DIREITOS AUTORAIS - É proibida a reprodução total ou em partes de imagens e artigos deste blog em outros blogs, sites ou páginas do Facebook,, Whats App e outras redes sociais sem os créditos devidos ou sem autorização da autora do blog. (Cópias sem créditos caracterizam Plágio. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais)

6 de julho de 2012

Aprendam com minha amiga Alessandra Cristina

Hoje eu quero falar de uma pessoinha especial que conheci há pouco tempo como leitora do meu blog, a minha mais nova amiga de caminhada Alessandra Cristina. Há algum tempo atrás ofereci um espaço no blog para quem quisesse contar um pouco de sua história, mas inacreditavelmente ninguém se ofereceu. Não sei se por medo ou vergonha, mas acho que perderam uma ótima oportunidade de ganhar uma divulgação do seu trabalho. Com a Alessandra foi diferente: ela se ofereceu e eu mais do que depressa aceitei o seu pedido. Por incrível que pareça, a maioria das pessoas que conheci na net são de outros estados, e a Alessandra mora aqui tão pertinho de mim, em Belo Horizonte. Fico feliz por conhecer pessoas de perto, pois fica mais fácil, quem sabe um dia nossa amizade não seja apenas virtual. Ela é casada e já teve alguns empregos, mas nunca em algo que ela realmente gostasse. Um dia o desemprego também bateu à sua porta e ela começou a correr atrás de outros, mas nada...apenas entrevistas e ficava só nisso. Se vendo nesta situação difícil, teve que procurar uma "saída de emergência". Pensou logo em começar a fazer peças íntimas para vender e a primeira coisa que fez foi procurar um bom curso, e ela encontrou no SENAC essa oportunidade. Ali ela aprendeu tudo que precisava. Mesmo com dificuldades e apenas uma máquina de costura doméstica ela começou a fabricar suas peças. Mais tarde, seu esposo a presenteou com uma overloque e depois uma galoneira que facilitou muito mais para ela o seu trabalho. Sua amiga Marta também foi responsável pelo aprimoramento dela no ofício, e Alessandra não se esquece disso. Ela também diz que este ramo requer um capital não muito pequeno para começar, pois é preciso muitos aviamentos e linhas diferentes para cada modelo e cor escolhida. E deixa a dica para quem quer trabalhar com isso: comece com cores simples e modelos básicos para não ter muitos gastos. A divulgação dos seus produtos tem sido com seus amigos e conhecidos. Conversando com ela pelo telefone, ela foi bem franca: "só não apresento meus produtos em velório, por respeito, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk". Hoje ela também aderiu a uma dica minha no blog, a de ter sempre algumas lembrancinhas baratinhas em casa para vender e também vende calçados para complementar sua renda. Estas coisas tem funcionado para ela como "Saída de Emergência" e tem servido para ajudar no sustento da casa.
Hoje, Alessandra já é uma MEI - MICROEMPREENDEDORA INDIVIDUAL, graças à facilidade que o Governo Federal deu aos pequenos empresários para sair da informalidade, e é dona da "Cris Moda Íntima". Vou deixar aqui uma amostra de alguns modelos que a Alessandra cria e produz. Claro que ela faz modelos diferenciados, mas meu espaço é pouco. Quem tiver interesse em conhecer mais sobre o que ela faz ou até mesmo fazer suas encomendas, é só entrar em contato pelo e-mail dela. O endereço é alessandra.cris17@hotmail.com


Alessandra, muito obrigada por colaborar comigo, mostrando aqui um pouco do que vc faz, dando exemplo para outras mulheres por este Brasil afora, e lá fora também. Vou ficar aqui sempre na torcida pelo seu sucesso. Deus te abençoe. Bjos da Mell para todos.
AO DEIXAR UM COMENTÁRIO, POR FAVOR, DEIXE UM E-MAIL DE CONTATO PARA RESPOSTA.

.