DIREITOS AUTORAIS - É proibida a reprodução total ou em partes de imagens e artigos deste blog em outros blogs, sites ou páginas do Facebook,, Whats App e outras redes sociais sem os créditos devidos ou sem autorização da autora do blog. (Cópias sem créditos caracterizam Plágio. Este crime está previsto no artigo 184 do Código Penal de acordo com a Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais)

3 de janeiro de 2014

Meu ninho começa a ficar vazio...


Ser mãe de menino prá mim é maravilhoso. Aprendi a jogar bola, brincar de carrinho e futebol de botão. Aprendi o nome de diferentes tipos de caminhões, carros, aviões e demais veículos. Conheci todos os super-heróis pelo nome, uniforme e superpoderes, principalmente os japoneses. Aprendi a ser camarada de monstros, lobos, vilões e demais seres fantásticos, fui pirata, motorista, piloto de avião, super-herói e dinossauro. Assumi papel de herói ou vilão, e a cada dia uma nova emoção. Tive que ter pique prá jogar bola e correr, e jogar bola e correr, e correr e correr, e correr, e correr mais um pouco. Ser mãe de menino é sentir-se uma princesa protegida de monstros e bicho papão, pois tenho dois príncipes valentes que não me deixam na mão. Descobri que a cor azul é tão linda quanto a rosa, ganhei muito beijo na boca, tive a face acariciada e fui chamada de linda muitas vezes ao dia. Ser mãe de menino é ouvir das outras pessoas que o sexo masculino é estúpido e mal educado, mas provar com muito carinho que isso depende muito da educação que eles receberam! Eu AMO ser mãe de menino! (Texto encontrado na net e adaptado por mim)

Criei sozinha meus dois meninos até hoje...amanhã meu filho mais velho já não mora mais comigo. E eu me sinto muito feliz pelas conquistas dele. Não demora muito e o outro vai também. A vida é assim, temos que estar preparados para este momento quando o nosso ninho começa a ficar vazio. Cuidei dos meus meninos, sozinha, desde que eles tinham 10 e 7 anos. Isso foi por muitos anos, treze na sua totalidade. E como sou feliz e realizada por eles terem se tornado dois homens de bem, sem vícios, inteligentes, estudiosos e acima de tudo, estrategistas pois não fazem nada sem planejar. Cada um à sua maneira, está vencendo pelos seus próprios esforços. Muitas vezes a caminhada foi dolorosa para eles, mas venceram.
Eu não queria, mas eles escolheram seguir a carreira do pai. Isaac a partir de segunda-feira entra para a Academia da Polícia Militar de Minas Gerais e daqui a nove meses será um Policial Especialista pois ele é um Técnico em Eletrônica. O bom é que não vai prás ruas, mas se precisar, vai ter que ir né? Agora, muito dificilmente volta a morar aqui de novo, e essa é a preocupação do Irving, o mais novo, em relação a mim. Eu ri quando ele me disse isso, mas estou preparada. Claro que o coração dói um tiquinho, né? Mas não tem jeito, eles iriam crescer. Fui me preparando, talvez até sem querer. Sempre os orientei para viverem sozinhos caso um dia eu viesse a ficar doente ou morresse assim de surpresa, porque a gente sabe que um dia isso pode acontecer, talvez sem a gente esperar. Nós tivemos que nos virar na vida, eles ainda eram muito pequenos, mas fui passando para eles o meu aprendizado, e vencemos, graças a Deus. E sou muito orgulhosa deles. Tenho certeza que o pai, tão perto, mas infelizmente ainda tão distante, também se orgulha dos meninos dele, afinal...ele só tem eles na vida. Eles tem o sangue dele. São a nossa herança maior, aliás, o único bem que nós temos.
Que Deus ampare o Isaac nessa nova etapa da vida dele. Que dê a ele muita sabedoria nessa nova profissão e o livre de todo mal. Eu, como mãe, continuarei aqui, orando e sempre esperando por ele, com seu jeitinho todo especial de ser.
Obrigada a você por tirar um tempinho e ler minhas palavras de mãe. Sempre compartilhei com vcs, meus leitores, muitas coisas da minha vida, afinal isso aqui é um blog, praticamente um diário né? E eu senti vontade de contar. Um bjo bem grande no seu coração.

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

.