Seja bem vindo ao blog "SAÍDA DE EMERGÊNCIA". Este é um blog todo produzido para ajudar a você que decidiu trabalhar em casa. Espero que encontre aqui a ideia que está buscando. Conte comigo. Um abraço da Mell.

CONHEÇA MINHA HISTÓRIA E PORQUE CRIEI ESTE BLOG PARA AJUDAR AS PESSOAS

Meu nome é Melita, mas muitos me conhecem como Mell Santos. Quero muito que você conheça um pouco da minha história de vida, como me tornei uma mulher empreendedora e porque decidi criar um blog para ajudar as pessoas a vencer na vida . Sou mineira, hoje tenho 54 anos, sou dona de casa, divorciada, microempresária e tenho dois filhos que são a minha alegria de viver. Sempre gostei de escrever, mas em 2009 resolvi criar este blog com o objetivo de encontrar e ajudar outras mulheres com histórias parecidas com a minha. Tendo como base a minha experiência de vida, mostro em várias postagens que precisei sozinha, aprender a ganhar dinheiro em casa. A idade e a experiência (mesmo tendo) não colaboraram para que eu conseguisse um emprego fixo, e pensão alimentícia (quando havia) mal dava para os alimentos. Enfim, eu não sou ex-mulher de nenhum jogador de futebol famoso, mas a verdade é que fiquei sozinha com dois filhos pequenos e sem dinheiro. Não foi uma história fácil de ser vivida e só quem passou por isso é que sabe como é doloroso. Assim, me tornei por muito tempo uma "pãe" (pai e mãe), e além de cuidar deles, teria que trabalhar. Sem solução e sem a ajuda de ninguém, por quinze anos me desdobrei para criar, educar e ajudar no sustento dos dois homens da minha vida. O que você faria se tivesse que viver uma situação dessas, viver "tempos de vacas magras"? O que você faria se precisasse trabalhar e não pudesse sair de casa? Enfrentei o abandono de quem eu julgava serem meus amigos, tive momentos de desespero por causa de dívidas e despreparo financeiro, sofri momentos angustiantes e uma depressão muito forte, mas consegui, mesmo com muito sofrimento dar a volta por cima, trabalhando sempre...dentro de casa. Teve que haver uma saída para mim, e eu lhe digo que para você que enfrenta uma situação parecida, também há. Por isso, dei ao blog o título de "SAÍDA DE EMERGÊNCIA" porque tive que descobrir que meu sustento tinha que sair de dentro da minha casa pois além de trabalhar, eu precisava cuidar dos meus meninos, não tinha com quem deixá-los e nem condições para pagar alguém que cuidasse deles para mim. Assim, descobri várias "saídas" para fugir do desespero. Não, não fiquei rica! E nem quero. Sei muito bem que dinheiro ajuda, mas ele pode trazer também muita infelicidade. O dinheiro compra a cama, mas não paga o sono. Desde então, faço de tudo um pouco e nunca fiquei parada. Como o emprego fixo era bem difícil de se conseguir, criei os meus "bicos" até me tornar dona do meu próprio negócio. Por muito tempo o que eu ganhava podia até ser pouco, mas era um dinheiro justo e dava para nós três. Aprendi também a administrar. Ganhei meu dinheiro honestamente e o melhor, dentro da minha casa, tudo formalizado e assim pude cuidar e criar melhor os meus (agora) rapazes! Depois destes anos todos cuidando deles sozinha e sempre trabalhando, agora estamos na fase do quadro se inverter e meus filhos passando a ser responsáveis pela maior parte das nossas despesas, mas assim mesmo continuo ajudando com meu negócio próprio. Hoje, sou uma instrutora de gelados comestíveis e de culinária, consultora de pequenos negócios domésticos e dou cursos pela internet, Meus cursos são reconhecidamente aprovados e já levei muitas pessoas a vencer como eu. Já não ganho apenas uma "renda extra", eu sou uma microempresária de sucesso. E é isso que eu quero para você também. Portanto, as dicas deste blog não tem a finalidade de mostrar que uma pessoa pode ganhar "rios" de dinheiro da noite para o dia, mas, elas podem funcionar como "Saída de Emergência" num momento difícil. No desespero, muitas vezes não conseguimos ver que bem diante de nossos olhos, ou melhor, dentro da nossa casa está a solução, e por isso, vou tentar mostrar que existem grandes oportunidades para trabalhar assim, muitas vezes com pouco ou quase nenhum capital, podendo até mesmo, um dia, estas atividades se tornarem o sustento da sua família. Espero que todo o conteúdo do blog seja de grande utilidade para vocês.

