Oportunidades são raras. Esta pode ser a sua.

Resultado do Sorteio da "Apostila de Bolos no Pote"

Bom dia, pessoas lindas que me seguem. E aí, tá tudo bem? Claro que tá, né? Mas se vc achar que não está ainda, não esquenta, pq tudo se ajeita nessa vida, é só ter calma que as coisas melhoram sim. Não se deixe abater por nada,  pense positivo pq já deu tudo certo ok? 
Bem, hoje tô passando para entregar o resultado do Sorteio da minha "Apostila Digital de Bolos no Pote". Tivemos somente 10 participantes, parece que o povo não gosta muito de participar dos sorteios aqui no blog, mas se por um lado parece ruim, para as participantes foi bom né, pq foram poucas concorrentes e elas tiveram mais chance. Mas apenas uma leva o prêmio, né verdade? Quero agradecer a todas as que participaram e parabenizo a ALECKSIA BATISTA que foi a ganhadora. Espero que ela goste do presentinho que será enviado para o e-mail dela e aí é só baixar a apostila e se quiser, poderá imprimi-la. 
O sorteio foi, como sempre, feito pelo site RANDOM.ORG onde são colocados os números correspondentes dos participantes e gerado apenas um que é do ganhador. Podem conferir abaixo, ok? A participante de número 5 foi a sorteada (vejam abaixo, que foram 10 e o número sorteado vejam em RESULT- 5)

As participantes foram:
  
01 - Mônica Duarte - Rio de Janeiro/RJ
02 - Eloa Ywamoto -  São Paulo/SP (ou Japão)
03 - Ladjane - Rio de Janeiro/RJ
04 - Elda Lopes - Osasco/SP
05 -  Alecksia Batista - Manaus/AM
06 - Maria Ribeiro - Cerqueira César/SP
07 -  Núbia Aguiar - Manaus/AM
08 - Angela Silva - Uberlandia/MG
09 - Raquel - Osasco/SP
10 - Jaqueline Marcondes - São Bernardo do Campo/SP (enviada por e-mail)


E o sorteio foi feito aqui:


Bom, por hoje é só amigos. Fiquem com Deus e vamo que vamo. Bjo grande da Mell.

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Amostra grátis da APOSTILA DE BOLOS NO POTE

Oi gentem!  Chegando animada, com um pouco de frio mas cheia de calor humano, hehehe. E como sempre, trouxe presente pq vcs merecem. Olha, hoje estou aqui com uma amostra grátis da minha nova Apostila Digital de Bolos no Pote que tá bombando, viu? O pessoal tem gostado, me agradecido muito pelas dicas, então arrumei um jeitinho melhor de mostrar um pouquinho do que ela é, só procês terem noção do material, ok? Tem gente que pensa que é uma apostila impressa, mas não é. Ela é em PDF, e você precisa ter baixado o programa ADOBE READER para conseguir abrí-la. Ela está prontinha para ser impressa, se vc assim desejar. São 41 páginas ilustradas e cheias de coisas boas. Quanto a essa amostra, não tem como eu colocar tudo né gente, mas algumas partes da apostila eu coloquei. Fiz um arquivo em PDF, mas infelizmente a plataforma Blogger ainda está devendo prá gente um dispositivo prá fazer download de arquivos, né? Quem sabe um dia...mas enquanto não tem jeito, eu coloquei a amostra grátis no Slideshare mesmo e dá prá ter noção direitinho de como ela é. Aqui vou colocar bem maior procês. Espero que gostem.
Bem, adquirindo a apostila vcs levam duas planilhas para ajudar a calcular os custos e ensinando também a formar o preço de venda. Junto vai uma apostila da ANVISA, o órgão da vigilância sanitária que ensina a gente a como trabalhar direitinho com alimentos e ainda, de lambuja, quatro (eu disse QUATRO) documentos para vc baixar contendo etiquetas diferentes para você personalizar, imprimir e colar nos seus potes de bolo, tá bem? Bom, é isso por hoje e vou ficando por aqui. Desejando saber mais ou se quiser comprar a apostila é só clicar neste link aqui ó 



Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Aos pais, com carinho...

