DIREITOS AUTORAIS - É proibida a reprodução total ou em partes de imagens e artigos deste blog em outros blogs, sites ou páginas do Facebook,, Whats App e outras redes sociais sem os créditos devidos ou sem autorização da autora do blog. (Cópias sem créditos caracterizam Plágio. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais)

"Dia do Sorveteiro" - Parabéns meus colegas de trabalho!

Hoje, dia 23 de setembro é comemorado o DIA DO SORVETEIRO (portanto, dia do sorvete também) e eu parabenizo aqui a todos os meus alunos espalhados por este Brasil afora que estão fabricando e ganhando seu dinheirinho HONESTAMENTE, produzindo sorvete de qualidade. A todos vcs eu desejo SUCESSO sempre e podem continuar contando comigo e com toda a minha consultoria.
.
Aqui, uma foto de anos atrás quando eu comecei, na SORVETERIA e LANCHONETE APRISCO 1. E depois veio a SORVETERIA e LANCHONETE APRISCO 2, que hoje tem outro nome. Aliás, o sorvete considerado o melhor da cidade, começou nas minhas mãos, dentro de um cômodo pequeno na minha casa, onde vendi sorvetes e picolés pela janela do meu quarto por um ano e meio. Claro que não foi só eu, mas a ideia de fazer sorvetes partiu de mim que já fazia geladinhos (chup-chup) e meu ex-marido teve a percepção de que seria um negócio vantajoso e investiu nisso. Trabalhamos pesado, nós dois, até alugarmos a primeira loja, a segunda depois e arrebentar nas vendas. Por isso, afirmo que a honra de ter começado tudo eu não divido com quem não me ajudou e nem admito que me roubem o rótulo. 
.
Quem conhece a minha história sabe que é verdade o que eu digo. Esta história teve início em 1991 dentro da casa onde moro hoje. Não importa se o negócio cresceu MAIS depois de mim, mas não posso negar que ele cresceu comigo também. Para mim, o que importa é ONDE e COMO nasceu este negócio: das minhas mãos, através de geladinhos e depois dos sorvetes e picolés. Meu ex-marido, junto comigo começou tudo aqui. Não posso negar nem esconder isso, seria desvalorizar todo o trabalho que eu fiz. E eu acho que eu mereço ser lembrada, tanto quanto ele. Ninguém esquece o início de tudo, e comigo não vai ser diferente.
.
Agradeço a Deus por tudo. Por ser parte importante na criação deste negócio em Santa Luzia, e também agradeço por ter perdido tudo também, pois entendo os planos dEle para minha vida. Na vida, há perdas que geram lucros. Se eu não tivesse perdido, hoje não estaria dando capacitação a centenas de pessoas no Brasil e fora dele. Hoje, já não fabrico em grande escala, não tenho fábrica e nem lojas, mas sou INSTRUTORA e CONSULTORA ensinando a todos que desejam aprender este ofício.
.
Por isso, obrigada meu Deus por tudo, pelo Seu amor por mim, por me capacitar e por ser Justo e Fiel comigo. Parabéns amigos sorveteiros. Façam história com o seu negócio também. Que Deus abençoe o trabalho de nossas mãos.

.