(Acompanhe no final da página - Mudanças no meu Perfil. De acordo com as datas de postagem do blog, vocês verão como fui trabalhando e nos sustentando.
 
É proibida a reprodução total ou em partes de imagens e artigos deste blog em outros blogs, sites ou páginas do Facebook e outras redes sociais sem os créditos devidos ou sem autorização da autora do blog. (Cópias sem créditos caracterizam Plágio. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais)

COMO COMEÇAR UM NEGÓCIO DE BOLOS NO POTE EM SUA CASA



 .
Olá meus queridos leitores, desde que surgiram os Bolos no Pote no Brasil venho publicando artigos sobre o assunto e passando receitas ao meu público. Já se passou bastante tempo desde que eles se tornaram esse fenômeno de vendas e a tendência é continuar firme pois este é um produto que vende o ano inteiro, não importando se faz frio ou calor. Mas vamos ao que interessa? Abaixo eu descrevo para você algumas dicas muito importantes para se dar bem com essas delícias que podem ser feitas aí na sua própria cozinha. Espero que gostem.

O QUE É UM BOLO NO POTE? – Os Bolos no Pote surgiram nos Estados Unidos onde são popularmente chamados de “Cakes in a Jar”. Simplesmente são bolos gelados montados em camadas dentro de copos ou potes. Quando surgiram, eram muito usados em festas, em potes personalizados, a maioria em vidros, bem no estilo americano, mas como o brasileiro é um povo muito criativo, logo ao ser transformado numa ideia para fazer e vender, surgiu a opção de usar as embalagens descartáveis, o que foi ótimo pois geralmente são feitos em porções individuais. Na verdade, os bolos no potinho sempre existiram, muitas pessoas já faziam isso em casa para comer ou vender, só que agora está em alta e a tendência é forte.

COMO FAZER O BOLO NO POTE? - Para fazer o Bolo no Pote, é super simples, nem precisa de uma receita requintada. Sou adepta das coisas simples e baratas. Use aquela receita do bolo mais simples que vc sabe fazer ou até mesmo use massa de pacotinho se o preço for em conta.

QUANTO EU PRECISO PARA COMEÇAR UM NEGÓCIO DE BOLOS NO POTE? – Você quer entrar neste negócio mas não tem muito capital? A verdade é que a maioria das pessoas que decide fazer, não tem capital suficiente, está desempregado ou está precisando de uma renda extra. Então, entenda que vc não pode começar um negócio pensando já na "gourmetização" que está tanto na moda, ou seja, vc não pode querer começar o seu negócio com um produto que leve ingredientes caros, pois os produtos gourmet tem uma grande diferença dos tradicionais e estes, por sua vez, não deixam a desejar quando feitos com um ingrediente muito importante: o carinho. Tudo que a gente se dispõe a fazer deve ser obrigatoriamente feito com carinho. E tem que gostar de fazer. Escolher um negócio só porque está bombando, sem gostar, não vai dar certo, o.k.? Então, faça a opção de começar com um público menos exigente. Comece com bolos e recheios mais baratos e com embalagens acessíveis. E lembre-se, feito com carinho, mesmo que simples será um sucesso.

DÁ PARA COMEÇAR DO ZERO? - É quase impossível começar do zero, mesmo porque dentro de casa já temos alguns ingredientes e utensílios domésticos que nos proporcionam um começo simples. Com um capital entre R$ 50,00 a R$ 100,00 você pode começar o seu negócio de bolos no pote.

O QUE EU PRECISO ADQUIRIR PARA COMEÇAR MEU NEGÓCIO DE BOLOS NO POTE? – Você vai precisar de ingredientes para os bolos, para as caldas, coberturas e as embalagens. Alguns ingredientes vc já tem em casa como açúcar, ovos, farinha e leite. Mas o interessante seria vc comprar tudo para começar e daí já começa a administrar o seu pequeno negócio caseiro, o.k.? Outras coisas vc também já tem em casa na sua própria cozinha, que são o seu forno, fogão, geladeira, liquidificador, batedeira e outros utensílios domésticos.