 Maniqueísta 
(Moema)

Ama-se o vivo, o morto,
O reto e o torto,
O de longe, o de perto
Errado ou certo,
Estima-se o meigo, o rude,
o sábio ou leigo
O que adota, o que enxota,
Se amaldiçoa ou abençoa
Não raro o possessivo,
o ciumento,
se é avoado ou desligado.
Nos amando, suportando
ou nem tanto
O que provoca ou aplaca
nossa ira
Se nos cura ou nos pira
O que aumenta
ou nossa dor alimenta
Se é nosso azar ou a sorte
Se nos faz querer a vida
ou a morte
Mas é o que parte
e nunca se vai
seja como for,
quer-se sempre,
e muito,
o próprio pai!
Que esteja com o Pai, pai.
  Sempre te amei!

Com o poema da minha amiga Moema Castro Leite eu apareço hoje aqui prá lembrar dos pais. Agradeço a Deus pela vida do meu, que me ensinou a ler antes de ir para a escola, mesmo ele tendo pouco estudo. Um pai severo, lembro muito das varadas e chineladas por coisas que eu achava que era "pouca coisa", mas eram limites que ele impunha sobre nós, os seus filhos. Agradeço a ele por ter me abrigado quando voltei prá casa com dois filhos depois do divórcio e sem ter onde morar. Agradeço a Deus também pelo pai dos meus filhos, apesar de tudo, porque um dia houve amor entre nós e desse amor surgiram nossos filhos maravilhosos. Mesmo hoje, tendo nós dois nos tornado estranhos um para o outro, te agradeço pelas bênçãos que vc me deu. Foi o melhor que recebi de você, e nem sei se vc lerá isso ou saberá de alguém que escrevi isso aqui, mas eu tenho esse direito. E devo escrever pq reconheço seu valor, homem trabalhador demais. Por um longo tempo afastado de seus filhos, devido às escolhas e circunstâncias da sua vida, mas Deus, o Senhor do tempo, fez com que o passar dele vc se achegasse a tempo de recuperar o que se perdeu. Foram dias sofridos para seus filhos, principalmente para o mais novo que adoecia uma semana antes de datas como aniversário, dia dos pais e natal, pq sabia que vc não ia aparecer. Mas está tudo apagado, as feridas viraram cicatrizes. E tudo virou aprendizado para eles. Tenho certeza que vc tem orgulho dos dois, eles são maravilhosos não são? Fique satisfeito pq seus filhos sempre te amaram e o seu lugar jamais será ocupado por outro "pai". E muito menos eu poderia fazer este papel, pq Deus escolheu vc especialmente para isso. Não poderia existir pessoa melhor para nossos filhos se espelharem. Aproveite seus dias com eles, pq a maior riqueza da sua vida são Isaac e Irving. Valorize-os pq vc é importante demais, um espelho para eles. Passe para eles as coisas boas que vc aprendeu da vida. Deus te abençoe muito e te dê saúde e sabedoria sempre.
Parabéns às PÃES. Eu também fui uma PÃE. Hoje duas pessoas me deram parabéns, mas eu disse que graças a Deus hoje o pai dos meus filhos está mais presente, então sou só mãe mesmo. Mas parabenizo a vc que cria seus filhos sozinha, que é mãe, mas também faz o papel de pai. Tenha força e segura essa barra com sabedoria e nunca faça seu filho sentir ódio do seu genitor. Tudo tem um tempo determinado, espere com fé e o tempo certo vai chegar no qual essa situação vai mudar. A gente não entende, mas todas as coisas cooperam para nosso bem, e para os seus filhos também é assim. Parabéns pela sua garra, Pãe. E deixo também uma palavra a você, meu leitor, que é pai, mas por causa de alguma circunstância que não me cabe perguntar qual, vc vive longe do seu filho, ou filhos. Você é pai, e ninguém pode substituí-lo no coração de seu filho. Ele pode até ser criado por outra pessoa, mas se vc nunca se aproximar, ele viverá sempre com aquele espaço vago no coração, sempre esperará a sua presença, sempre haverá uma esperança. E talvez não dê tempo...pq a vida é um sopro, ela se vai assim como o vento que passa repentinamente. Por isso, procure pensar na possibilidade de assumir a paternidade daquele que e sangue do seu sangue. Pensa em conserta essa situação que machuca tanto o coração de alguém. Tem crianças que levam isso até a vida adulta, então páre e pense, Ainda há tempo para aproximação. Lembre-se que vc ainda poderá precisar dele.
Agradeço a Deus pela vida de cada pai, presente ou não. Que Deus os abençoe cada dia mais e mais. Vou ficando por aqui, amigos. Um bjo no coraçao de todos.

