DIREITOS AUTORAIS - É proibida a reprodução total ou em partes de imagens e artigos deste blog em outros blogs, sites ou páginas do Facebook,, Whats App e outras redes sociais sem os créditos devidos ou sem autorização da autora do blog. (Cópias sem créditos caracterizam Plágio. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais)

2 de junho de 2012

Dicas para quem vende Lingerie

A minha leitora Alessandra me pediu umas dicas para venda de lingerie pois ela tem uma pequena confecção e eu encontrei algumas muito boas que a ABEVD – Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas preparou para ajudar a quem precisa, como ela. Eu já postei dicas sobre lingerie no blog, e sinceramente não me lembro de ter trago estas dicas. De qualquer modo, espero que gostem, pois tenho certeza que elas vão ser uma mão na roda para você que já trabalha nesse ramo ou está interessado em entrar. Toda mulher gosta de uma lingerie bonita e sensual, e sabendo vender é bem capaz de você conseguir um bom dinheiro, viu? Você pode fabricá-las, se tiver algum capital, ou se não tiver, pode pegar os produtos em consignação em alguma confecção. Há também as marcas famosas que distribuem por catálogo as lingeries, mas o ideal seria mesmo você ter as peças em mãos. Ah, não é só mulher que pode vender lingerie não, homens também podem. E por que não? Então, leiam com atenção, ok? Tenho certeza que vão se dar bem. Um bjo da Mell, eu desejo um fim de semana maravilhoso para todos.

1. Tenha um bom estoque - A maioria das pessoas compram um produto por puro impulso e não gostam de esperar até que ele chegue, nem que sejam poucos dias. Então, comece já seu estoque.

2. Saiba interpretar o corpo -
Fique atenta à linguagem corporal: se a cliente interrompe a conversa, cruza os braços ou não olha nos olhos, ela não está interessada em sua oferta.

3. Conheça os gostos da cliente - Faça um cadastro com nome, endereço, telefone e informações sobre os gostos da cliente, como cor preferida, manequim ou tipo de pele. Mande cartões de aniversário e ligue para oferecer reposições antes que os produtos acabem.

4. Ofereça um produto mais barato - Zele pelo dinheiro da sua cliente: quando a conta estiver alta, ofereça uma alternativa mais barata. Ela vai confiar em sua honestidade e não ficará indecisa quando você sugerir o produto mais caro do catálogo.

5. Invente cestas temáticas - Esta é boa para os produtos que estão encalhados ou fora de linha: junte vários deles em uma cesta e crie um nome para o kit.. Solte a imaginação e crie nomes glamourosos!

6. Cole etiquetas nos produtos -
Ponha uma etiqueta com seu telefone nos produtos, para que as clientes possam ligar, mesmo que não sejam de fabricação sua. É apenas para que elas tenham o seu contato.

7. Troque dicas pela internet - Use as redes sociais para divulgar seu trabalho. Você pode trocar informações com quem já é revendedora também, ler dicas e informações que vão lhe ajudar na horas das vendas.

8. Entre com contato com empresas para revender - Quais são as maiores empresas da sua cidade? Entre em contato com o grêmio ou o representante de Recursos Humanos (RH) para apresentar os produtos aos funcionários na hora do almoço. Não esqueça de deixar um brinde no RH.

9. Invista nos salões de beleza -
Deixe catálogos com cabeleireiras e manicures – e não se esqueça de agradá-las com brindes.

10. Local adequado para vender - Quando for receber suas clientes, tenha um espaço gostoso em casa para receber clientes.

11. Conheça seus produtos - Use os produtos que você vende. Seja a sua vitrine. Isso passa confiança. E explique como o produto deve ser usado e armazenado.

12. Seja simpática - Preço baixo atrai a cliente, bom atendimento a segura: seja atenciosa, gentil e pontual. Mas, não tente virar amiga da cliente. Não funciona.

13. Promoções - Avise as clientes por e-mail das promoções que fizer. E faça bingos ou rifas com os produtos encalhados.

14. Divulgue - Em vez de gastar o dia visitando dez clientes, faça dez clientes ligarem para você: Divulgue seu telefone sempre e, se possível, tenha sempre um cartão de visitas simples com seu nome, telefone, e-mail e atividade.

15. Lucre com os descontos - Estoque o produto quando ele está na promoção, para que você possa revende-lo com uma boa margem de lucro.

16. Homens são objetivos, mulheres são indecisas -
Se um homem quer um produto específico, não vai mudar de ideia, mesmo que você ofereça um similar. Já mulheres querem ter opções. Mas não mostre mais de três produtos, porque elas ficam indecisas.

17. Atendimento exclusivo - Mulheres preferem atendimento exclusivo, procure atender sempre uma de cada vez.

18. Faça uma assinatura nos seus e-mails - Nos e-mails que você responde, ponha no final uma assinatura padrão, com seu nome completo, o nome da empresa que representa e um telefone de contato.

19. Trate o não como um sim - Esteja preparada para receber muitos nãos, principalmente no começo. Mas reaja da mesma forma que quando receber um sim: sempre de forma alegre e educada.

20. Seja sincera - Somente dê sua opinião quando ela for solicitada de maneira direta. Se achar que o produto não ficou bom na cliente, procure dizer isso de maneira gentil.

.