Basicamente é isso que você vai precisar:

Para os bolos – Farinha, açúcar, ovos, leite, manteiga, margarina ou óleo e fermento. Se vc não sabe fazer bolos, pode usar a massa pronta para bolo (de pacotinho) se na sua área ela tiver um preço acessível porque aqui é barato este produto. Muitas pessoas também usam.
.
Para as caldas – Açúcar, condimentos como cravo, canela, leite condensado, leite de coco.
.
Para os recheios e coberturas – Chocolate em pó, leite condensado, creme de leite, leite em pó, algum produto para chantilly, amido de milho
.
Frutas – o uso das frutas no bolo no potinho é restrito. Muita gente usa, claro, mas fique atento. É melhor que elas sejam cozidas em água e açúcar do que usadas cruas. No caso de cruas, como morangos que são muito usados picadinhos ou metade para enfeita, faz com que seu bolo no pote tenha a validade de apenas UM dia.
.
Embalagens – Procure as casas de festa ou de embalagens, elas vendem pacotes com 50 ou 100 unidades de copos que já vem com a tampinha. Eu tenho usado os produtos da marca Prafesta, acho excelentes.
.
PARA QUEM EU VOU VENDER OS BOLOS NO POTE? - Tenha em mente quem será o seu público-alvo e pense em quanto esse público pode pagar. Depois de definido esse público, então comece. Vá às compras com tudo bem planejado.
Eu sugiro que você comece a oferecer às pessoas da sua família (não as da sua casa, esses vc usa como os “aprovadores” dos seus bolos no pote. Faça uma receita, coloque em potes pequenos e separe alguns. Dê aos membros da sua família para provar….e aprovar. Estas pessoas são as mais sinceras com quem convivemos, então dependendo da opinião delas, seu produto será aprovado ou não). 
Depois disso, comece a oferecer aos primos, tios, sobrinhos, enfim, à sua parentela. Atinja agora a sua vizinhança, as amigas, aos colegas de trabalho. Peça ao marido que leve ao trabalho (com permissão) para vender lá. 
Se vc está na faculdade, também tem a opção de levar e oferecer aos colegas pois muitos vão para a escola sem se alimentar. Com essas pessoas vai ser muito mais fácil vender, principalmente se você tiver um pouco de timidez.
Com o tempo, administrando direitinho o seu negócio, você também pode oferecer para ser vendido nos pequenos comércios do bairro, nas cantinas de escola, nos salões de beleza.
Pode também começar a pegar encomendas. Para isso peça pelo menos metade do pagamento antecipado e com pelo menos 15 dias de antecedência.

COMO EU POSSO DIVULGAR O MEU NEGÓCIO DE BOLOS NO POTE? – Se você vai vender em casa, não se acanhe. Coloque uma plaquinha no muro ou no portão, mas esteja sempre disponível para atender quando alguém lhe chamar para fazer uma compra. Receba seus clientes com gentileza sempre. Você também pode fazer no seu computador um pequeno panfleto com os sabores de bolo no pote que está produzindo. Se tiver condições, mande fazer numa gráfica. Se puder (ou quando puder) também prepare etiquetas para colocar nos potes. Peça autorização também aos comerciantes do bairro para que você possa colocar cartazes de divulgação do seu negócio no mural de avisos do estabelecimento deles. Qualquer meio que você usar para divulgação, deve conter os seus números de contato.


Tenha EXCELÊNCIA NO ATENDIMENTO e faça um produto gostoso, com bom acabamento. Os bolos no pote são molhadinhos, mas não podem ser muito. Isso faz com que ele vire uma “papa”. Não coloque a cobertura de modo que grude na tampa, isso também prejudica o visual dele. Seu produto sendo bom e você sendo atencioso com os clientes, com toda certeza, a propaganda boca a boca vai funcionar. Eles mesmos se encarregarão de trazer mais clientes para você e assim seu negócio vai ter um impulso e crescer mais rápido.