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Presentinho da Mell - Etiquetas para Bolos no Pote

Oi, gentem. Olha só eu aqui mais uma vez, bom né? Tá vendo, tem dias que posso aparecer por aqui mais de uma vez, e eu sei que tem muita gente que gosta porque eu não venho aqui à toa, venho com surpresinha sempre. E hoje vou deixar aqui um mimo para as minhas amigas que já estão fazendo Bolos no Pote para vender. Vou deixar uma imagem que fiz com etiquetas para você colocar no seu potinho e ficar bem legal, ok? Tenho certeza que até quem não se simpatiza comigo vai pegar porque não é besta né? Se tá aqui é prá pegar mesmo, né verdade? E que todos saibam (porque falam de mim horrores por aí) que eu coloco sim, muita coisa aqui para vocês copiarem e nas minhas apostilas só tem coisas que não estão aqui e por isso são cobradas. E quem me paga é gente que valoriza o meu trabalho. Ao contrário do que umas pessoas estão falando, vocês que me seguem tem a plena certeza de que sou generosa. Mas se nem Jesus Cristo agradou a todo mundo, fazer o que né? Melzinha não agrada todo mundo mesmo, principalmente porque ela é franca e fala só a verdade, e verdade dói prá danar. Por isso, como diz aquela frase de Martin Luther King : "Para criar inimigos não é necessário declarar guerra, basta dizer o que pensa". Experimentei isso num grupo do Facebook ontem, me crucificaram por lá por causa de uma negativa minha. E aí, de mocinha eu virei vilã, assim de uma hora para outra. Outro dia postei essa mesma imagem lá e me elevaram aos céus, e ontem quando eu disse "não autorizo" me levaram ao inferno. Mas eu tenho um Deus que tudo pode e me guarda e nada me abala. Quem está acostumado com tempestades, não se assusta com qualquer chuvisco. Por isso, meus amô, estou deixando aqui a mesma imagem que deixei lá. Muita gente copiou e vocês podem copiar à vontade. Todo mundo pode, até quem me jogou pedras ontem. Façam bom proveito porque eu faço tudo com carinho, especialmente para meus leitores. Copiem e passem prá frente e contem que fui eu que fiz, ok? Lembrando que é só copiar a imagem, imprimir em papel auto adesivo, recortar e colar na tampinha ou lateral do pote. Espero que tenham gostado. Estou providenciando mais, prá ajudar ainda mais.


Olha, quem adquirir a minha "APOSTILA DE BOLOS NO POTE" leva prá casa mais quatro arquivos contendo etiquetas diferentes para colar nos seus potes, ok? E ainda ganha também uma planilha (aliás duas) para aprender a calcular os preços de custo e de venda. Legal dimaisdaconta, né? Se eu fosse você não perdia essa. Cliquem no link abaixo e se tiverem interesse, comprem com segurança pelo PAGSEGURO.



Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Retomando as atividades como Consultora Mary Kay...

