato isso mas gosto de explicar tudo pra que não fique duvidas.

    descobri a gravidez com 7 meses. estou fechando os 9 no sábado.

    porque meu contato??

    é que eu comecei a trabalhar numa empresa sem saber que estava gravida. corro o risco de ser demitida ao voltar da licença.

    não temos como viver só com o salário do meu marido e a pensão de minha mãe que não consegue se aposentar.

    ainda tem a nenê!!

    preciso fazer algo urgente para ter uma renda e poder assim cuidar de minha filha e fazer companhia pra minha mãe.

    por isso pensei em trabalhar em casa, já que se me demitirem será difícil achar emprego com minha idade e ainda com criança pequena.

    adoro cozinhar!!

    pensei em me aperfeiçoar nas coxinhas!!

    eu sei que pode parecer abuso mas se puderem me dar dicas eu ficaria imensamente grata.

    sou uma pessoa de bem.

    podem entrar no meu face, fiquem a vontade.

    ai podem também perguntar mas como ela não tem um trabalho fixo com essa idade.

    simples passei meus 20 anos de casada em função de meus pais e de minha filha.

    mas sem dinheiro pra pagar meu INSS.

    meu marido conseguirá se aposentar em maio graças a Deus e pra mim faltam uns 19 anos.

    imaginem minha cabeça falta tanto tempo e corro o risco de perder o emprego.

    bom eu peço desculpas se de alguma forma estou sendo chata.

    apenas to pedidno umas dicas, sugestões.

    bom se não der pra me ajudar mesmo assim agradeço a atenção e reforço meu pedido de desculpas.

    FELIZ PÁSCOA!!

    ABRAÇOS!!

    JOANA P. SIEBEN KRETSCHMANN, SÃO RAFAEL, CRUZEIRO DO SUL, RS.

    ResponderExcluir
  4. Oi JOana, obrigada por comentar e por ter a confiança de deixa seu comentário aqui no blog. Bem, eu creio o seguinte amada: não adianta, não podem te demitir, e se isso acontecer, é só correr atrás dos seus direitos, ok? Obrigação deles era ter feito um exame antes de lhe contratar e outra, vc não fez por mal, vc não sabia. Não tem como perder uma causa dessas. Mesmo assim, vamos supor que aconteça, então como gosta de cozinhar, não foque somente nas coxinhas pq não vai ser todo dia que vai vender, ok? Pense nos bolos no potinho, por exemplo, que dá para variar nos recheios e vende o ano inteiro. Lembre-se porém que por um tempo vc não conseguirá sair de casa, então tem que ser algo que vc deverá vender em casa, certo? Bom, mas eu lhe digo, não se apresse, agora é hora de vc cuidar dessa vida que está chegando nas suas vidas numa altura dessa do campeonato né? Tenho certeza que ela veio para abençoar, uma criança é sempre bem vinda. Confie em Deus, procure administrar o pouco que vcs tem, fuja das coisas supérfluas e tudo vai dar certo. Um bjo e sucesso prá vc.

    ResponderExcluir
  5. é preciso sempre ter esperança!!

    SAIDA DE EMERGENCIA!! SIM!!!


    Parabéns pela coragem e a esperança que depositas
    naqueles que te leem e que te necessitam!

    Claudete Lemos

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pela visita e pelo comentário tão bonito e gentil Claudete. Volte mais vezes, viu? Bjos.

    ResponderExcluir

Antes de comentar, saiba que:

- Antes de serem publicados, os comentários necessitam de aprovação. Ou seja, seu comentário não aparecerá na hora em que você o postou (geralmente, são aprovados em menos de 24h);
- Conteúdo ofensivo, propagandas, e propostas de parceria não serão aceitos nos comentários. No caso de interesse em parceria, entre em contato pelo meu e-mail melitaluzia@hotmail.com

LIBERDADE DE EXPRESSÃO - Também é importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Nos referidos textos constitucionais, lê-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX).
A maioria das imagens deste blog foram encontradas na internet, portanto, sao públicas. Mas, se, porventura, alguém reconhecer como sua propriedade, favor entrar em contato comigo para que sejam dados os devidos créditos ou que seja retirado o conteúdo. Obrigada.

.