QUATRO DICAS IMPORTANTES

1 – Comece fazendo poucos sabores, no máximo três, pois vc ainda vai fazer público, certo? Use também potes pequenos de 100ml até 250ml. À medida que vc for criando esse público e eles forem perguntando se vc não tem um ou outro sabor, aí vc vai colocando na sua lista e fazendo para colocar à venda. Não faça um sabor diferente só porque uma pessoa ou outra pediu e nem faça potes maiores pelo mesmo motivo. Isso acarreta prejuízo para você pois pode ser que você só venda assim uma vez e o que você gastou com a receita e embalagens fique parado. Ofereça aos clientes os sabores que você tem. Quando uma pessoa pede um sabor e você não tem, ofereça outro. Se o seu produto for bom e o seu atendimento também, ele não vai recusar.

2 – Comece usando recheios base (eu tenho um no meu blog) pois assim vc cria vários com apenas um. Eu prefiro os recheios cremosos pois além de serem mais baratos eles rendem muito mais do que os feitos apenas com leite condensado e creme de leite que sem dúvida, são muito gostosos, mas não tem bom rendimento.

3 – Com uma receita de bolo vc pode fazer mais de um sabor, por exemplo, faça metade de potes com recheio de chocolate e metade com o sabor de morango. Isso só no começo até você conseguir mais público.

4 – Por quanto vender – Eu não costumo indicar preços de venda. Costumo sim, ensinar a cada um a ter o seu próprio preço. Muitas pessoas no Facebook tem uma prática errada. Estão comparando preços para poder vender seus bolos no pote. Uma pessoa de uma cidade do interior de Minas Gerais, não pode de maneira alguma vender pelo mesmo preço de uma pessoa que more na zona sul do Rio de Janeiro. Entra aí a questão de preços pagos nos ingredientes e a questão de público-alvo. Um mesmo produto pode ser vendido mais barato numa área e mais caro em outra da mesma cidade. Por isso é importante saber quem é o seu público e quanto ele pode pagar. Para saber por quanto vender, eu tenho um bom material onde ensino de uma forma fácil como calcular o preço de custo e venda dos bolos no pote. No final deste material você saberá como conseguí-lo.

Bem, até aqui deixei algumas dicas importantes para você que não sabia COMO COMEÇAR UM NEGÓCIO DE BOLOS NO POTE EM CASA, mas você precisa aprender mais.

Foi por causa desse tremendo sucesso de vendas a partir de casa, que eu resolvi colocar minha experiência no meu CURSO DIGITAL DE PRODUÇÃO DE BOLOS NO POTE que comercializo desde o início de 2014 quando comecei a escrever sobre o assunto. 
.
Neste curso, você vai aprender muito mais do que essas dicas que leu aqui nesta postagem. Lá você também vai encontrar todo o Passo a Passo de como montar os bolos no pote, várias receitas de massas, caldas, recheios e coberturas, inclusive para pessoas que tem intolerância à lactose ou açúcar também, como os diabéticos. Nós que vendemos bolos precisamos de receitas assim pois tem público para isso, não se esqueçam disso, é um diferencial e no meu curso vc encontra as receitas. 
Além disso, se adquirir o curso, você tem direito a alguns super bônus e isso vai melhorar ainda mais o seu negócio.

Para conhecer este curso digital, basta vc acessar o link abaixo. Clique a adquira o seu hoje mesmo:

CURSO DIGITAL BOLO NO POTE 

http://www.cozinhalucrativa.com.br/2015/07/apostila-digital-basica-de-producao-de.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, saiba que:

- Antes de serem publicados, os comentários necessitam de aprovação. Ou seja, seu comentário não aparecerá na hora em que você o postou (geralmente, são aprovados em menos de 24h);
- Conteúdo ofensivo, propagandas, e propostas de parceria não serão aceitos nos comentários. No caso de interesse em parceria, entre em contato pelo meu e-mail melitaluzia@hotmail.com

LIBERDADE DE EXPRESSÃO - Também é importante esclarecer que este blog, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Nos referidos textos constitucionais, lê-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX).
A maioria das imagens deste blog foram encontradas na internet, portanto, sao públicas. Mas, se, porventura, alguém reconhecer como sua propriedade, favor entrar em contato comigo para que sejam dados os devidos créditos ou que seja retirado o conteúdo. Obrigada.

.

VOCÊ É O MEU VISITANTE DE NÚMERO