Oi gentem! Demorei mas cheguei, né? Quero hoje relembrar um pouquinho da minha história com vcs. Eu me chamo Melita, (não é Carmelita, é Melita mesmo) mas vocês me conhecem pelo apelido que é Mell. Tenho 52 anos e sou uma mulher simples de classe média. Sou divorciada há quase quatorze anos e criei meus dois filhos praticamente sozinha. Sou uma mulher como você. Já me peguei há tempos atrás me olhando no espelho e dizendo: "nossa, eu sou tão feia...". O sofrimento não me deixava ter vontade de prosseguir, mas um dia, quando a comida acabou e eu não tinha nenhum recurso, decidi que não podia deixar meus filhos passarem fome. Eu não pensei em mim, pensei neles. Fiz o que geralmente qualquer mãe faria. E não foi fácil. Continuei olhando no espelho e por várias vezes ainda só via minhas olheiras, meus ombros caídos, e o peso aumentando. Eu estava completamente insatisfeita comigo, mas como resolvi dar a volta por cima, resolvi também me amar, além dos meus filhos. Eu fui à luta, comecei a trabalhar usando meus talentos no artesanato e na culinária e comecei a ganhar dinheiro para ajudar no nosso sustento. Priorizei a educação e o bem estar dos meus filhos, afinal eles dependiam de mim. O tempo passou, a tristeza foi ficando para trás, fui vencendo os obstáculos e então, já com meus filhos crescidos e encaminhados na vida, resolvi cuidar de mim. Era a minha vez! Dei prosseguimento ao objetivo de me ajudar e também de ajudar outras mulheres como eu, sofridas, mas que podiam vencer como eu estava vencendo. Só era preciso estimulá-las. Usando meus talentos, continuei ajudando no sustento da casa, agora junto com meus filhos. E um dia alguém me apresentou Mary Kay. Pensei: "Coitada, será que ela pensa que eu vou ceder?". Mas ela cuidou de mim como uma mãe cuida de seus filhos. Na Mary Kay eu dei de cara com algo que eu já fazia com outras mulheres, o espírito de união e muita motivação. Algumas vezes li e presenciei depoimentos de mulheres que passaram momentos difíceis na vida, como eu e um dia também foram encarar Mary Kay. E algumas delas contam que os filhos, marido, parentes e amigos falavam para elas: "Agora você vai vender batom?". E hoje, eu me junto a estas mulheres guerreiras dizendo:
"Sim, eu e minhas amigas Mary Kay vendemos batom!"
Mas Mary Kay não oferece só batom, oferece o que toda mulher precisa: a oportunidade de se sentir bela.. Nós temos um diferencial, somos estimuladas a nos valorizar, temos nossa auto estima lá em cima e nosso trabalho é enriquecer a vida de outras mulheres. Quando eu falo em enriquecer, não falo só em dinheiro, mas em mostrar a outras mulheres que elas são belas e que elas podem tudo. Desde o início me encantei com a companhia por causa disso. Uma empresa que põe Deus em primeiro lugar, a família em segundo e em terceiro a carreira, nem precisa pensar muito para se aliar. Não sou uma empregada da companhia dos sonhos, embora pareça e algumas encarem assim. Mary Kay me proporcionou ter o meu próprio negócio e mais do que isso, me dá todas as ferramentas possíveis para o meu crescimento. O único custo que eu tenho é uma taxa de cadastro inicial (hoje R$ 149,00) que me dá o direito de receber todo material necessário para começar meu negócio na área da beleza, e lembrando que esta taxa é muito menor em valor do que o material recebido. É praticamente a franquia mais barata que existe neste segmento.
Porque falei de Mary Kay prá você? Porque tenho notado que todo mundo comenta outros assuntos de geração de renda, mas de Mary Kay, quase ninguém comenta. Será medo de encarar a minha proposta? Eu resolvi falar para te mostrar que não precisa ter medo nenhum. Não importa a sua idade (eu tenho 52), não importa o seu peso, nem se você é baixinha e dentuça como eu. Não importa se você não se sente bonita (e muitas vezes não somos uma Miss Universo, né?), mas nós precisamos nos sentir belas e capazes. Eu quero dizer a você que se esforça na beira do fogão, virando a noite fazendo doces e salgados, ou a você que passa dias produzindo uma peça de artesanato, que o trabalho que vocês fazem é maravilhoso, e eu faço também, não é? Mas quantas vezes vocês trabalham, trabalham, trabalham e ninguém dá valor? E ainda precisam dar conta do trabalho doméstico, e não tem o valor reconhecido em nenhum deles! Em Mary Kay você não estaria trabalhando para os outros, mas para você mesma, seria dona do seu próprio negócio, e ainda teria condições de oferecer a mesma oportunidade para outras mulheres como você, entende? Em Mary Kay todas nós queremos que nossas colegas cheguem ao mesmo patamar de sucesso que a gente! Não existe concorrência, queremos o sucesso para todas! Toda mulher é capaz de fazer o que eu faço! O meu trabalho é ensinar as mulheres a serem mais bonitas! Só é preciso iniciativa, e se você não tiver, em Mary Kay você encontrará alguém que te ensine a ter. Não estou te oferecendo uma oportunidade para ser revendedora de catálogo e ganhar 20% do valor vendido, estou te chamando para ser dona do seu próprio negócio e para ensinar beleza a outras mulheres. Esta é a oportunidade perfeita, aquela que você está esperando há tanto tempo!
E aí você diz, como os outros: "Mas eu não vou largar o que eu faço e que é concreto, para... vender batom"! E eu te digo: "Quem é que está te chamando para ser vendedora de batom? E não estou te falando para deixar de lado o que você faz até hoje para sobreviver!" Deixa eu te explicar uma coisa, já que você pensou justamente no batom. Você vê um batom, mas eu não vejo apenas isso. Eu vejo uma coisa que faz a mulher se sentir mais bonita e mais feliz. Eu vejo uma coisa que se transforma em dinheiro e possibilita a muitas mulheres sustentarem uma família. Eu vejo este batom como algo que cria oportunidade onde antes não havia nenhuma. Eu vejo neste batom a oportunidade de ganhar muito dinheiro. Enquanto a maioria dos brasileiros precisa trabalhar oito horas por dia para ganhar R$ 724,00 por mês, se eu vender três batons Mary Kay por dia, trabalhando somente de segunda a sexta, eu teria uma renda mensal de pelo menos R$ 1.260,00, sabia disso? Isso se eu decidisse ganhar 40% de lucro! Porque não é a Mary Kay que me paga! Eu ganho quanto eu quiser, entendeu?
E não preciso ficar somente em 40%. Lembre-se sempre: na Mary Kay "UMA MULHER PODE TUDO" desde que ela faça tudo seguindo a grande regra de ouro: "Faça aos outros o que gostaria que fizessem a você". Eu quero e eu posso. E você?
Estou colocando diante de você, a oportunidade perfeita. A mesma que a mim foi oferecida um dia por uma mulher corajosa e que teve a percepção de que eu também teria a mesma coragem que ela. Eu acho que você também tem. E aí? Vai deixar passar esta oportunidade?



Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

É tão bom ser do bem...

É assim mesmo que eu penso e quem me conhece de verdade, sabe que tenho coração generoso e voluntário. Isso não me faz ser melhor do que ninguém, mas o que faço, muitos poderiam fazer. Tenho um jeito bem humorado, e mesmo triste encaro as adversidades, minhas e dos outros. Daí, empresto o ombro e rimos juntos da vida. Fico quietinha no meu canto, pareço uma eremita, anti social e me confundem com uma pessoa arrogante e antipática, mas não é nada disso. Eu fico aqui é dedicando meu tempo "ao próximo". Só não recebe o melhor de mim, quem se incomoda com meu jeito de dividir o que aprendi na vida. Não me incomodo mais com a opinião deles. O que importa é o que eu faço e não o que pensam de mim. Se apareço muito, é porque preciso aparecer, afinal, se quero ajudar alguém, mesmo na internet, preciso fazer com que saibam que eu existo e estou pronta para ajudar no que me for possível. Tudo o que sabemos, poderia ser repassado aos outros e a maioria das pessoas só não faz isso por puro egoísmo. Por isso, abra seu entendimento e faça uma boa ação. Não fique só no querer, separe um tempo na sua semana. Você pode agir assim pessoalmente, mas a internet também lhe dá essa possibilidade, principalmente nas redes sociais onde acabamos por conhecer muita gente. Passe mensagens mais construtivas, dê dicas sobre sua área sem medo da concorrência, seja compassivo. Entenda uma coisa, independente de sua fé, religião ou crença, todos estamos aqui neste mundo para fazer a diferença e o que fizermos aos outros, principalmente aos que mais necessitam de ajuda, nos será dado de volta um dia. E não se surpreenda, se esse retorno vier em dobro. É recompensador.

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Sanduíche Natural é tudo de bom...para o bolso também.

