Seja bem vindo ao blog "SAÍDA DE EMERGÊNCIA". Este é um blog todo produzido para ajudar a você que decidiu trabalhar em casa. Espero que encontre aqui a ideia que está buscando. Conte comigo. Um abraço da Mell.
Este blog foi produzido para você que resolveu trabalhar em casa por vários motivos. As postagens são voltadas para mães que precisam de uma atividade lucrativa ou para desempregados. Aqui vc encontrará uma "saída de emergência" para a crise.

O temível e complicado FIADO...


Bom Dia, amados. Hoje vou postar mais uma vez sobre o FIADO, esta praga do comércio. Nós que temos nosso comercinho em casa, seja ele de que tipo for, bijouterias, salgados, manicure, cabeleireiro, brechó, enfim, qualquer atividade que seja, tem sempre um pedindo o temível FIADO. Meu Deus, existe algo mais difícil para alguém recusar? Se cedermos uma vez, pronto. Está instalada a tragédia, porque mais dia, menos dia, alguém vai "dar o cano". Perde-se a mercadoria, o dinheiro e o freguês. Se for amigo ou parente, então...nem se fala, né mess? Por mais que a gente tente não tem jeito, alguém vai pedir. Tem alguns que são assim: vem à sua casa, olha a mercadoria, separa o que vai levar e tasca: "Dia tal eu trago o dinheiro". Ô meu Deus do céu, e agora, o que fazer ou falar? Que agonia esse tipo de coisa! Como fazer para dizer que NÃO VENDO FIADO? Se eu disser que NÃO, vou perder a venda! Mas porque estou falando de fiado hoje??? Porque mesmo não querendo e mesmo tendo uma placa de todo tamanho dentro da loja, já tenho quatro fiados. Vou apelar prá oração! "Meu Deus, eu preciso de uma solução. E meus leitores que ganham um dinheirinho suado dentro de casa também!"
Bom, pelo menos no meu caso, já sei o que fazer, porque com esse negócio de ter brechó em casa, aprendi a cobrar que é uma beleza. Me encho de coragem e lasco a cobrança, porque se a pessoa não teve vergonha de pedir fiado, porque euzinha aqui vou ter vergonha de cobrar? Subo até ladeiras, por várias vezes mas recebo meu dinheiro. Fala sério, heim? Em muitos lugares ainda existe a prática da cadernetinha, que tal fazer isso? Você pode usar também uma nota promissória. Sinceramente, sei que é usada, mas não sei como se trabalha com ela. Tenho um amigo que começou em casa, hoje tem uma pequena sapataria e trabalha até hoje com notas promissórias e os que "dão o cano" vão parar no cartório, são cobrados em juízo. Se tiver que anotar mesmo, deixe registrado em duas vias numa notinha, mesmo que seja uma notinha de balcão, com data marcada, telefone de contado e a assinatura de quem está comprando. É uma tentativa, né? Porque, passou a data e não apareceu, é só ligar.
Se você já é Microempreendedor Individual tem a opção de usar até mesmo uma máquina de cartão, isso não é bom? Aí a pessoa já não vai ficar devendo a você, mas à operadora do cartão e que se dane se não pagar. Nesse assunto de cobrança eu já apelei até para o Facebook, e consegui, kkkkkkkkkkkkkkkkk Se alguém que eu cobrei estiver lendo meu post de hoje, sabe do que estou falando, e sabe também que agora vai ser assim, né? Agora, não vá usando de grosseria. Cobre com educação, é assim que tenho feito. Se você chegar com grosseria, vai receber o troco. E com educação, vai ser mais bem aceita a sua cobrança. Diga que você depende daquele dinheiro, explique a situação, e se possível, após receber, e a pessoa pedir novamente, deixe explícito que NÃO VAI VENDER FIADO MAIS!!! E é a verdade, não é? Você depende desse dinheiro, sim! Se perder o freguês, vão surgir outros, não tem problema. Mas uma plaquinha, com certeza, talvez não impeça, mas vai dificultar um pouquinho mais o pedido para levar alguma mercadoria sua para pagar depois. Então vou deixar alguns modelinhos aqui para você copiar e fixar em lugar bem visível no seu comercinho, ok? Fico aqui desejando toda sorte do mundo para você, que como eu, ganha seu dinheirinho de forma justa. Um bjo grande e doce da Mell.





AO DEIXAR UM COMENTÁRIO, POR FAVOR, DEIXE UM E-MAIL DE CONTATO PARA RESPOSTA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, saiba que:

- Antes de serem publicados, os comentários necessitam de aprovação. Ou seja, seu comentário não aparecerá na hora em que você o postou (geralmente, são aprovados em menos de 24h);
- Conteúdo ofensivo, propagandas, e propostas de parceria não serão aceitos nos comentários. No caso de interesse em parceria, entre em contato pelo meu e-mail melitaluzia@hotmail.com

VISITAS RECEBIDAS NO BLOG

.