Oi, gentem! Ainda está muito frio né verdade? Eu estou aqui com os pés gelados, mas vivo com a cabeça no verão porque quando este calor chegar, vai ser prá arrebentar, então, não vou perder tempo e vou logo trazendo minhas dicas procês ganharem dinheiro. Temos que planejar gente, não podemos deixar as coisas prá fazer em cima da hora. Eu já encontrei o meu "nicho", e são coisas de comer mesmo, pq vende com facilidade. Onde vamos tem gente precisando de comer, e o povo compra, infelizmente, até porcaria, coisas mal feitas e sem higiene, mas nós vamos zelar por isso, ok? O que fizermos, para vender, combinamos aqui e agora que será feito com muita higiene, como se fosse feito prá nós mesmos, tá certo? Você não gostaria de comer algo mal feito, gostaria? Deus me livre, sou pobre, mas sou limpinha, uai! Me lembrei de anos atrás (e lá se vão anos...eu estava na praia com meus dois filhos e o ex, pai deles) e todos os dias passava uma moça com uma caixa de isopor vendendo sanduíches naturais. Eu ficava com água na boca, mas naquele tempo, talvez até podia comprar, mas eu não tinha coragem de pedir pro meu ex-marido, pode isso? Fiquei na vontade gente...ô vida que eu levava, heim? Só muito tempo depois, já sozinha, é que fui aprender a fazer desses sanduíches, e agora é outra coisa. Nunca vendi, mas sei que vende bem. Sempre como sanduíches naturais de uma empresa séria quando vou numa lanchonete em Belo Horizonte. Amo e é saudável, né? E estamos na era em que o povo também busca isso, comida saudável. E esta semana lembrei que precisamos pensar no verão e o sanduíche natural é uma boa. É algo que não vai ser caro, a não ser que vc invente de usar ingredientes caros, mas por favor, vc tá começando e sem capital, então comece com pouco, ok?
Vamos aprender o que fiz? Ficou uma delícia e rendeu bastante. Não vou dar medidas certas porque não fiz para vender, mas quando vc fizer vai ver o seu rendimento e verá também que vai dar um bom lucro.

SANDUÍCHE NATURAL DE SARDINHA
(Ah, tem gente que não gosta...mas eu gosto, kkkk)

 Peguei os ingredientes que tinha em casa:

 Pão francês e integral, sardinha em conserva 
(eu queria atum, mas foi sardinha em óleo, era o que tinha e é gostoso, uai!), 
 milho, cenoura ralada no ralo grosso, alface, maionese e mostarda.

 Amassei grosseiramente a sardinha em conserva, 
depois juntei o milho e a cenoura ralada e misturei. 
Juntei duas colheres de sopa de maionese e 
uma de mostarda e terminei de misturar tudo formando uma pasta.

 Passei num dos lados do pão (pão de forma, integral ou francês) 
uma camada generosa do recheio e coloquei alface picadinha ( pode ser uma folha) 
Não coloquei sal pq a maionese já tem.


 Embalei com plástico filme vedando bem. Simulei uma entrega, aí você age assim:
Coloque numa bandeijinha ou numa caixinha de isopor própria para isso e feche bem. 
Tenha sempre sachês de catchup, maionese e mostarda.
Se sair para vender na rua, embale no plástico filme e leve
numa bolsa térmica ou caixa de isopor sem abrir constantemente.

Gente, o post ficou grande mas é por uma boa causa, né? Este foi só um exemplo que fiz em casa, mas existem inúmeras receitas que estou preparando para também colocar numa apostila maravilhosa.

Para fazer estes sanduíches para vender, 
vocês vão precisar observar algumas coisinhas. Vamos a elas?

- Use também uma caixinha de isopor ou caixa térmica para manter os sanduíches fresquinhos. O ideal é manter o lanche sem contato com o ar, para não estragar.

- Importantíssimo: Tomate solta muita água e azeda com muuuita facilidade.

- O sanduíche tem que ficar úmido, não molhado.

- Evite ingredientes polêmicos como milho, passas, pimentão e azeitonas. Tem muita gente que não gosta. Os que tiverem, faça a opção de fazer dois tipos diferentes: "com" ou "sem" um deles. Exemplo: frango com passas e frango sem passas.

- Não se engane, nem engane ninguém. Em geral, sanduíches naturais são feitos com frango, atum, sardinha, ricota, requeijão e mais algumas coisinhas. Procure informações sobre isso no Dr. Google, ele sabe tudo.

- Atum combina com: alface, cebolinha, azeitona (mais ainda com a preta) e cenoura. Coloque um pouco de maionese, limão e cebolinha verde.

- A ricota ombina com cenoura, salsinha, cebolinha, alface.

- O de peito de frango use refogado e desfiado, usando pouca cebola, cebolinha, cenoura ralada e milho, maionese e alface.

- Substitua maionese por creme de leite, requeijão ou iogurte natural.

Ao comentar, aguarde resposta na mesma postagem. Deixe e-mail de contato se quiser resposta fora do blog

Deixe o seu recado